Conheça mais sobre os nossos modelos de franquia

Entenda o que é benchmarking e qual a sua importância



Você sabe o que é benchmarking e de onde surgiu a palavra? Esse termo é derivado da palavra de origem inglesa “benchmark”, que significa referência. Ele consiste em uma análise detalhada das melhores práticas aplicadas por empresas que viram referência de mercado.

Nesse sentido, o benchmarking funciona como uma ferramenta para responder a uma questão que diversos empreendedores fazem: “como estamos nos saindo diante da concorrência e do mercado?”.

Assim, não importa o tamanho de sua organização — realizar benchmarking é essencial. Afinal, o feedback recebido a respeito do que está funcionando ou não no mercado ajuda os gestores a efetuar decisões que objetivam melhorar os resultados e ampliar seus negócios.

Neste post, falamos mais sobre o que é benchmarking, ressaltando sua importância na tomada de decisões da sua franquia. Continue a leitura e aprenda mais!

O que é benchmarking

O benchmarking ajuda uma instituição a verificar, de maneira sistemática, quão competitivos são seus processos frente aos dos concorrentes. Isso acontece por meio de comparação com outras organizações da mesma área em que ela está inserida.

Esse método precisa ser contínuo, desejando sempre a comparação entre serviços, produtos e atividades empresariais, especialmente de empresas líderes no mercado. É aplicado para reconhecer as melhores práticas e, em seguida, aperfeiçoá-las à realidade do negócio.

As informações conseguidas por meio do benchmarking são extremamente valiosas, devendo ser tratadas com muito cuidado e zelo. Assumir uma postura de aprendizado com o próximo é importante. Desse modo, é possível identificar e analisar o que está sendo realizado de forma errada. Contudo, é fundamental lembrar que a cópia simples e pura de práticas e estratégias da concorrência pode ser prejudicial para a empresa.

Dessa forma, pode-se dizer que o benchmarking busca o ponto de referência para mediação de competências dentro de um negócio que deseja progredir.

Tipos de benchmarking

Interno

O benchmarking interno é realizado por instituições que pretendem identificar as melhores práticas internas da organização e propagá-las para outros setores da empresa. Essa modalidade é uma das mais simples, pois os dados envolvidos são facilmente acessíveis e não existem adversidades de confiabilidade.

Competitivo

O benchmarking competitivo é o mais difícil de ser realizado, porque as organizações mais procuradas são aquelas que disputam o mesmo mercado, ou seja, concorrentes diretas. Muitas vezes, elas não estão dispostas ou interessadas em ajudar os envolvidos no processo de benchmarking competitivo. 

Vale salientar que o principal objetivo do benchmarking competitivo é medir funções, características e métodos simples de produção em comparação aos seus concorrentes diretos.

Funcional

O benchmarking funcional é o mais utilizado, pois não existe a necessidade de comparar-se com um concorrente direto.

As empresas pesquisadas pelos empreendedores são de ramos diferentes, que adotam técnicas relevantes em atividades específicas que possam ser colocadas em prática no negócio do investigador, como faturamento ou controle de estoques.

Genérico

Nesse processo de benchmarking, as instituições participantes apresentam funções ou processos empresariais semelhantes, independentemente das distinções entre as indústrias. Um exemplo desse processo pode ser a análise desde a entrada de um pedido da indústria até a entrega do produto ao cliente.

Exemplos de benchmarking

A seguir, você conhecerá 2 exemplos de benchmarking:

  • processos: realiza uma comparação entre o desenvolvimento de um processo em uma instituição e o desempenho de processos parecidos em empresas da mesma área; 
  • serviços: uma organização de e-commerce anota seu desempenho médio e a rapidez de entrega em relação a seus concorrentes principais.

Como fazer benchmarking

Para fazer o próprio benchmarking, é preciso seguir algumas etapas.

Selecione em torno de três concorrentes que gostaria de monitorar

Cabe salientar que é importante escolher também empresas de outros ramos, para garantir insights que vão além da área em que deseja empreender.

Estabeleça os indicadores de análise (qualitativos e quantitativos)

Elabore uma tabela para efetuar comparações das características de cada empresa concorrente, com base em critérios necessários para o negócio. 

Obtenha os dados para análise


Quero ser franqueado


Existem várias ferramentas disponíveis (algumas de graça, outras pagas) que contribuem com esse trabalho. É preciso utilizar essas ferramentas para potencializar os resultados.

Cabe destacar que a ferramenta Similar Web proporciona encontrar dados e métricas completas de sites rivais, com a finalidade de preparar qualquer equipe que busque novas ideias e diferenciação.

Analise e compare as informações coletadas

Essa é a hora de juntar todos os dados obtidos e conferir os resultados. Assim sendo, é momento de realizar comparações, compreender as relações que podem criar com a sua empresa e verificar o que não pode ser usado, ou seja, aquilo que não é importante para sua área de atuação.

Detecte pontos altos e baixos

Depois de conseguir todas as informações que foram citados acima, o correto agora é criar um relatório com as conclusões obtidas, as oportunidades encontradas, pontos importantes de aperfeiçoamento na área, além de possíveis perigos e sugestões de como evitá-los.

Custos do benchmarking

O benchmarking, como todo processo da empresa, envolve custos. Assim, é importante que a organização tenha conhecimento sobre os gastos com viagens para a realização de visitas técnicas, com o tempo que a empresa terá de dispor dos colaboradores e com o desenvolvimento e manutenção de um banco de dados.

É importante salientar que a internet pode ser uma grande aliada do benchmarking, visto que ela pode reduzir substancialmente os seus gastos, pois o empreendedor poderá retirar diversas informações por meio dessa ferramenta, gastando, também, menos tempo.

Benefícios do benchmarking

Compreender o que é benchmarking ficará mais simples quando você atentar para as vantagens de montar esse documento. Confira:

  • entendimento do mercado: a pesquisa regular dos concorrentes facilita entender as características do setor em que a organização está inserida e como ele funciona no mercado de forma geral. Nessa lógica, é possível conciliar a empresa com as melhores práticas do mercado;

  • melhoria contínua: elaborar o documento de benchmarking, atualizar constantemente e deixá-lo disponível para que todos da instituição possam ter acesso é essencial para que o costume de otimização diária permaneça;

  • regularidade: atualizar regularmente é um dos modos de ficar atento aos possíveis concorrentes e às transformações que ocorrem no mercado. A partir da investigação dos concorrentes, é possível achar tendências e até mudanças inesperadas no setor que estão perto de surgir ou, até mesmo, que chegaram e seus competidores perceberam, mas seu negócio não;

  • conhecimento: o benchmarking possibilita muita aprendizagem. Com a pesquisa, é possível saber muitas informações sobre o concorrente e ficar atento. O estudo proporciona uma visão sistêmica do mercado profissional e dos processos;

  • análise: efetuar uma análise do estudo é primordial para entender quais passos deverão ser dados. Cabe lembrar que esse diagnóstico pode ser feito pelos gestores e por outros colaboradores também, visto que o documento será abordado dentro da empresa. Desse modo, é preciso prestar atenção, já que boas ideias podem surgir por novas pessoas. 

  • redução de erros: é necessário conhecer o que os competidores já fizeram em suas empresas; assim, é possível saber em quais pontos eles agiram corretamente e em quais eles erraram. Logo, o empreendedor evita repetir erros e auxilia na aplicação de ideias inovadoras;

  • redução de custos: ficar atento aos acertos e erros pode ser uma ótima maneira de reduzir custos. Afinal, não se deve gastar dinheiro com uma ideia que apresenta uma estrutura inadequada.

Como o benchmarking pode auxiliar na tomada de decisão da franquia

Essa prática propõe que processos específicos sejam fortalecidos na organização. O benchmarking em franquias pode fortalecer os lados do franqueador e do franqueado, pois ambos conseguem melhorar diariamente sua atuação ao monitorar as transformações de estratégias e abordagens do concorrente.

Nesse contexto, conhecer melhor a empresa e os concorrentes é valioso para o surgimento de uma nova franquia e para as tomadas de decisões por parte dos franqueadores. Os dados coletados sobre outras organizações facilitarão alavancar os negócios diante dos concorrentes.

Portanto, o benchmarking é uma ferramenta que potencializa os resultados da franquia. Acreditar apenas nas medidas internas pode gerar uma perspectiva frustrante, enquanto buscar uma nova visão de fora é sempre uma maneira de avaliar com mais segurança as características que precisam ser mudadas e aperfeiçoadas.

Desse modo, conhecer o que é benchmarking ajuda as franquias a melhorar seus processos, diminuir os gastos, aumentar lucros e fidelizar e fortalecer a satisfação do cliente.

Se você gostou das informações deste post, baixe nosso Guia completo para aumentar suas vendas!

Postado em 23/04/2019.


Compartilhe

Siga-nos no facebook

Siga-nos no Linkedin

Siga-nos no Linkedin