Conheça mais sobre os nossos modelos de franquia

Franquias: como escolher onde montar um consultório odontológico



Montar um consultório odontológico é uma excelente opção para quem sente que já está próximo do limite de crescimento na carreira e está buscando maneiras de ampliar os ganhos.

Quem é responsável por todas as esferas do consultório, ou seja, desde fazer os agendamentos até realizar as consultas, sabe que chega um momento em que não há como atender ainda mais pacientes para continuar crescendo.

E é exatamente nesse momento que apostar em uma maneira de ampliar a atuação com um modelo de franquias aparece como um investimento certeiro para profissionalizar o negócio e expandir a atuação.

Ficou interessado e quer entender melhor sobre como montar um consultório odontológico? Então, não deixe de conferir as nossas dicas a seguir:

1. Saiba qual o perfil de paciente que você deseja atender

Qualquer negócio, independentemente de sua área de atuação ou porte, precisa ser montado com foco em um público específico.

Isso acontece pois é essa definição que vai impactar em todas as outras decisões que virão em seguida, como a escolha da localização e, até mesmo, a decoração do espaço.

Quem deseja trabalhar com o público infantil, por exemplo, deve escolher bairros mais familiares para montar um consultório odontológico. Agora, se a sua ideia é atender uma parcela grande de pessoas a preços mais acessíveis, as regiões centrais podem ser mais interessantes.

Dedique um tempo para pensar com qual público você gostaria de trabalhar e entender quais as necessidades apresentadas por ele.

Aqui, também vale a pena pesquisar como essas pessoas enxergam o profissional odontológico para que você consiga alinhar a proposta e a comunicação do seu consultório para conversar com o público.

2. Organize as suas prioridades

Como você gostaria que seu consultório fosse? Ele teria várias salas para diferentes procedimentos ou seria um espaço integrado e amplo?  É importante que os pacientes tenham um estacionamento na porta ou, então, que ele seja próximo ao metrô?

Veja que, nesse ponto, você deve considerar tanto a sua visão de como o consultório deve ser como também o que o seu público enxerga como importante.

Tente detalhar ao máximo cada um desses itens para a criação do espaço. Depois, reescreva-os seguindo a ordem dos mais importantes para os menos importantes.

Essa tarefa vai ajudar no momento de escolher o espaço para o consultório, já que nem sempre conseguimos ter tudo ao mesmo tempo e, provavelmente, você precisará abrir mão de algumas coisas.

3. Entenda o quão importante o fluxo de pessoas é

É comum acreditarmos que, para termos sucesso com um consultório odontológico, precisamos estar localizados em um ponto extremamente movimentado.

No entanto, essa percepção pode mudar bastante de acordo com o público com o qual você deseja trabalhar. Pense que, por exemplo, para atender classes mais altas, estar em bairros mais calmos pode ser o que realmente fará o seu consultório conquistar o sucesso.

O importante aqui é estar instalado em um local que o seu público frequente e tenha fácil acesso.

Para isso, contar com o apoio de uma rede de franquias pode fazer toda a diferença para escolher o ponto mais adequado. Afinal, a franqueadora já possui conhecimento e experiência para selecionar os locais com alto potencial de atrair clientes.

4. Não se esqueça dos aspectos legais


Quero ser franqueado


Pode ser que você encontre o local perfeito para montar um consultório odontológico e, depois de assinar o contrato de locação, descubra que não há como obter um alvará de funcionamento.

Esse é um detalhe essencial e que precisa de muita atenção para que você não perca tempo e dinheiro com algo que não será possível acontecer.

Tenha em mente que nem todos os imóveis comerciais têm autorização para abrigar um consultório odontológico. E, muitas vezes, nem os próprios corretores sabem disso!

Aqui, novamente, contar com o apoio de uma rede de franquias vai fazer toda a diferença para que a decisão seja mais certeira e você não precise passar por nenhuma surpresa desagradável.

5. Considere que a concorrência nem sempre é negativa

Quem nunca sonhou em abrir um negócio próprio e não ter que lidar com nenhum concorrente? Infelizmente, isso está cada vez mais difícil, especialmente quando falamos da odontologia, uma área em que a maioria dos pacientes dificilmente aceita mudar de profissional.

No entanto, a concorrência alta nem sempre é algo ruim. Apesar de a quantidade de consultórios ser maior em alguns bairros, você ainda assim pode se destacar com um diferencial.

Oferecer um atendimento personalizado, permitir com que o paciente marque horários pela internet ou, até mesmo, pensar em uma decoração que faça com que as crianças fiquem tranquilas.

Esses são apenas alguns exemplos de diferenciais nos quais você pode (e deve) investir para sair do “universo comum” e criar atrativos para incentivar as pessoas a conhecerem o seu consultório!

6. Pense na segurança e na infraestrutura

Outro ponto importante ao escolher a localização para montar um consultório odontológico é a segurança e a infraestrutura do imóvel.

Para o primeiro, é preciso analisar o bairro e entender o histórico de criminalidade da região. Afinal, você e seus pacientes precisam se sentir seguros ao frequentarem o consultório em horários menos movimentados.

Já a infraestrutura impacta diretamente na percepção que os seus pacientes terão do consultório. Um imóvel muito escuro e com um fluxo estranho, por exemplo, pode transmitir uma impressão de sujeira e falta de profissionalismo.

É preciso também analisar se o imóvel possui uma boa estrutura para comportar os equipamentos, além de instalar uma boa rede de internet e telefonia.

Essas podem parecer dicas óbvias, no entanto, é muito comum nos empolgarmos com um local e só notarmos essas deficiências quando as reformas realmente começarem.

Mais uma vez, o apoio de uma rede de franquias faz toda a diferença nessa jornada. Por possuírem grande experiência, eles sabem exatamente quais as características que o imóvel precisa ter e, assim, ajudam a escolher o local ideal!

Por fim, não esqueça que o seu paciente precisa ter a melhor experiência possível quando você montar um consultório odontológico. E, para isso, você deve prestar atenção a alguns detalhes que vão fazer toda a diferença. Quer saber mais sobre esses detalhes? Acesse nosso artigo sobre o tema!

Como administrar e cerscer uma ranquia odontológica

Postado em 30/11/2017.


Compartilhe

Siga-nos no facebook

Siga-nos no Linkedin

Siga-nos no Linkedin