Creme dental clareador funciona? Descubra! | Sorridents - Clínicas Odontológicas
Agende a sua avaliação
Ou agende pelos telefones (11) 2672-5700 - Estado de SP 0800 601 1520 - Demais estados

Agende a sua avaliação de forma rápida e fácil

Agende a sua avaliação

Creme dental clareador funciona? Descubra!



Deixar os dentes branquinhos apenas com a escovação é o sonho de muita gente, mas não é tão fácil assim. Por isso, o creme dental clareador acaba sendo uma alternativa para quem se preocupa com a estética do sorriso.

Mas será que esse tipo de produto realmente cumpre o que promete, ou então traz algum problema para a saúde bucal?

Essas dúvidas são bastante comuns e deixam as pessoas confusas quanto ao uso desse tipo de creme dental. É o seu caso? Então, acompanhe este post para entender como o produto age e qual é sua eficácia comparada ao tratamento de clareamento dental realizado no consultório.

Qual é a composição do creme dental clareador?

O agente químico capaz de clarear os dentes é o peróxido de carbamida ou de hidrogênio, presente no gel utilizado no tratamento de clareamento dental. No entanto, para que sua ação atinja manchas mais internas, é preciso uma concentração bem alta dessa substância.

Geralmente, no creme dental clareador a concentração do peróxido é, em média, de 2%. Já nos géis empregados pelos dentistas, esse número varia de 10% a 40%, porque somente dessa forma consegue modificar a tonalidade dos dentes.

Como o creme clareador age?

Esse produto é mais abrasivo do que as pastas comuns. O creme age como um esfoliante ou uma lixa, removendo manchas existentes no esmalte dentário — a camada mais externa do dente. Assim, é capaz de eliminar a placa bacteriana e manchas causadas pelo cigarro e por alimentos, como café, vinho e beterraba.

Mas esse produto não consegue, de fato, clarear os dentes. Como dissemos, sua ação abrasiva faz um trabalho de polimento, mas não tem o poder de eliminar manchas internas. Para muita gente, inclusive, o uso contínuo não traz resultado algum.

Para quem é indicado?

Apesar de ter venda livre em farmácias e supermercados, o creme dental clareador não pode ser usado da mesma forma que a pasta de dente convencional.

No geral, é recomendado somente para adultos que possuem todos os dentes naturais e não sofrem com sensibilidade dentária ou retração de gengiva. Ao ser utilizado, a dica é passar com uma escova de cerdas macias para não potencializar sua ação abrasiva.

E para quem não é indicado?

Nem todo mundo pode aplicar esse tipo de produto nos dentes, por causa da sua capacidade de abrasão dental. O creme dental clareador pode acarretar perda do esmalte dos dentes e sensibilidade dentária, entre outros problemas. O uso não é recomendado para:

  • crianças, porque, como os dentes ainda não estão totalmente desenvolvimentos, a substância consegue desencadear sérios problemas no amadurecimento dental e na saúde bucal;
  • idosos com problemas dentários, pois o produto pode piorar enfermidades bucais existentes, por causa da saúde dental delicada;
  • indivíduos com problema de gengiva retraída ou dentes sensíveis precisam ficar longe desse produto, já que pode agravar as condições;
  • gestantes, que normalmente já sofrem com sangramento gengival, podendo ter a saúde bucal mais prejudicada.

Aplicar esse produto nos dentes traz efeitos colaterais?

Caso seja usado sem orientação do dentista, o produto pode gerar consequências indesejadas, tanto de característica estética como funcional, por conta do seu poder esfoliante. Dessa maneira, esses resultados negativos conseguem atrapalhar bastante a rotina da pessoa. Confira detalhadamente alguns deles!

Sensibilidade dentária

A substância é capaz de desgastar o esmalte dentário, deixando a dentina exposta — isso pode provocar sensibilidade e dor ao consumir alimentos muito quentes ou frios.

Manchas nos dentes


Agende sua avaliação

Se preferir, agende por Telefone: 0800 601 1520


Além disso, a dentina é mais porosa e, ao entrar em contato com o corante de alimentos, pode dar uma aparência mais escura aos dentes. Ou seja, se o creme clareador for aplicado sem instrução de um profissional, a ação pode ser contrária.

Agravamento da retração gengival

Esse problema consiste na posição incorreta da gengiva, que se retrai e, consequentemente, expõe a raiz dos dentes. O emprego inapropriado do creme clareador dental consegue prejudicar mais ainda as pessoas que sofrem com tal condição, o que resulta em amolecimento e até perda dos dentes.

Esse creme tem a mesma eficácia do tratamento de clareamento?

Esse tipo de creme dental não apresenta os mesmos resultados que o clareamento realizado pelo dentista. Isso porque o gel empregado no tratamento consegue atingir as manchas mais internas, modificando, assim, a tonalidade do sorriso.

Há ainda a possibilidade do clareamento dental caseiro, porém, só deve ser feito com a supervisão do dentista, que indica a quantidade e o tempo de uso da substância clareadora.

Pode comprar qualquer creme dental na farmácia e já usar?

Como foi possível perceber até aqui, esse produto tem um baixo potencial de resultados satisfatórios, se comparado a outras técnicas de branqueamento, e pode gerar ou agravar problemas dentários sérios e prejudiciais à estética e à funcionalidade bucal. Por essa razão, comprar qualquer marca e já aplicar nos dentes não é uma prática nada aconselhável.

Seja qual for o método de clareamento, o ideal é sempre se consultar com um dentista especialista antes de realizar o procedimento. O profissional primeiro analisa as condições atuais da sua boca, questiona sobre os seus hábitos de higiene e aplica uma higienização efetiva. Depois da avaliação e das informações obtidas, consegue recomendar a melhor alternativa de clareamento para a sua situação.

O creme dental clareador é mais superficial e não atende como tratamento principal no branqueamento dos dentes. Em uma pesquisa realizada pela Associação Brasileira de Defesa ao Consumidor (PROTESTE), várias marcas foram testadas e nenhuma proporcionou o resultado prometido, além de serem mais abrasivas que as pastas convencionais.

Além disso, esses produtos não fazem milagre. Mesmo que algum consiga clarear os dentes sem que sejam prejudicados, o que aconteceria de maneira gradual, ainda é necessário manter as práticas de higienização bucal em dia, com a aplicação de escovação após as refeições, de enxaguante bucal e fio dental antes de dormir.

Portanto, não é recomendável adquirir qualquer produto definido como clareador dental e passar nos dentes, sem uma instrução devida do profissional correto, ou seja, o dentista. Somente esse profissional é capaz de apontar o melhor modo de obter dentes mais brancos e um sorriso bonito.

Enfim, como vimos, se você quer deixar o sorriso mais branco, procure o dentista e faça o tratamento de clareamento. O procedimento é realizado com total segurança e garante um resultado natural, sem danos aos dentes. O creme dental clareador pode até funcionar como um complemento desse tratamento, mas a recomendação é que seja utilizado apenas com a orientação de um profissional.

Outra forma conhecida de clareamento caseiro é utilizando o carvão, mas você sabe se esse método é seguro? Conheça agora mesmo os riscos do carvão para clarear os dentes.

Postado em 08/11/2020.


Compartilhe

Siga-nos no twitter

Siga-nos no twitter