Conheça mais sobre os nossos modelos de franquia.

Qual a melhor aplicação financeira: franquia ou mercado financeiro?



Inteligência é a palavra-chave para qualquer um que pretenda investir e obter sucesso. Mas qual a melhor aplicação financeira: franquia ou mercado? Quais os prós e contras de cada escolha? Quais as principais diferenças?

Para sanar suas dúvidas, esclarecer ideias e atualizar você sobre tendências, escrevemos este artigo de forma clara e objetiva, respondendo os principais questionamentos sobre o assunto. 

Até o final dessa leitura, você compreenderá melhor o que almeja como investimento e melhorará seu conhecimento sobre as práticas de aplicações em franquias e mercados. Aproveitamos também este artigo para apresentar 7 benefícios importantes da opção por franquias. Veja!

Como funcionam as franquias?

Uma das melhores formas de investir envolve reconhecer nossa gama de habilidades e competências. Um negócio próprio é uma ótima maneira de valorizar seu trabalho e conquistar autonomia. No início, vale um bom planejamento para garantir o sucesso no futuro.

Logicamente que o investimento desde o zero gera um grande esforço, com técnicas de marketing, estrutura e outras inteligências para levantar a imagem de uma empresa. E é nesse ponto que a franquia cria um grande valor para o investidor.

A franquia é importante para garantir o “salto de qualidade e imagem” que é necessário na abertura de qualquer negócio. Ao investir no mercado de franchise, o investidor obtém antecipadamente a estrutura e a credibilidade necessárias para oferecer sua especialidade de serviço.

Nesse caso, o recomendado, antes da aplicação, é o estudo da marca pretendida e do que ela pode oferecer para que você possa explorar os seus serviços com qualidade. Veja os modelos ofertados, a credibilidade nacional da franquia e todos os benefícios oferecidos por esse investimento. Acompanhe algumas características das franquias:

  • estrutura pronta e consolidada;
  • crescimento mais ágil e sustentável;
  • aprendizagem sobre capacidade de gestão;
  • contrato de negócios com segurança jurídica;
  • cartela pronta de fornecedores;
  • suporte ao andamento do negócio;
  • sistema colaborativo de trabalho.

Como funciona o mercado financeiro?

O mercado financeiro funciona com uma série de possibilidades de investimentos, com características e retornos diferentes. Títulos públicos, poupança, fundos de renda fixa e ações são apenas alguns exemplos.

Podemos separar os investimentos financeiros em categorias de baixo ou de alto risco. No primeiro caso, há uma garantia maior de retorno, mas que ainda é baixa em relação à segunda opção, que oferece muito mais rentabilidade, porém, com alto risco.

Hoje a tecnologia permite acesso rápido e fácil a esses investimentos, e é possível aprender detalhes sobre cada um deles diretamente pela internet. Essa escolha de aplicação sugere que o usuário tenha uma boa verba reserva, que pode ser utilizada sem impor muitas dificuldades ao seu fluxo financeiro.

Por outro lado, o investimento financeiro exige que o aplicador esteja em constante atualização e aprendizado sobre as modalidades oferecidas. Ainda assim, esses estudos podem não garantir o seu sucesso, mas contribuem para aplicações mais inteligentes e com melhor potencial de retorno. Sobre as principais características do mundo dos investimentos financeiros apontamos:

  • alta volatilidade nas operações;
  • instabilidade de mercado;
  • incerteza;
  • variação monetária;
  • valorização/desvalorização de renda.

Quais as principais diferenças entre franquia e mercado financeiro?

Obviamente que a franquia e o mercado financeiro representam escolhas muito diferentes. O investimento no último exige muito mais conhecimento e preparo do investidor para que sua aplicação tenha sucesso.

a opção pela franquia é muito mais viável, principalmente para dentistas, por ser mais segura e inteligente. O estudo sobre essa aplicação se restringe mais à qualidade da empresa franqueadora e a outras informações importantes para o negócio, como as encontradas na Lei de Franquia.

Todos os dois tipos de investimento exigem acompanhamento intensivo e detalhado durante o andamento das operações. Porém, a franquia tende a depender mais de esforço próprio e, por isso, apresenta um risco muito menor.

Ademais, o investimento em franquia se relaciona diretamente com a ideia de negócio próprio. Essa informação é muito relevante quando consideramos um investidor sem verba excedente. Isso significa que, quando dispomos de um valor restrito para investir, é mais seguro aplicar em algo que se encaixa à nossa especialidade e conhecimento técnico.

Já o investimento no mercado financeiro pode ser muito interessante quando o aplicador dispõe de uma verba extra para empregar. Assim, um investidor com a saúde financeira consolidada pode até mesmo explorar as duas formas.

Entender todas essas particularidades é fundamental para vislumbrar qual a melhor aplicação financeira. A realidade é que não existe uma conduta padrão quando falamos de investimentos, mas sim um estudo para encontrar a prudência necessária e investir com inteligência.

Nessa análise de viabilidade e comparação entre os tipos de aplicação, o ideal é buscar o autoconhecimento e encontrar as diretrizes adequadas ao seu comportamento de empreendedor. É nesse estágio que você deve reconhecer o seu perfil e descobrir com o que tem afinidade.

Como descobrir qual a melhor aplicação para o meu perfil?

A escolha do investimento ideal dependerá muito do seu perfil. É preciso entender o que realmente você quer. Por exemplo, a franquia é um investimento para alguém mais empreendedor, porém, o apoio da empresa franqueada é fundamental para abrir e gerenciar o negócio.

Por outro lado, o investidor financeiro deve ter uma visão global sobre empresas, moedas nacionais e internacionais e perspectivas futuras. A todo momento, você deverá saber a melhor maneira de empregar o seu dinheiro e fazer estudos sobre cada caso.

Uma interessante forma de reconhecer o seu perfil é organizar as ideias e responder perguntas-chave sobre o que você pretende. Registre tudo, além de comparar e cruzar as informações com os dois perfis para entender melhor a sua realidade. Acompanhe algumas perguntas que merecem a sua atenção:

  1. O que realmente eu pretendo fazer com meu dinheiro?
  2. Quanto devo levantar exatamente para cumprir com esse objetivo?
  3. Qual o limite máximo de tempo para conseguir a verba de investimento?

Após responder essas questões, você deve fazer uma análise de mercado, buscando conhecer as principais modalidades financeiras disponíveis e as melhores opções de franquia. Levante informações básicas, como requisitos e adequações com o que você pretende.

Quais os melhores benefícios do investimento em franquias?

Especificamente no caso de dentistas, a franquia tem se apresentado como um excelente negócio, visto que grande parte dos profissionais não domina conhecimentos em administração. Com essa opção, eles têm uma estrutura pronta e a chance de oferecer serviços por meio de uma marca já consolidada no mercado. Acompanhe agora outras vantagens importantíssimas do investimento em franquias.

Há a identificação com a especialidade de negócio

Nesse tipo de investimento, o aplicador tem a possibilidade de escolher o tipo de serviço que é compatível com sua carreira e criar seu espaço de atendimento com qualidade e credibilidade no mercado.


Quero ser franqueado


Dessa forma, as instruções sobre o serviço oferecido já são contempladas pelo investidor, bastando que ele foque em aprendizado sobre conhecimentos básicos de administração do negócio para garantir a viabilidade e o funcionamento.

Se você se identifica com algum tipo de negócio, são grandes as chances de sucesso, pois provavelmente os seus próximos 15 ou 20 anos serão oferecendo o serviço que mais gosta a clientes ou pacientes.

O capital investido é otimizado 

Quando uma marca chega ao ponto de oferecer franquias, significa que todos os estudos sobre viabilidade, mercado e estrutura já foram amplamente explorados. Então, as chances de erro são bastante reduzidas.

Significa também que o retrabalho, os gastos excessivos e os equívocos são suprimidos nesse tipo de investimento. Dessa forma, o capital terá sempre o direcionamento correto, bastando que o franqueado faça bem o seu serviço para garantir a cartela de clientes e o crescimento do negócio.

Tudo já foi testado e comprovado com resultados. Basta seguir o padrão de implementação e obter o retorno. Esse fator envolve segurança jurídica, administrativa e comunicação externa com fornecedores, além de outros elementos inerentes ao tipo de franquia.

Ocorre o acompanhamento da franqueadora na implantação e no andamento do negócio

A franqueadora é interessada direta no sucesso do seu negócio, pois sua imagem e credibilidade estão à prova. Nesse caso, é comum que a empresa ofereça estrutura de treinamentos, atualizações e instruções gerais sobre a implantação do negócio.

O suporte inicial é fundamental para que o franqueado implemente com qualidade o serviço e, a partir disso, conquiste sua autonomia. Dessa forma, após algum tempo da inauguração, a franquia precisará apenas de atualizações e instruções pontuais sobre a continuidade do negócio.

Destaca-se que a aquisição de franquia contempla todo o know how conquistado pela marca franqueadora durante anos de experiência. Isso é fundamental para que o investidor reduza os custos com capacitações.

Há a disponibilização de consultores de suporte ao negócio

Geralmente, a franqueadora oferecerá consultores para aprimoramento e personalização do negócio às suas características de trabalho. No caso de uma franquia odontológica, é preciso observar uma série de procedimentos inerentes à odontologia.

O mais complicado, como mencionamos, é aliar o atendimento aos pacientes a uma gestão administrativa eficiente. Para isso, algumas medidas estratégicas e organizacionais devem ser tomadas para a garantia do sucesso da franquia.

Toda essa viabilidade e análise fica tangível a partir de um plano de negócios estruturado. Ou seja, na ausência de habilidade por parte do empreendedor para aprimorar o serviço, o consultor se torna peça-chave para gerar valor e expertise de crescimento.

Acontece uma otimização mais rápida de lucros e resultados

Como a franquia é um investimento em uma estrutura já consolidada, é certo que o empreendedor acelerará o alcance do chamado “ponto de equilíbrio” do negócio, que é quando os lucros começam a superar os investimentos.

Mais uma vez, a inteligência administrativa é fundamental para explorar esses lucros da maneira adequada, fazendo com que o negócio continue crescendo e mantendo a saúde financeira da franquia.

Dessa forma, esse padrão a ser seguido pelo empreendedor contribui para um melhor planejamento de gastos de instalação e para a lucratividade da empresa. Os custos são mensurados de acordo com a unidade-piloto e, a partir disso, embasam os produtos e os serviços, garantindo um bom fluxo de caixa.

O retorno sobre o investimento supera a aplicação financeira

A rentabilidade do investimento em franquias tende a ser muito mais eficiente do que a aplicação em produtos financeiros. Geralmente, o retorno deve exceder o dobro do investimento, e as franqueadoras costumam apresentar esses dados em relatórios de comprovação.

Quando se investe em franquias, obtém-se força de marca e potência em captação de clientes. Essas vantagens são mais sólidas se comparadas às aplicações financeiras, que se baseiam em previsões e simulações de mercado.

Segundo o SEBRAE, em torno de 95% das franquias sobrevivem após dois anos do investimento. A ABF (Associação Brasileira de Franchising) também comprova o sucesso do mercado de franquias. De acordo com estudo realizado no 2º semestre de 2018, o mercado faturou R$40 bilhões e cresceu 8,4%.

Impera o crescimento sustentável do negócio

Outro importante fator que beneficia o franqueado é a sustentabilidade que ele adquire ao investir em uma marca já consolidada. Dessa forma, ao longo do tempo, o investidor não enfrentará os percalços comuns de uma empresa desconhecida, que precisa de ousados esforços para ampliar sua visibilidade e estrutura.

A sustentabilidade ocorre naturalmente, de acordo com a própria força da marca franqueadora. Isso acontece porque o investidor adquiriu não só a qualidade da empresa, como também a sua inteligência na capacidade de gestão de negócios.

Ao seguir esse padrão administrativo, o franqueado potencializa suas chances de crescimento e garante o sucesso do negócio. No meio empresarial, entendemos essa vantagem como mais uma garantia sobre o ROI (retorno sobre o investimento).

A franquia da Sorridents contempla software de gestão, BI (Business Intelligence), força de marca e consultores para a melhor experiência com clínica odontológica. Todos os serviços de tratamento dentário são oferecidos com foco especial em clareamento, aparelho ortodôntico e implantes. Total condição de trabalho e acessibilidade a pacientes.

Neste artigo, foi possível obter uma base bem focada sobre as principais características e diferenças entre franquia e mercado financeiro. Ao final da sua leitura, você terá uma noção mais precisa sobre o que é necessário para investir. Se você se identificou mais com franquias, é interessante começar seu planejamento.

Agora que você já sabe qual a melhor aplicação financeira, aproveite a oportunidade e baixe este excelente e-bookPlanejamento financeiro para abertura de uma franquia odontológica: o manual!

Postado em 27/03/2020.


Compartilhe

Siga-nos no facebook

Siga-nos no Linkedin

Siga-nos no Linkedin