Agende a sua avaliação
Ou agende pelos telefones (11) 2672-5700 - Estado de SP 0800 601 1520 - Demais estados

Agende a sua avaliação de forma rápida e fácil

Agende a sua avaliação

7 dicas sobre como cuidar do aparelho ortodôntico



A atenção aos hábitos alimentares e à higiene bucal são essenciais para quem deseja ter dentes mais bonitos e saudáveis. E, quando o assunto é aparelho ortodôntico, isso é ainda mais importante. Seja fixo, seja móvel, o uso do aparelho pede cuidados especiais para que o tratamento tenha resultados mais rápidos e eficazes.

Neste post, você terá dicas sobre como cuidar do aparelho ortodôntico para manter esse tratamento dental sempre em dia. Acompanhe:

1. Atente para a escovação

Para quem usa aparelho fixo, a escova ideal deve ter uma grande quantidade de cerdas e elas devem ser ultramacias. Um diferencial para aumentar a eficácia da higiene é a escolha por escovas que possuem canaleta central, pois facilitam a limpeza dos bráquetes durante a escovação dos dentes.

Sobretudo, os movimentos com a escova devem ser leves e contínuos, sempre no sentido dos ponteiros do relógio, com o objetivo de remover de forma eficaz a placa bacteriana e os resíduos que ficam entre os dentes.

Já os aparelhos móveis podem ser escovados com cerdas duras, desde que utilizadas adequadamente. Para os dentes, a escova de cerdas macias deve ser mantida. Vale lembrar que a limpeza pode ser feita com o mesmo creme dental utilizado na boca, sem a exigência de produtos específicos.

Caso seja necessário, peça orientações ao seu dentista para fazer a melhor escovação possível. Ele poderá indicar a melhor escova, os melhores produtos e até ensinar os melhores movimentos para limpeza, de acordo com as suas necessidades e as do seu aparelho.

2. Passe fio dental sempre

Grande aliado da higiene da boca, o fio dental deve ser utilizado junto com a escovação. Para quem possui aparelho fixo, é recomendado o uso de um “passa fio”, que auxilia a entrada do fio dental entre os dentes e bráquetes.

Em alguns casos, a fita dental pode ser mais fácil de utilizar do que o fio dental. Nesse caso, é preciso testar para encontrar aquela que é melhor para você.

Outra dica é o uso do bochecho com antisséptico, que também pode ser feito com o aparelho móvel na boca. Inclusive, o uso de pastilhas antissépticas pode ser um aliado para o aparelho: basta dissolvê-las em um copo com água.

Esses produtos ajudam muito na finalização da higiene bucal, pois limpam as bochechas, a língua, o céu da boca e outros lugares que nem a escova, nem o fio dental alcançam.

3. Evite certos alimentos

Balas, chicletes e pirulitos não são os melhores amigos de quem utiliza aparelho ortodôntico. Além deles, também evite comer alimentos duros, gordurosos ou grudentos — como balas macias ou chicletes.

Para quem usa aparelho fixo, frutas, carnes e vegetais devem ser cortados em pedaços pequenos para facilitar a mastigação. Portanto, evite mordê-los inteiros, pois isso pode danificar o aparelho.

Alguns alimentos costumam grudar nos dentes com mais facilidade — carnes, pipoca e frutas como manga, por exemplo —, e também devem ser consumidos com menos frequência. No caso das carnes, você pode substituir o bife por pedaços de frango ou carne moída, que são mais macios e raramente ficam no dente.

No caso do aparelho móvel, ele deve ser retirado durante as refeições. Volte a usá-lo apenas depois da escovação, pois a cavidade bucal estará livre das sujeiras e dos resíduos de alimentos.

4. Preste atenção aos hábitos pessoais


Agende sua avaliação

Se preferir, agende por Telefone: 0800 601 1520


Se você tem o costume de roer as unhas ou mastigar pontas de lápis e canetas, o momento de parar é agora: além de serem péssimos para você, esses hábitos podem amassar partes ou quebrar as peças do seu aparelho ortodôntico, seja ele fixo, seja móvel.

Evite também cutucar ou mexer no aparelho, o que previne o risco de contato dos micro-organismos presentes nas mãos em sua boca.

5. Faça manutenção do aparelho ortodôntico

Além dos cuidados com a higiene, a alimentação e os hábitos pessoais, a manutenção periódica do aparelho ortodôntico é fundamental para o tratamento.

O acompanhamento deve ser realizado por um ortodontista, pelo menos uma vez ao mês. Com isso, ele vai indicar os melhores cuidados, bem como avaliar o progresso com a escovação e o avanço dos resultados.

Portanto, tenha em mente que faltar a uma consulta pode ser bastante prejudicial ao seu tratamento, já que alguns cuidados indispensáveis devem ser feitos mês a mês, apenas pelo profissional — como apertar o aparelho, por exemplo.

E, além das visitas de rotina, é imprescindível procurar seu dentista para fazer a manutenção em caso de imprevistos. Nem pense em tentar resolver os problemas relacionados ao aparelho por conta própria, pois isso pode acabar agravando-os.

6. Evite quebras

Um dos maiores problemas de quem usa aparelho é a frequente quebra dos bráquetes. Porém, apesar de ser comum, isso só acontece devido à falta de cuidados específicos. Algumas atitudes bobas podem causar essa quebra, e, quando isso acontece, é preciso procurar seu dentista para a manutenção.

No caso dos aparelhos fixos, os bráquetes são colados nos dentes com uma cola muito resistente. Então, o que acontece é que eles descolam, e não quebram. As principais causas desse problema são os hábitos de roer unhas, colocar objetos na boca — como lápis, por exemplo —, morder alimentos muito duros, entre outros.

Já no caso dos aparelhos móveis, o que mais causa a quebra é o manuseio e armazenamento de forma errada. Por isso, é preciso guardá-lo com cuidado, em locais adequados e seguros. Jamais coloque o aparelho no bolso se precisar tirá-lo e não souber onde colocá-lo.

7. Guarde o aparelho móvel em local adequado

Os aparelhos móveis devem ser guardados em uma caixa específica para não serem perdidos e não correrem o risco de quebrar. Essa caixinha geralmente é oferecida no consultório odontológico e é extremamente importante.

Além de proteger seu aparelho de danos, a caixinha é um local mais higiênico para guardá-lo. Porém, é necessário lavá-la com frequência e até ferver de tempos em tempos.

Adicionalmente, tome cuidado para nunca esquecer de levar a caixinha com você, pois embrulhar o aparelho no guardanapo quando você precisa comer não é um bom hábito. Afinal, fazendo isso, há grandes chances de se confundir e acabar jogando-o fora.

Cuidados simples fazem toda a diferença na vida de quem usa aparelho. Aprendeu como cuidar do aparelho ortodôntico? Agora, saiba como manter seus dentes perfeitos em 7 dicas.

Postado em 05/03/2018.


Compartilhe

Siga-nos no twitter

Siga-nos no twitter