Agende a sua avaliação
Ou agende pelos telefones (11) 2672-5700 - Estado de SP 0800 601 1520 - Demais estados

Agende a sua avaliação de forma rápida e fácil

Agende a sua avaliação

Saiba mais sobre a prótese dentária móvel



A prótese dentária móvel é uma alternativa para pessoas que perderam os dentes naturais e, por alguma implicação, não querem optar pela prótese fixa.

Este é um assunto muito delicado onde temos uma abrangência grande de causas que levam à perda do elemento, comprometendo assim todo o conjunto que constitui a cavidade bucal.

Podemos citar alguns casos que as perdas podem acontecer: pode ser em decorrência de uma cárie, em virtude de algumas infecções nas gengivas ou na sustentação óssea do dente.  O traumatismo também é citado como motivo comum para a queda.

Sendo assim, independente da implicação, a prótese dentária móvel é um tratamento efetivo, que visa substituir os dentes molares, pré-molares, incisivos e caninos, recuperando toda a arcada e devolvendo o sorriso ao rosto dos pacientes.

Apresentando todos esses benefícios, a prótese também vem provando sua resistência, não sendo nada inferior às próteses fixas como acreditavam.

Nos últimos anos, a prótese dentária móvel ganhou aprimoramentos e evoluiu aos olhos dos especialistas, e uma das suas melhoras significativas são o conforto e a estética. Atualmente, tanto no visual quanto na funcionalidade, o número de pacientes satisfeitos é satisfatório.

Prótese dentária móvel

O que é uma prótese dentária móvel?

Podemos definir como um aparelho protético usado na substituição eficiente de dentes ausentes, que utiliza como base gengivas e dentes remanescentes.

Esse pilar de fixação da prótese na gengiva só é possível em virtude de sua estrutura metálica. Os grampos presentes na armação de metal envolvem os dentes remanescentes, substituindo os ausentes com a prótese artificial. Essa combinação de fatores constituem a reabilitação dentária que promove a recuperação das funções mastigatórias, assim como devolve aos pacientes sua autoestima ressignificando as perdas que o acometeram.

Prótese dentária removível com grampo

Os pacientes, ao longo desses anos, têm feito muitas observações negativas em relação aos grampos das próteses móveis, implicando assim em grande desconforto e constrangimento. Com o desenvolvimento das próteses e suas tecnologias os grampos ganharam uma transformação e se tornaram mais discretos. Além disso, com as novas técnicas e desenvolvimentos, como antigos problemas de deficiências na mastigação e adaptação da estrutura, foram praticamente resolvidos.

As circunstâncias atuais são bem mais otimistas para os pacientes que optam pela utilização de próteses removíveis com grampo. A modernidade trouxe com ela a mais bem-vinda refinação no dispositivo.

Atualmente, a prótese dentária móvel conta com grampos discretos, que passam despercebidos mesmo para os fiscais dentários mais atentos. Estes resultados satisfatórios e formidáveis popularizam o uso de prótese com grampo.

Afinal, o medo do grampo destoar do sorriso e gerar desarmonia e vergonha foi superado com os novos dispositivos presentes no mercado. Mais resistentes e imperceptíveis, os grampos atuais são uma alternativa mais acessível para aqueles que desejam recuperar a vontade de sorrir.

A retificação da autoestima, dessa forma, não é comprometida pelo constrangimento que os grampos costumavam causar. Tanto a mastigação quanto a fala prosperam sem limitações ultrapassadas que geraram reclamações entre antigos pacientes.

O segredo para os grampos discretos está em uma substituição relativamente simples. Nas próteses removíveis mais modernas, o metal da armação é alterado. Os grampos, por sua vez, são colocados na forma de polímeros transparentes e flexíveis.

O efeito de “transparência” camufla as cores dos grampos às cores de gengivas e dentes. O camuflamento encobre as partes mais indesejáveis das próteses móveis, aquelas que eram criticadas pelos pacientes devido ao caráter visível.

Utilizando dessa técnica, é praticamente improvável que os grampos sejam identificados através de atividades cotidianas. Essa melhoria estética entrega conforto e liberdade aos seus usuários.

Prótese dentária removível com encaixe

Abaixo, iremos apresentar uma outra alternativa para a reabilitação oral chamada de prótese dentária removível com encaixe, quando o paciente pode não ter aceitado o aspecto da prótese dentária removível com grampo. Ela é uma opção viável e preferível para aqueles que não se sentem suficientemente seguros e confiantes com a prótese com grampos.

A característica da prótese dentária com encaixe tem como principal finalidade abolir a utilização das partes mais maciças e os dispositivos metálicos dos grampos. Ela elimina as inseguranças da fixação na cavidade bucal, deixando a fala, o sorriso, e as funções mastigatórias com equilíbrio harmônico de funcionamento, eliminando assim as dores e contratempos da mastigação.

Com a prótese dentária removível com encaixe, os embaraços e contrariedades na estética do sorriso podem ser esquecidos. Suas técnicas tencionam prevenir os apuros e acrescentar vantagens na remoção de grampos de metal.

Tal como a prótese dentária removível com grampos, a com encaixe é recomendada para pacientes que desejam recuperar a ausência parcial ou total dos dentes inferiores ou superiores.

Apesar de abrangente, esse modelo visa vantagens e configura uma melhor alternativa para alguns indivíduos, principalmente àqueles que dispõe de dentes remanescentes na arcada anterior, mas sofrem a ausência total de dentes na arcada posterior.

Alguns pontos positivos podem ser incluídos na utilização da prótese removível com encaixe, sendo eles:

  • Eliminação das partes mais visíveis e rígidas (como grampos metálicos) para melhor resultado estético;
  • Minimização dos imprevistos para com os deslocamentos da prótese removível, riscos antes assumidos ao falar e/ou sorrir;
  • Aperfeiçoamento da mastigação voltado especialmente para usuários desdentados na região posterior dos dentes superiores e inferiores;
  • Opção mais acessível para aqueles que não podem arcar com implantes dentários, mas desejam investir na sua saúde bucal;
  • Aproveitamento da arcada anterior. Ou seja, os dentes anteriores que já contam com próteses fixas de porcelana poderão ser reutilizados na instalação de prótese móvel com encaixe.

Tipos de próteses dentárias removíveis

Para obtermos um resultado satisfatório, é essencial que o cirurgião dentista realize uma avaliação detalhada da prótese móvel para analisar se irá se adequar com as particularidades de cada paciente.

O sucesso do dispositivo está estritamente interligado a uma decisão bem-informada e consciente. Assim, para um resultado mastigatório e estético correto é imprescindível que as próteses móveis disponíveis no mercado sejam avaliadas por um profissional especializado. Para informar nossos leitores, iremos listar alguns dos prós e contras de cada técnica utilizada no ramo da prótese dentária móvel.

 

Prótese dentária móvel (com grampos)

A prótese parcial removível é uma das mais usadas e indicadas por profissionais da área. Conhecida popularmente por PPR tem materiais dominantes deste modelo incluindo ligas metálicas e resinas acrílicas. Os grampos são usados para benefício de fixação nos dentes, visando diminuir os prejuízos estéticos que podem danificar os dentes saudáveis.

A maior vantagem desta técnica são: o custo acessível e o tratamento rápido e eficiente. Já as desvantagens, ficam por conta de uma margem de desapontamento com a finalidade estética e mastigatória.

Apesar dos intensos trabalhos de aprimoramento, há pacientes que ainda relatam comprometimento na estética deixando a autoestima baixa. Para atender a essas queixas, os profissionais vêm cada vez mais procurando aprimorar o produto, alinhando custo-benefício para que o mercado possa oferecer cada vez mais um produto de qualidade e satisfação à maior parte das pessoas.

 

Prótese dentária móvel com encaixe (sem grampos)

Para aqueles que dispõem de uma quantia maior para aplicar nos campos estéticos, a prótese móvel com encaixe é uma boa alternativa. Uma vez que não possui grampos, e sim encaixes transparentes, sua utilização costuma oferecer maior confiança aos usuários.

Os grampos metálicos são substituídos por armações dentárias de porcelana, que dão suporte à prótese dentária removível. Esses encaixes alternativos ofertam mais naturalidade ao sorriso e maior colagem à estrutura protética.

Seja por problemas oclusais, saúde ou de fundo psicológico, essa é uma alternativa procurada por aqueles que estão impossibilitados de utilizar prótese fixa. Uma consideração que se deve levar em conta é que a prótese com encaixe está no preço mais elevado, devido às suas tecnologias que dispensam grampos.

Prótese dentária móvel sobre implantes ósseo-integrados

Os pacientes que têm perda dentária nos arcos superior e inferior, após uma avaliação com o cirurgião-dentista pode receber a indicação de um implante ósseo-integrado. Nessa prótese dentária, a coroa de dentes é fixada com implantes ósseo-integrados.


Agende sua avaliação

Se preferir, agende por Telefone: 0800 601 1520


A prótese fixa é uma alternativa para os pacientes que querem restabelecer sua mastigação, fala e estética. Contudo, por não obter vantagem no que diz respeito às próteses fixas em porcelana, a técnica perdeu espaço no mercado.

Prótese dentária móvel flexível (grampo estético)

Essa técnica de tratamento protético é bastante procurada. Podemos apontar esta escolha ao material da prótese, que utiliza estruturas flexíveis para sua confecção.

Por tem um acabamento diferenciado e de excelência, a prótese dentária móvel flexível é considerada superior quando comparada à tradicional metálica. Para aqueles que querem se livrar dos embaraços causados pelos grampos visíveis, essa é a melhor alternativa de custo.

A prótese flexível traz consigo benefícios para a harmonização do sorriso e a volta do sorriso estético. O que está ao seu favor é também o que está contra a técnica: sua flexibilidade. O material flexível tende a gerar obstáculos na adaptação e algumas limitações no tratamento.

O método móvel flexível é mais recomendado para aqueles que contam com poucas quedas dentárias ou pretendem preencher a arcada dentária superior.

Prótese dentária móvel em silicone

O diferencial desta prótese flexível é que utiliza silicone na sua composição. Vem sendo observado que a confecção de sua estrutura dentária é mais confortável aos pacientes. A comodidade diz respeito à mastigação, que é beneficiada pelo material.

Desse modo, o dispositivo em silicone se configura uma solução aconselhável aos portadores de protéticos móveis.

Na condição de alternativa às próteses tradicionais, a versão móvel em silicone traz flexibilidade e maciez para a região bucal. Afinal, a procura por estética com conforto é comum entre os usuários de dispositivos protéticos móveis.

A prótese dentária móvel em silicone tem como proposta unir os conceitos e apresentar o resultado mais satisfatório em ambos os campos. Por isso, sua qualidade está diretamente interligada com a substituição das áreas rígidas fabricadas em acrílico ou metal.

Embora poucos saibam, o método de silicone é relativamente antigo. Sua fabricação começou a circular na reta final da década de 90. Desde então, sua estrutura siliconada vem sendo empregada a próteses dentárias móveis.

Apesar das expectativas depositadas nesta novidade e revolução no ramo das próteses, os tradicionais aparelhos protéticos de acrílico continuam entre a maioria. Segundo especialistas, apesar das vantagens odontológicas de conforto e estética, o método ainda não conquistou um número suficientemente significativo de pacientes.

Abaixo, confira as vantagens e desvantagens da utilização de dispositivos dentários em silicone como prótese móvel:

  • Nova base provisória para dentaduras após a instauração de implantes dentários;
  • Nova base provisória para dentaduras e protéticos móveis durante o tratamento de infecções por fungos;
  • Remodelação de fins estéticos aplicada às estruturas metálicas das próteses móveis;
  • Uso de próteses móveis temporárias em indivíduos em tratamento de implantes dentários.

 

As desvantagens, por outro lado, podem ser listadas como:

  • Material macio eficaz somente na aplicação temporária, durante o meio-tempo de produção de uma nova prótese. A outra alternativa para seu uso seria durante o pós-cirúrgico de implantação de implantes dentários;
  • Para aqueles que se perguntam se à parte da prótese dentária móvel, não existe uma versão permanente confeccionada em silicone, ocorre que isso se deve ao procedimento que requer a adaptação ao aparelho protético móvel. Com dispositivos siliconados, o processo de adaptação nunca é finalizado com completude e sucesso. Tanto nossas mucosas quanto nossas gengivas pedem o contato com bases protéticas mais rígidas para que o tecido bucal se adapte. Do contrário, o procedimento é interminável e ineficiente;
  • O silicone utilizado em dentaduras fixas é incompatível com a flexibilidade das peças móveis. Os materiais protéticos são distintos porque, na prótese fixa, o material utilizado é borrachudo. Já na prótese parcial removível, o material é aplicado em condição de plástico. É esse material plastificado que dá fama à sua flexibilidade.

Preço médio da prótese dentária móvel

A falta de elementos dentários afeta diretamente a autoestima do paciente, causando danos funcionais- estéticos.A ausência destes  dentes promove desequilíbrios à saúde bucal, prejudicando o bom desempenho mastigação, deglutição, fala e outras estruturas envolvidas.

Quando o problema assume essa dimensão de caráter, é aconselhado procurar um dentista imediatamente. O profissional poderá orientá-lo sobre o tratamento odontológico mais indicado a considerar as peculiaridades de cada caso.

Independentemente do método usado, os dentes ausentes deverão ser repostos na adição de uma prótese dentária adequada.

O que mais preocupa os pacientes, uma vez frente às adversidades dos dentes faltantes, é a quantia desembolsada para custear o tratamento. Os valores cobrados pelo tratamento foram, durante muitos anos, inacessíveis e considerados um “artigo de luxo”.

É verdade que muitas pessoas em condição baixa renda podem não ter meios de arcar com os custos, mas eles já se tornaram bem mais razoáveis.

Afinal, o adiamento do tratamento e reposição de uma prótese dentária apropriada tendem a tornar o quadro clínico satisfatório. Caso o tratamento não seja feito com o passar do tempo, os problemas se agravam e, por consequência do acúmulo da falta de cuidados na cavidade  bucal, o tratamento ganha um preço mais expansivo.

Para isso, existem as tantas opções no mercado, que variam de preço e de condição de acordo com a indicação ou escolha do paciente. Os materiais de fabricação e os tratamentos pré-restaurantes são os maiores responsáveis pela diversificação da quantia desembolsada.

Antes de passar para a pesquisa de campo e análise de preços, é recomendado que o paciente marque uma consulta odontológica com um especialista. O dentista estará apto a indicar formas mais viáveis, de acordo com o equilíbrio de condição financeira e necessidade bucal do paciente.

O orçamento poderá sair mais caro se o paciente partir logo para uma alternativa mais barata que não contempla suas particularidades. Para tanto, é importante realçar a boa pesquisa prévia.

Vários quesitos entrarão em cena, como a estrutura óssea do paciente e a quantidade de dentes ausentes. Além disso, a especialização do dentista pode ser decisiva para determinar o valor total. O mesmo pode-se dizer sobre os estados, cidades e regiões em que esses profissionais são procurados.

Alguns dentistas atuam em postos de saúde pública e podem dar um parecer prévio, esclarecendo as dúvidas dos pacientes. Essa é uma alternativa para aqueles que não têm condições de financiar uma consulta para orientação.

Cuidados com as próteses móveis

Com o uso de próteses móveis, é natural que novos cuidados devam ser tomados. Assim como há especialidades para cuidarmos de nossos dentes naturais, há indicações para as próteses. A saúde bucal só será garantida se as recomendações forem seguidas de modo acertado, de acordo com o parecer dos profissionais consultados.

Sendo assim, é de total importância que a manutenção seja realizada adequadamente, sobretudo durante os primeiros dias de utilização. Isso garantirá, acima de tudo, a duração saudável do dispositivo protético.

De modo geral, alguns pacientes apresentam dificuldades na fase de adaptação. O manuseio na hora de encaixar e desencaixar a prótese da boca não é um indicativo de falha. Para corrigir esse possível contratempo, é recomendado que o paciente realize o manuseio em frente a um espelho e solicite ajuda ao dentista se julgar necessário para não comprometer a peça protética.

Durante a fase de adaptação, também podem ocorrer alguns mal-estares. De acordo com os profissionais especializados, salivação excessiva e náuseas são sintomas recorrentes, mas provisórios. A tendência é desaparecer completamente dentro de alguns dias.

Considerações finais

Lembre-se: para um tratamento adequado, procure consultas e acompanhamentos com profissionais qualificados na área odontológica! Cuide da sua saúde bucal.

 

Postado em 10/04/2019.


Compartilhe

Siga-nos no twitter

Siga-nos no twitter