Agende a sua avaliação
Ou agende pelos telefones (11) 2672-5700 - Estado de SP 0800 601 1520 - Demais estados

Agende a sua avaliação de forma rápida e fácil

Agende a sua avaliação

Quais os melhores tratamentos para a perda óssea nos dentes?



Um dos danos mais sérios provocados pela higienização inadequada da boca é a perda óssea nos dentes. A placa bacteriana que se instala na superfície dentária e não é removida pela limpeza correta provoca a doença periodontal.

Com a evolução do problema, bactérias migram para a região do osso onde o dente se assenta. A ação desses microrganismos infecciosos leva à perda dos tecidos de sustentação e do material ósseo, deixando o dente quase solto.

Doenças como diabetes e osteoporose podem ser fatores de risco, assim como a idade avançada. Mas existe tratamento, que deve começar logo após se notar a condição. Continue lendo o post e conheça os mais eficazes!

Obturação

Em situações mais simples, nas quais o desgaste é pequeno, pode-se considerar um tratamento menos complexo. Nesse caso, o dentista promove uma descontaminação da superfície da raiz do dente para estabilizar a perda óssea iniciada.

A partir dessa intervenção, deve ser promovido um acompanhamento clínico e radiológico por meio de consultas periódicas com o dentista. Com isso, torna-se possível saber sobre a recuperação e a normalização da condição dentária.

Enxerto ósseo

Quando já ocorreu uma significativa perda de material ósseo, é difícil haver recuperação natural espontânea. Para reverter a situação e restabelecer o tecido perdido, o tratamento requer o enxerto ósseo.

Solução mais tradicional, o enxerto consiste na introdução de tecido retirado do próprio paciente, de um banco de tecidos ou de material sintético especializado. Existem diferentes técnicas para a realização do enxerto ósseo, pelas quais o dentista pode optar avaliando cada caso.

Regeneração Óssea Guiada (ROG)

Em problemas mais complexos, assim como nas situações de implante dentário, o método da Regeneração Óssea Guiada (ROG) tem apresentado resultados bastante favoráveis. Ele consiste no enxerto ósseo, porém usando membranas que orientam o crescimento do osso e evitam o desenvolvimento de tecido indesejável.

O método pode se valer de membranas naturalmente absorvíveis pelo organismo. Neste caso, não há necessidade de nova intervenção cirúrgica para retirada da membrana utilizada no tratamento.

Medicação

Uma terapia que vem sendo estudada com sucesso é a utilização de medicamentos anabólicos capazes de promover o desenvolvimento de tecido ósseo.


Agende sua avaliação

Se preferir, agende por Telefone: 0800 601 1520


Medicamentos são comumente empregados no tratamento da osteoporose, mas podem figura como terapia importante na recuperação óssea dentária.

Prevenção

O maior cuidado para evitar a perda de massa óssea nos dentes é realizar uma adequada higienização bucal. Isso significa passar o fio dental constantemente e promover a escovação sempre que ingerir algum alimento.

Na verdade, é justamente quando esses cuidados são deixados de lado que se abrem as portas para a formação da placa bacteriana no dente. Assim, considere desenvolver o hábito de limpar os dentes várias vezes por dia.

Além disso, a visita periódica ao dentista é imprescindível. Esse acompanhamento consegue apontar a necessidade de se intensificar os cuidados, assim como de realizar limpezas no consultório.

Deste modo, é essencial contar com uma clínica responsável e de confiança, que seja capaz de diagnosticar a situação e promover o tratamento mais adequado, com a devida segurança.

A perda óssea nos dentes, portanto, pode ser evitada. Mas, se ocorrer, exige tratamento feito por profissionais habilitados e em uma clínica de confiança.

Gostou deste post? Quer saber mais sobre o assunto? Então confira também o nosso post sobre as causas da perda óssea dentária!

Postado em 15/02/2019.


Compartilhe

Siga-nos no twitter

Siga-nos no twitter