Agende a sua avaliação
Ou agende pelos telefones (11) 2672-5700 - Estado de SP 0800 601 1520 - Demais estados

Agende a sua avaliação de forma rápida e fácil

Agende a sua avaliação

Dente trincado: entenda o que fazer ao identificar esse problema



Se mastigar alimentos duros é uma realidade comum no seu dia a dia, então, é bom saber que ter um dente trincado pode ser mais comum do que você imagina. É claro que essa não é a única maneira de isso acontecer, já que acidentes e hábitos também podem favorecer o desgaste e provocar o temido trinco.

Seja pela dor ou pela insegurança que um dente dessa maneira pode trazer, o mais recomendado é não esperar para procurar um dentista. Ainda assim, o conhecimento pode ser a melhor maneira de identificar o problema e, de quebra, saber como agir em uma situação dessas.

Ficou curioso e quer se inteirar sobre o assunto? Então, leia este post até o final, entenda mais sobre o tema e torne esse momento um pouco mais fácil e leve. Vamos lá?

Afinal, o que é um dente trincado?

O dente trincado acontece quando existe uma rachadura no esmalte dentário, podendo ser aparente ou não. Algumas vezes ela pode ser percebida assim que acontece, já que pode vir acompanhada de barulho ou dor. Entretanto, é bom lembrar que, em casos de desgastes mais leves, o fato pode passar despercebido. 

Na maioria das vezes, esse acontecimento causa muito desconforto em muitas pessoas, em parte por causa da dor que a rachadura pode provocar e, por outro lado, pela estética do sorriso. E ainda tem mais: a incidência desse acontecimento costuma ser maior entre os dentes molares, então, é bom verificar com o dentista para dar uma olhada especial nesse grupo.

Como saber que o dente está nessa situação?

Nem sempre é fácil perceber esse detalhe, pois algumas fissuras são imperceptíveis. Para você ter noção, algumas delas não aparecem nem mesmo nos exames de raio-X, um ponto que torna o diagnóstico mais difícil, mas alguns sintomas podem ajudar na constatação.

Quem tem dor forte ao morder um alimento (mas que passa logo em seguida), desgaste ao comer e beber alguns alimentos, e dor que vai e vem, então pode acionar o famoso sinal de alerta. É claro que nem sempre esses sintomas são resultados de um dente trincado, principalmente porque também são comuns entre pacientes com cáries e canal. 

Por isso, caso queira ter resultados ainda melhores, uma dica é anotar o que causa o desgaste e a área para repassar para o dentista no momento da consulta. Essa é uma ótima maneira de fazer com que ele tenha uma análise ainda mais certeira.

O que provoca dor para o paciente nesse caso? 

A dor é provocada pela pressão ao morder, um movimento que pode parecer despretensioso, mas que faz com que a fissura do dente se abra um pouco e irrite a polpa dentária por consequência. Quando atinge essa região, faz toda diferença, pois ela contém os principais nervos da boca.

É muito importante tomar cuidado, pois a polpa pode sofrer os danos da fissura, fazendo com que seja necessário optar por um tratamento de canal. Por outro lado, é bom ter em mente também que o dente trincado pode acontecer de forma superficial e, como consequência, não gerar qualquer tipo de sintoma ou desconforto. 

Que tipo de situação pode trincar o dente?


Agende sua avaliação

Se preferir, agende por Telefone: 0800 601 1520


Como adiantamos, esse acontecimento pode ser mais fácil e corriqueiro que muitas pessoas imaginam. Além da mastigação de alimentos duros, como gelo e balas, existem outros fatores que podem provocar o dente trincado.

Entre eles, destacamos um acidente que envolva queda ou pancada na boca, o hábito de ranger ou apertar o dente (que acaba desgastando a estrutura dentária), ou, ainda, tomar água gelada depois de comer um alimento quente. Esses são apenas alguns exemplos, mas que estão entre as situações mais comuns para o desgaste do dente nesse sentido. 

Qual é o tratamento mais indicado?

O tratamento depende muito do local e do tamanho da fissura, além da dimensão, da dor e do desconforto que o paciente está sentindo no momento. Por isso, é extremamente importante procurar um profissional especializado, pois ele tem mais propriedade para fazer a melhor escolha e recomendar o tratamento ideal para cada situação.

Caso a fissura seja muito pequena, então pode ser que nenhum tratamento seja necessário (além de reparos estéticos, caso esteja muito aparente). Um adesivo ou soluções mais simples costumam ser mais que o suficiente.

De um modo geral, os tratamentos mais comuns envolvem: o reparo do dente com material restaurador, tratamento de canal caso haja o envolvimento da polpa, inserção de uma coroa para proteger os dentes de outros danos e, em casos mais graves, a extração, caso a fissura seja muito profunda.

Os tratamentos também devem ser incorporados caso o paciente ainda tenha um dente de leite. Lembre-se que o dente trincado pode facilitar o desenvolvimento de cáries e placas bacterianas, então, é importante evitar qualquer forma de deixar a lesão por muito tempo. Como ele não se regenera sozinho, você vai precisar seguir o tratamento indicado  e o melhor é que seja alguém de confiança.

Nem sempre a decisão por um profissional é fácil, por isso, não abra mão de ter um acompanhamento próximo com seu dentista, pois essa é a melhor maneira de diagnosticar todos os problemas ainda no início. As visitas regulares tornam o tratamento mais simples e indolor. E tem mais: a consulta imediatamente depois da constatação do desgaste pode ser a melhor forma de preservar o dente e evitar que se desgaste ainda mais.

Depois de ler este post, ficou bem mais fácil perceber o que considerar para identificar um dente trincado, não é mesmo? Fique atento aos sintomas mais comuns e procure ajuda para desfrutar do tratamento mais indicado para o seu caso. Acredite: esse cuidado faz toda diferença e atentar à saúde bucal é uma ótima maneira de viver melhor.

Caso precise do suporte de um profissional capacitado para cuidar de você, entre em contato conosco. Somos a maior rede odontológica da América Latina e, por isso, disponibilizamos o melhor suporte e profissionais altamente especializados para manter seu sorriso em dia! 

Postado em 14/12/2018.


Compartilhe

Siga-nos no twitter

Siga-nos no twitter