Agende a sua avaliação
Ou agende pelos telefones (11) 2672-5700 - Estado de SP 0800 601 1520 - Demais estados

Agende a sua avaliação de forma rápida e fácil

Agende a sua avaliação

Como saber se eu preciso de aparelho ortodôntico?



,O uso do aparelho ortodôntico constitui um dos tratamentos mais comuns em todo o mundo. Por se tratar de um procedimento simples e oferecer resultados satisfatórios, tornou-se bastante procurado.

Seu funcionamento se baseia na força de tração que um arco metálico exerce entre os dentes. Dessa forma, os desalinhamentos e espaçamentos podem ser corrigidos e ajustados.

Periodicamente, o ortodontista vai promovendo os ajustes necessários, conduzindo uma correção controlada. Além do modelo fixo tradicional, existem alternativas com arcos adequados a cada fase do tratamento.

Continue neste post e saiba se você precisa de aparelho ortodôntico.

Problemas de mordidas

A presença de mordidas erradas constitui uma das razões mais comuns para o uso do aparelho ortodôntico. Sua ocorrência caracteriza-se pelo encaixe irregular das arcadas dentárias superior e inferior, sem que se dê o adequado fechamento necessário.

Desse modo, o desalinhamento das arcadas pode conduzir a diversas situações, próprias de cada caso, que resultam em diferentes tipos de problemas nas mordidas. As principais são conhecidas:

  • mordida aberta;
  • mordida profunda;
  • mordida cruzada;
  • mordida para frente.

Dentes tortos ou encavalados

Além dos aspectos estéticos que, muitas vezes, afetam a autoestima do paciente, dentes tortos ou encavalados dificultam sua higienização. Como resultado, aumenta a possibilidade da ocorrência de mau hálito, cáries e doenças periodontais.

Para esses casos, o tratamento com o uso do aparelho ortodôntico é muito eficiente. Nos casos mais simples, em poucos meses os resultados já são alcançados.

Dentes separados

A existência de grandes espaços entre os dentes pode indicar a necessidade do tratamento com aparelho ortodôntico. Além da possível origem genética, dentes separados podem resultar do hábito de chupar os dedos.


Agende sua avaliação

Se preferir, agende por Telefone: 0800 601 1520


Por sua vez, a existência da doença periodontite (inflamação séria que afeta a gengiva e o dente) também é responsável pela presença de dentes espaçados. Do mesmo modo, a extração ou o fato do dente não ter nascido deixando a arcada incompleta também podem ocasionar as distâncias ocorrentes.

Assim, em qualquer dos casos referidos, o prejuízo para o paciente pode ser estético e funcional, podendo afetar toda a arcada dentária.

Dores na mandíbula

A presença de dores na mandíbula, assim como do bruxismo (o hábito de ranger e apertar os dentes durante o sono), pode indicar a necessidade de correção dos dentes com o uso do aparelho. Dentes desalinhados impedem a adequada oclusão (fechamento da boca) provocando uma pressão adicional.

Por essa razão, é comum nesses casos o surgimento de dores mandibulares e dores de cabeça. Uma avaliação por um dentista especializado em ortodontia pode confirmar essa origem que, às vezes, não é fácil de ser percebida.

Perda permanente de algum dente

Diversas situações podem resultar na perda de um dente. Assim, traumas e acidentes, cáries e a doença periodontal podem provocar a perda de um dente.

Uma perda assim, para a qual não se providencia a reposição, deixa um grande espaço na arcada. Esse espaço pode resultar em desalinhamento dos demais dentes e alteração na conformação do conjunto.

Essa condição pode indicar a necessidade de correção e alinhamento dos dentes, o que se confirma após uma avaliação profissional. Na verdade, qualquer que seja a situação, o dentista sempre deve ser consultado para a garantia de sua saúde bucal.

Com essas dicas, você pode avaliar se precisa de um aparelho ortodôntico e, dessa forma, procurar um ortodontista para a devida orientação.

Se você gostou deste post, assine a nossa newsletter e saiba tudo o que precisa para uma perfeita saúde dos dentes.

Postado em 12/02/2019.


Compartilhe

Siga-nos no twitter

Siga-nos no twitter