Agende a sua avaliação
Ou agende pelos telefones (11) 2672-5700 - Estado de SP 0800 601 1520 - Demais estados

Agende a sua avaliação de forma rápida e fácil

Agende a sua avaliação

 Sorriso e autoestima da mulher: descubra a relação entre eles



Sorriso e autoestima da mulher estão diretamente relacionados. Afinal, uma boa saúde bucal não é apenas um indicativo de dentes e gengivas saudáveis. Ela também desempenha um papel importante na autoconfiança que você tem para lidar com os desafios diários e na interação social.

É por isso que muitas pessoas não se sentem confortáveis para interagir e expressar as emoções ao sorrir. Nesses casos, o constrangimento de mostrar os dentes pode indicar a existência de problemas que afetam a saúde bucal. Felizmente, muitos desses problemas podem ser resolvidos com o auxílio de um dentista e da odontologia estética.

Você vai descobrir aqui a relação do sorriso com o bem-estar da mulher, os principais problemas bucais que comprometem a saúde feminina e também soluções para você que quer saber como alinhar os dentes, por exemplo. Vamos lá?

A relação entre sorriso bonito e autoestima da mulher

Um estudo realizado pela Universidade de Brasília (UNB) em parceria pela Universidade Federal de Goiás (UFG) que analisou pessoas sorrindo, indicou que aproximadamente 40% da beleza do rosto corresponde exclusivamente ao sorriso. Mesmo que o trabalho tenha sido realizado apenas com o público masculino, esse resultado aponta para a importância estética de um sorriso, mas não é apenas isso.

Dentes e gengivas saudáveis, deixam você mais confortável para sorrir mais. Essa ação altera o fluxo sanguíneo para o cérebro o que faz você se sinta realmente mais feliz. Sorrir também funciona como uma válvula de escape para o estresse aumentando o relaxamento muscular. Ele também aumenta a produção de serotonina e endorfina, aumentando a disposição, o foco e a sensação de bem-estar.

Entre os benefícios do sorriso também não podemos esquecer da injeção de autoconfiança que ele dá a mulher. Com um sorriso bonito, você pode rir sem medo e pode interagir melhor em todas as situações sociais. Além disso, o ato de sorrir tem um impacto positivo adicional porque tem um efeito contagioso. Quando sorrir da próxima vez, repare que a maioria das pessoas sorri de volta. Ele consegue romper qualquer tensão do ambiente.

5 Problemas bucais que destroem a confiança em si mesma

Se você está descontente com seu sorriso, talvez seus dentes não estejam tão brancos quanto você gostaria ou existe um incômodo com a aparência do sorriso, por exemplo. Reunimos a seguir os 5 problemas bucais mais comuns e que podem afetar a autoestima da mulher. Veja se você se identifica com algumas dessas situações.

  1. Dentes amarelados

Quando pensamos em um belo sorriso é impossível não associar essa imagem a dentes brancos e brilhantes, não é mesmo? Por isso, o amarelamento dos dentes pode comprometer sua autoestima e fazer com que você sorria menos. Entre os principais fatores que levam a causa dos dentes amarelos, temos:

  • alimentos: a pigmentação de alimentos e bebidas como café, vinho e chimarrão podem provocar o escurecimento dos dentes;
  • envelhecimento: o esmalte que cobre os dentes é naturalmente branco, mas ao longo dos anos, há um desgaste nessa cobertura deixando o aspecto amarelado;
  • genética: em alguns casos, o dente mais amarelado é uma herança genética;
  • má higiene bucal: não manter uma rotina de cuidados com escovação e uso fio dental levam ao acúmulo do tártaro e da placa que também deixa os dentes amarelados;
  • medicamentos: remédios da família dos anti-hipertensivos, anti-histamínicos e antipsicóticos podem ter como efeitos colaterais o amarelamento dos dentes;
  • tabagismo: produtos presentes nos cigarros como a nicotina, o alcatrão e os metais pesados causam manchas e o escurecimento dos dentes.
  1. Falta de dentes

A falta de um ou mais dentes compromete bastante a autoestima da mulher e pode fazer com que ela se sinta constrangida ao sorrir. Essa perda não traz apenas prejuízos estéticos já que a ausência de dentes pode prejudicar a fala, a mastigação e, a longo prazo, levar a problemas digestivos. Por isso, é comum que pessoas que perderam os dentes fiquem cada vez mais retraídas, evitando a interação social.

O problema é mais comum em idosos, mas as razões que levam à queda dos dentes em pessoas mais jovens varia. Veja os principais fatores de risco:

  • alta ingestão de açúcar;
  • doença periodontal;
  • má higiene bucal;
  • tabagismo;
  • tratamentos com medicamentos imunossupressores, radioterapia e quimioterapia;
  • traumas e pancadas.
  1. Dentes espaçados

Aquele espaço entre os dentes, conhecido como diastema, é visto por algumas pessoas como um charme que torna o sorriso único. No entanto, é preciso verificar se esse espaçamento não está comprometendo a saúde bucal, já que ele favorece o acúmulo de alimentos entre os dentes. A ausência de um dente, a pressão da língua contra os dentes, doenças periodontais e a presença de um freio labial muito espesso estão entre as causas que originam os dentes espaçados.

  1. Sorriso gengival

Nem sempre os dentes são os únicos responsáveis pelo constrangimento ao sorrir. Muitas vezes, a gengiva pode ficar mais exposta, gerando uma desarmonia entre dentes e lábio, levando ao chamado sorriso gengival. A principal razão que leva ao excesso de gengiva é genética e assim como os outros problemas apresentados aqui, também pode afetar a saúde bucal.

A gengiva muito exposta pode se ressecar e deixar o local mais vulnerável a problemas como inflamações e infecções na região, como a gengivite, por exemplo.

  1. Dentes tortos e encavalados

Dentes tortos e encavalados podem ser discretos ou, em casos mais graves, afetar a estética e saúde bucais. Dentes em excesso ou uma arcada dentária que não consegue comportar a dentição e mantê-la alinhada são uma das causas mais comuns do desalinhamento dental.

Outros fatores que podem deixar os dentes tortos e encavalados são problemas bucais como o nascimento dos sisos, bruxismo e a periodontite. A respiração pela boca e alguns hábitos, como chupar os dedos, forçar a língua contra os dentes, roer unhas e morder objetos muito duros, podem causar sobrecarga nos ossos e músculos bucais, afetando a anatomia da região.

Como conquistar o sorriso perfeito

Aqui estão alguns hábitos simples que você pode fazer para melhorar o seu sorriso e aumentar sua autoestima.

Alimente-se bem

Uma alimentação equilibrada é o primeiro passo para garantir uma boa saúde bucal e, consequentemente, a um belo sorriso. Evite os alimentos industrializados e ricos em açúcares, já que eles podem provocar o surgimento de cáries e inflamações que comprometem o sorriso — e não se esqueça de escovar os dentes após as refeições.

Não fume

O cigarro é um dos maiores vilões do sorriso e da saúde bucal além de trazer outros prejuízos para todo o organismo. Evitar o tabagismo é sempre a melhor alternativa, mas se você já é fumante, nunca é tarde para iniciar um estilo de vida mais saudável.

Pratique o autocuidado


Agende sua avaliação

Se preferir, agende por Telefone: 0800 601 1520


É provável que você associe autocuidado a máscaras de tratamento facial, massagens ou banhos relaxantes, mas a higiene bucal nem é lembrada. Transforme o cuidado diário com os dentes em um momento de atenção a sua saúde e bem-estar, afinal, você é responsável por seu sorriso. Substitua a escova de dentes velha por uma nova. Compre um creme dental de qualidade e varie os sabores do seu enxaguante bucal. Não se esqueça do fio dental!

Visite o dentista regularmente

O dentista pode identificar os problemas bucais antes que eles se agravem comprometendo ainda mais seu sorriso. Realize consultas a cada seis meses para uma limpeza completa e realizar uma avaliação de sua saúde bucal.

Além disso, a estética odontológica é uma grande aliada e que pode ajudar você a conquistar o sorriso dos sonhos, como você verá no próximo tópico.

5 Procedimentos da estética odontológica

A odontologia estética é uma área da odontologia que tem como principal objetivo melhorar o sorriso e a estética dental. Ela desenvolveu técnicas cada vez mais eficazes e que podem ajudar você a resolver os problemas bucais que afetam sua autoestima. Selecionamos a seguir os principais tratamentos.

  1. Clareamento dental

Essa é uma das soluções mais simples para deixar o sorriso mais branco e brilhante, por isso, o clareamento dental é um dos procedimentos estéticos mais procurados. Você pode realizar o tratamento no consultório odontológico ou em casa, com o uso de uma moldeira e aplicação do gel de clareamento.

O efeito costuma dura, em média, de 1 a 2 anos. Esse período pode ser menor caso haja um consumo excessivo de produtos que levam ao escurecimento dos dentes, como café ou cigarro.

  1. Implante dentário

A odontologia estética oferece uma solução para as pessoas que perderam um ou mais dentes: os implantes dentários. Eles são uma estrutura em titânio que substituem a raiz do dente, permitindo a montagem de uma prótese que substitui o dente perdido.

Diferentemente das próteses móveis e pontes, o implante é fixo, facilitando a higienização bucal. Além da função estética, essa técnica melhora as funções orais como a mastigação e a fala.

  1. Facetas dentárias

Você sabe o que são facetas? Elas são pequenas peças em porcelana ou resina composta que podem ajudar você a conquistar um belo sorriso. Trata-se de um procedimento não invasivo, já que as facetas são feitas sob medida e aplicadas sobre os dentes. A faceta dentária costuma ser utilizada para corrigir dentes desgastados, desalinhados, manchados e diastemas.

A lente de contato dental é uma técnica similar às facetas e também ajudam no tratamento dos principais problemas estéticos dos dentes.

  1. Gengivoplastia e gengivectomia

A gengivoplastia e a gengivectomia são duas técnicas que podem ajudar a corrigir o excesso de gengiva que compromete o sorriso. A principal diferença entre os dois procedimentos é o objetivo final. Na gengivoplastia, o objetivo é refazer o contorno da gengiva, como no caso do sorriso gengival. Já a função da gengivectomia tem a finalidade reparadora, retirando o excesso de gengiva decorrente de problemas periodontais como a periodontite.

  1. Aparelhos ortodônticos

Os aparelhos ortodônticos são indicados para corrigir problemas de alinhamento da arcada dentária, evitar o desgaste da gengiva e dos dentes ou restabelecer a funcionalidade da mordida, mastigação e respiração.

Existem dois tipos de aparelhos, o removível e o fixo, e a indicação varia de acordo com o problema a ser corrigido. Os modelos fixos são os mais comuns e podem ser de aço inox, porcelana ou safira.

Mulheres adultas podem utilizar aparelhos ortodônticos

Embora a movimentação dos dentes seja mais fácil em pessoas mais jovens, os adultos costumam ser mais disciplinados e colaborativos durante o tratamento. Assim, não existe nenhuma restrição de idade para você utilizar um aparelho ortodôntico, desde que o procedimento seja realizado e acompanhado por um ortodontista.

Para as mulheres que se sentem constrangidas de utilizar o aparelho fixo tradicional existem os chamados aparelhos ortodônticos estéticos feitos em porcelana e safira, por exemplo. Discretos, eles apresentam bráquetes menos perceptíveis que os tradicionais em aço inox. Outra opção ainda mais prática e imperceptível são os alinhadores invisíveis Invisalign.

Benefícios do Invisalign

O Invisalign é uma alternativa eficaz e discreta para as pessoas que buscam melhorar o sorriso, mas que não querem utilizar os aparelhos ortodônticos tradicionais. Além de discreto, o tratamento com os alinhadores invisíveis Invisalign garante seu conforto durante todo o tratamento, pois cada alinhador é elaborado de acordo com as necessidades de cada paciente. Assim, você não sofre com as queixas comuns de quem utiliza aparelhos fixos, como desgastes ou lesões no interior da boca, língua e gengiva.

Os benefícios do Invisalign não param por aí. Conheça a seguir outras vantagens oferecidas por esse tipo de tratamento:

  • facilidade durante a higiene bucal: você pode continuar sua rotina de cuidados sem problemas, já que o alinhador deve ser removido durante a escovação;
  • reforço da sua autoestima: como os alinhadores Invisalign são invisíveis, você não vai se sentir desconfortável enquanto realiza o tratamento ortodôntico. Além disso, você pode remover temporariamente seu alinhador para uma fotografia ou evento especial;
  • sem restrições alimentares: como você também retira o alinhador invisível antes de cada refeição, não é preciso eliminar alimentos crocantes ou com consistência mais pegajosa. Esses tipos de alimentos costumam prejudicar a higiene bucal de quem utiliza os aparelhos tradicionais;
  • um aparelho novo a cada 7 ou 15 dias: no tratamento com os alinhadores invisíveis Invisalign, você recebe o seu aparelho é trocado com frequência. Com isso, não há desgastes no material e você ainda pode acompanhar o progresso do seu tratamento.

Seja no momento da selfie ou na risada com os amigos, sorrir é uma ação que faz parte da natureza humana. É por isso que o sorriso e autoestima da mulher são dois pontos inseparáveis, pois, quando a saúde bucal não está bem, ela também afeta o seu bem-estar geral. Procure a ajuda de um dentista. Após o diagnóstico correto, ele pode indicar qual é o tipo de tratamento mais indicado para você poder sorrir sem medo. Se você não teve a oportunidade de adotar a ortodontia preventiva, os alinhadores invisíveis Invisalign podem ajudar você a conquistar seu sorriso dos sonhos.

Como é a sua relação com o seu sorriso e como ele afeta sua autoestima? Você é aquela pessoa que coloca as mãos à frente da boca sempre que vai sorrir ou mostra os dentes sem culpa? Compartilhe sua história aqui nos comentários!

 

Postado em 30/04/2020.


Compartilhe

Siga-nos no twitter

Siga-nos no twitter