Agende a sua avaliação
Ou agende pelos telefones (11) 2672-5700 - Estado de SP 0800 601 1520 - Demais estados

Agende a sua avaliação de forma rápida e fácil

Agende a sua avaliação

Entenda agora o que é uma coroa dentária e as vantagens de usá-la



A coroa dentária é uma categoria de prótese fixa, utilizada para recompor a estrutura de um dente ou ainda substituir ausência de um dente — situação em que é encaixada por cima de um implante dentário. Além disso, tem a vantagem de ser bastante resistente e devolver a funcionalidade e a estética do sorriso ao paciente, podendo ser confeccionada em diferentes materiais.

Quer entender melhor as características, os tipos de coroa dentária, suas indicações, materiais e benefícios para os pacientes? Então, confira este post e tire todas as suas dúvidas!

O que é uma coroa dentária?

O dente é dividido em raiz (parte abaixo da gengiva) e coroa (porção acima da gengiva, ou a parte visível do dente). Então, quando falamos de um tratamento com prótese fixa que utiliza coroa dentária, significa que uma versão artificial vai substituir a natural.

Dessa forma, a prótese pode ser colocada para proteger um dente enfraquecido, recobrir um que teve parte da estrutura perdida ou ainda suprir uma ausência.

É, portanto, uma opção para que o paciente volte a sorrir com segurança e possa mastigar e falar normalmente, pois sua arcada estará completa de novo.

Quando sua colocação é recomendada?

O tratamento com a coroa dentária é amplamente utilizado nos consultórios, pois há uma série de indicações para a sua colocação, como:

  • após uma restauração grande em um tratamento de cárie, por exemplo, quando resta pouca estrutura do dente;
  • restauração de um dente que sofreu fratura;
  • proteção de um dente enfraquecido;
  • tratamento de implante dentário, em que a peça é colocada em cima do pino de titânio;
  • cobertura de um dente submetido a tratamento de canal;
  • ligação de uma prótese;
  • cobertura de um dente descolorido ou deformado.

Quais são os principais materiais utilizados?

Quando há indicação para colocar coroa, a dúvida de muitos pacientes é saber qual material utilizar. A dica é que você converse com seu dentista, avaliando os prós e os contras de cada opção.

Cerâmica

São peças feitas de porcelana, apresentando uma ótima resistência e resultado estético, já que sua tonalidade se assemelha bastante à de um dente natural. Para sua colocação e encaixe perfeito, pode ser necessário desgastar um pouco a estrutura dentária.

A cerâmica pode não ser o material mais indicado em casos de pessoas que sofrem de bruxismo, ou seja, têm o hábito de ranger os dentes, principalmente enquanto dormem.

Metalocerâmica

Para quem precisa de mais resistência na coroa dentária, mas não quer abrir mão das vantagens estéticas da porcelana, uma opção é a peça metalocerâmica.

Nesse caso, a porcelana tem o reforço de uma estrutura metálica, garantindo uma prótese mais forte e durável. Para sua colocação, o desgaste na estrutura dentária é moderado.

Resina

A cor das coroas feitas de resina também se parece com a coloração natural dos dentes, mas é um material que pode ser rapidamente danificado.

Liga de metais básicos

Há, ainda, peças constituídas de uma liga metálica. Elas conferem alta resistência ao dente e não exigem muito desgaste da estrutura dentária para sua colocação. No entanto, apresentam grande desvantagem estética, pois ficam de uma coloração que se destaca no sorriso, comprometendo a aparência.

Acrílico

Esse componente costuma ser bastante empregado na remodelagem de dentes amarelados ou com impactos sérios. É um material fácil e barato de ser produzido. Isso impacta o valor da coroa, que tem um preço mais acessível.

Outra vantagem é o resultado estético semelhante aos dentes naturais, devido ao aspecto do acrílico. No entanto, a resistência não é tão alta.

Ouro

Esse metal valioso também pode ser administrado na aplicação da coroa, é provável até que você já tenha visto isso em filmes de pirata. Na vida real, proporciona uma melhor adequação à gengiva, se comparado a outros materiais, e é bastante resistente. Como a cor não pode ser alterada, chama muita atenção no sorriso, além do custo elevado.

Zircônia

Tal componente apresenta vantagens como resistência e resultado estético satisfatório. Como a coroa de zircônia não contém metal, a luz consegue atravessá-la normalmente, dando uma aparência mais natural. Também não sofre com o aparecimento de manchas.

Quais pontos considerar na hora de escolher a coroa ideal?

Sempre é necessário conhecer algumas características antes de adquirir um produto ou serviço. Claro que a opinião do profissional de odontologia ainda deve ser levada em conta, mas essas informações vão dar um suporte para você entender melhor as orientações do dentista. Então veja a seguir alguns pontos que deve atentar ao escolher um dos tipos de coroa.

Problema a ser resolvido

No momento de optar por uma coroa, é essencial levar em consideração o problema a ser resolvido, pensando em sanar tal defeito e devolver a funcionalidade normal para a boca, a fim de evitar prejuízos na articulação e na mastigação.

Resistência do material


Agende sua avaliação

Se preferir, agende por Telefone: 0800 601 1520


Essa característica interfere diretamente na durabilidade da coroa, por isso é fundamental escolher um componente forte. Pessoas que têm bruxismo, por exemplo, devem ter um cuidado especial na análise desse aspecto. Ainda, esse atributo pode possibilitar a mastigação de alimentos em geral, independentemente da rigidez deles.

Prática de higiene bucal

A manutenção da limpeza é um fator indispensável, pois também prolonga a vida útil da peça. Coroas mal-limpas são a mesma coisa que um dente original limpo indevidamente. É importante observar a facilidade proporcionada pelo material na hora de higienizar a coroa e se ele pode manchar com o tempo, atrapalhando a aparência.

Estética

Outro ponto crucial na avaliação, a estética deve acarretar um sorriso bonito, bem alinhado e de coloração natural — ou com o mínimo possível de contraste entre os dentes naturais para não afetar negativamente sua autoestima. Pacientes com dentes de tom mais cinza, por exemplo, podem optar por coroas com bases metálicas, mas isso precisa ser examinado conforme o problema.

Quais são as vantagens de usar coroa dentária?

As coroas dentárias são uma ótima opção para reabilitar o sorriso e proporcionam um bom custo-benefício para o paciente. Confira alguns aspectos positivos.

Correção do dente danificado

A peça pode devolver a estética e a funcionalidade de um dente que foi danificado, seja por trauma, fratura, tratamento de cárie ou canal. Assim, o paciente fica com um sorriso bonito e tem qualidade de vida, porque pode realizar a mastigação normalmente.

Melhoria de formato e alinhamento

A coroa dentária pode melhorar também o formato e o alinhamento dos dentes. Isso garante um sorriso mais bonito e uma mordida mais precisa. De tal modo, resolve problemas estéticos e funcionais.

Aparência mais bonita

Como a prótese confere um aspecto bastante natural ao sorriso, deixa a aparência do paciente mais bonita. Além da melhora estética, há o aumento da autoestima, já que a pessoa passa a se aceitar melhor — o que traz reflexos positivos nas relações sociais e na vida profissional.

Prevenção de problemas bucais

A coroa pode substituir um dente ausente, por isso, um de seus benefícios é prevenir alguns problemas bucais.

Quando falta algum dente na arcada, o paciente, além de ter dificuldades na mastigação, fica mais suscetível a doenças periodontais e a uma disfunção da articulação temporomandibular (ATM) — o que pode dar origem a dores de cabeça e no pescoço.

Resistência e durabilidade

Por fim, é importante destacar a resistência e a durabilidade de tais peças. O paciente poderá mastigar normalmente e não precisará se preocupar com a prótese, desde que tome os cuidados necessários.

Quais são os cuidados necessários com a coroa dentária?

A pessoa que faz colocação de coroa dentária pode ficar tranquila. Afinal, trata-se de uma prótese fixa e de alta durabilidade.

Os materiais são realmente resistentes, mas, para que tenham uma longa vida útil, é imprescindível a cooperação do paciente com alguns cuidados, como:

  • escovação completa — é preciso atenção na higienização bucal. O paciente deve escovar os dentes sempre após as refeições e antes de dormir. É necessário utilizar creme dental com flúor, escova de cerdas macias e fio dental;
  • alimentação — é preciso evitar alimentos mais duros, como balas, rapadura ou torresmo, pois podem danificar a coroa dentária;
  • hábitos — mania de roer unhas ou objetos, como tampas de caneta, também consegue comprometer a durabilidade da peça;
  • consultas — para que você fique com a saúde bucal sempre em dia, não deixe de visitar o dentista regularmente.

A coroa dentária tem amplo uso pelos dentistas por conta de seu resultado estético e das vantagens para o paciente. É um tratamento fundamental para que a pessoa possa ter qualidade de vida e sorrir com segurança. Mas é imprescindível o trabalho de um profissional capacitado.

Só ele pode analisar a situação da sua boca de maneira completa, efetuar análises, resolver outros problemas na região (caso existam) e apontar as melhores recomendações para a sua situação. Tal decisão vai impactar o resultado estético e funcional, por essa razão, é indispensável a contratação de um especialista.

Nós, da Sorridents, oferecemos uma rede de clínicas odontológicas, a maior da América Latina, com diversas unidades pelo Brasil. Conosco você pode encontrar várias especialidades da odontologia e efetuar procedimentos diversos, realizados por profissionais capacitados e experientes, que são referência em suas áreas de atuação. Eles saberão indicar o melhor tipo de coroa para o seu caso.

Se tem interesse em algum tratamento dentário, com certeza podemos ajudar você. Entre em contato conosco.

Postado em 13/03/2019.


Compartilhe

Siga-nos no twitter

Siga-nos no twitter