Agende a sua avaliação
Ou agende pelos telefones (11) 2672-5700 - Estado de SP 0800 601 1520 - Demais estados

Agende a sua avaliação de forma rápida e fácil

Agende a sua avaliação

5 mitos sobre saúde bucal para esquecer agora mesmo



Provavelmente você já deve saber que existem mitos sobre saúde bucal, não é verdade? No entanto, por mais que a maioria esteja relacionada com inúmeras situações do dia a dia, incluindo a utilização de produtos e ações para melhorar a saúde e a estética bucal, eles nada mais são do que inverdades difundidas pela população de geração em geração.

Com base nisso, vamos apresentar os principais mitos sobre a saúde e a higiene bucal. É importante citar que maus hábitos praticados com frequência podem danificar a região, desgastar o esmalte dentário, causar lesões e gerar mau hálito, além de outros problemas. Se você tem curiosidade sobre o assunto e quer saber mais, continue com esta leitura e conheça quais são esses mitos!

1. Chicletes sem açúcar previne cáries

Nos dias atuais, existem chicletes sem açúcar que são popularmente conhecidos por prevenir cáries. Todavia, a informação não é correta. O que acontece é que o chiclete sem açúcar, ao contrário dos tradicionais, não contribui tanto com o aparecimento de cáries, mas ao mesmo tempo ele está longe de atuar na prevenção. O método mais eficaz é a escovação adequada e a utilização do fio dental.

É válido mencionar ainda que a ação de mastigar chicletes por longos períodos afeta a saúde da região, uma vez que pode desenvolver problemas associados ao bruxismo, gerar fadiga nos músculos da região e aumentar os problemas na articulação temporomandibular.

2. Enxaguantes bucais substituem a escovação

Nada de usar enxaguantes bucais para substituir a escovação dentária em dias de atraso ou correria, tudo bem? Em geral, eles só são utilizados para complementar a higienização bucal, já que possuem ação antibacteriana.

Além disso, é importante que o uso seja orientado por um profissional, já que o produto é indicado somente em casos mais específicos. Caso contrário, pode afetar a saúde da região.

3. A escova mais adequada é a de cerdas duras

Por mais que pareça que as cerdas duras de uma escova são mais eficazes na limpeza dentária, elas podem causar danos sérios na região bucal. Por serem muito rígidas, a gengiva acaba sendo machucada e sofre sangramentos durante a escovação. O problema pode se agravar, causar inflamações e favorecer o aparecimento de bolsas periodontais. Com isso, surgem também retrações gengivais e doenças periodontais.


Agende sua avaliação

Se preferir, agende por Telefone: 0800 601 1520


Outro problema que as escovas de cerdas duras causam é o desgaste do esmalte dentário e, consequentemente, o aparecimento da sensibilidade. O ideal é sempre optar pelos modelos de cerdas macias e realizar os movimentos da higienização com delicadeza, sem fazer força.

4. Clareamentos caseiros são tão eficazes quanto os profissionais

Não adianta acreditar que um clareamento dentário realizado em casa vai ser tão eficaz quanto os procedimentos realizados em clínicas odontológicas por profissionais. Além de conhecer as técnicas com mais precisão e utilizar os produtos específicos, os dentistas são capacitados e utilizam equipamentos adequados.

É interessante mencionar ainda que os clareamentos caseiros normalmente são feitos com o bicarbonato de sódio. O produto não possui ação clareadora, mas ajuda na realização de uma limpeza mais profunda, dando a sensação de que os dentes ficam mais claros. Em excesso, esse hábito pode afetar fortemente a saúde da região e por isso o ideal é evitar.

5. A escovação só é eficaz se você usar muito creme dental

Por fim, é elementar desmistificar o fato de que a escovação só é eficaz se uma pessoa utiliza grandes quantidades de creme dental. O que realiza a limpeza dos dentes é a escova e a pasta é utilizada para complementar a ação.

Por isso, é importante utilizar pequenas quantidades e evitar muito creme dental na boca. Em excesso, ele pode causar sensações de ardência e, especialmente em crianças, há mais facilidade em engolir o produto.

Agora que você viu alguns dos principais mitos sobre saúde bucal, elimine-os da sua rotina e tenha sempre a saúde bucal em dia. Não se esqueça de que para que isso aconteça é imprescindível frequentar periodicamente consultórios odontológicos, seguir as orientações dos profissionais e realizar a higienização da forma adequada.

Se você se interessou sobre o assunto, entre em contato conosco e conheça os nossos serviços!

Postado em 17/07/2018.


Compartilhe

Siga-nos no twitter

Siga-nos no twitter