Agende a sua avaliação
Ou agende pelos telefones (11) 2672-5700 - Estado de SP 0800 601 1520 - Demais estados

Agende a sua avaliação de forma rápida e fácil

Agende a sua avaliação

Conheça 4 riscos e perigos do carvão para clarear os dentes



As receitas caseiras para fazer clareamento dos dentes não são novidade. Produtos como bicarbonato de sódio, violeta e muitos outros aparecem como milagrosos para deixar a dentição mais branca. Entre eles, surgiu o uso do carvão para clarear os dentes. Entretanto, é necessário ter atenção com essas soluções que prometem melhorar a cor dental.

Nos últimos tempos, o uso do carvão ativado ganhou mais espaço. Contudo, ser cauteloso é essencial para não provocar estragos, que podem ser irreversíveis. Não existem comprovações científicas de que esse tipo de clareamento funciona, mas já se sabe que pode trazer problemas. Conhecer as situações é importante para fugir de roubadas na tentativa de deixar seus dentes brancos — mas sem saúde.

Por isso, descubra o que pode acontecer com seus dentes caso queira utilizar carvão para fazer clareamento sem o auxílio de um dentista!

Quais os perigos de utilizar carvão para clarear os dentes?

Assim como muitas outras técnicas e receitas, o carvão ativado apareceu como a solução perfeita para clarear os dentes. Influencers e outras pessoas conhecidas dizem fazer uso do produto e mostram antes e depois como prova de que funciona. Mas a verdade é que seus dentes até podem ficar mais claros, mas o preço pago pela saúde pode ser muito alto.

1. Esmalte dentário desgastado

Ao contrário do que acontece com outras partes do corpo, como cabelo e pele, os dentes não são capazes de se recuperar ou crescer de novo caso algo aconteça. Com isso, quando fazemos esse tipo de limpeza profunda que pretende tirar manchas e clarear a arcada dentária, os riscos de causar danos pioram porque são irreversíveis.

Quando se faz a escovação com carvão, é como se uma lixa estivesse sendo passada nos dentes, e é por isso que os dentes ficam mais brancos. No entanto, quando as partículas são removidas, é possível ver a cor natural, mas por causa do seu alto poder abrasivo, que acaba por desgastar o esmalte do dente.

A cor dos dentes é alterada, ao consumir alimentos escuros, pela pigmentação das partículas que ficam aderidas ao esmalte. Desse modo, quando o carvão é aplicado, corrói a camada externa do dente de tão abrasivo que esse produto é.

2. Raiz exposta

Um dos principais produtos de carvão ativado também tem como componentes substâncias como argila e óleo. Essa mistura de ingredientes faz com que essa solução seja ainda mais abrasiva, então, além de remover a camada externa e desgastar o esmalte, ainda pode afetar a gengiva e deixar a raiz dos dentes exposta.

As partículas do carvão em conjunto com os movimentos feitos durante a escovação fazem com que a estrutura se desgaste a cada vez que o procedimento é realizado. Assim, além de remover o esmalte e fazer com a raiz fique mais exposta, ainda pode deixar os dentes porosos e quebradiços. Ou seja, eles ficam mais fragilizados.

3. Saúde bucal prejudicada

Há ainda outra questão que causa grave preocupação. É o fato de que, uma vez removida, a camada de esmalte não consegue se regenerar. Portanto, esse desgaste compromete a saúde bucal como um todo por uma questão estética que poderia ser facilmente resolvida na cadeira do dentista.


Agende sua avaliação

Se preferir, agende por Telefone: 0800 601 1520


Quando desgastada, a camada do dente já não fica como era antes, e a proteção não é mais a mesma. Com isso, a dentição fica mais suscetível a perder a vitalidade, pois, quando o esmalte é removido, é a dentina que fica mais exposta. Portanto, dentes, gengivas e nervos podem ser afetados e terminar gerando outros problemas de saúde bucal.

4. Aumento de sensibilidade e dor

Como ocorre uma abrasão quando o carvão entra em contato com os dentes, isso pode fazer com que os nervos fiquem desprotegidos e, como principal consequência, há um aumento na sensibilidade. Como resultado, as dores também começam a aparecer. Nesse sentido, o que era uma questão estética se torna algo muito maior.

Para clarear os dentes, a melhor opção é com o respaldo de um dentista que saberá fazer perfeitamente o clareamento sem causar danos aos dentes. É possível até mesmo que seja indicado um procedimento caseiro, mas realizado com substâncias químicas prescritas pelo profissional.

Por que procurar um profissional para fazer o clareamento dental?

Um dos principais motivos para buscar um consultório é contar com o apoio de profissionais capacitados. Somente eles podem avaliar os tipos de manchas e a coloração dos seus dentes e, dessa maneira, definir os melhores procedimentos para o seu perfil. 

Dependendo do estado dos dentes, o especialista recomendará o procedimento mais adequado para cada situação. Porém, o clareamento não é aconselhado nas seguintes condições:

  • grávidas;
  • menores de 18 anos;
  • lactantes;
  • pessoas com hipersensibilidade dental;
  • pessoas com alergia ao gel clareador;
  • quando as raízes dos dentes estão expostas;
  • gengivas com irritação;
  • dentes com cáries ou infiltrações;
  • pessoas que fizeram tratamento quimioterápico há pouco tempo.

A coloração amarelada pode mexer muito com a autoestima, mas os clareamentos só devem ser feitos com indicação de um especialista, com substâncias para recuperar a cor dos dentes. O elemento aplicado é capaz de quebrar as partículas de pigmento que estão deixando os dentes manchados, e a dentição passa a refletir mais a luz.

O clareamento com dentistas costuma ser realizado com peróxido de hidrogênio. Assim, você terá resultados mais rápidos e com um número menor de sessões. Desse modo, os dentes ficam com a aparência mais clara, como era a intenção com o uso do carvão ativado, mas os dentes continuarão saudáveis. 

Como você deve ter percebido, apostar em receitas caseiras, como o carvão para clarear os dentes, pode não ser uma boa alternativa. Por isso, o ideal é sempre procurar o auxílio de um profissional que possa dar as orientações necessárias para que você tenha um sorriso saudável e bonito!

Agora que você conhece os perigos do clareamento com carvão, veja também como é importante conhecer a cor natural do seu sorriso!

Postado em 25/09/2020.


Compartilhe

Siga-nos no twitter

Siga-nos no twitter