Agende a sua avaliação
Ou agende pelos telefones (11) 2672-5700 - Estado de SP 0800 601 1520 - Demais estados

Agende a sua avaliação de forma rápida e fácil

Agende a sua avaliação

Qual a diferença entre coroa, pivô e jaqueta dentária? Descubra!



Você sabia que existem diferenças entre coroa, pivô e jaqueta dentária? Embora o intuito seja a restauração dos dentes, as técnicas utilizadas são distintas. Além disso, cada procedimento é recomendado ao paciente de acordo com seu caso e, por esse motivo, o acompanhamento profissional torna-se indispensável.

Pensando nisso, resolvemos falar sobre esses três procedimentos odontológicos e tirar todas as suas dúvidas sobre o assunto. Vale mencionar que a má escolha de um tratamento dentário pode gerar sérias consequências, incluindo a perda dentária. Se você quer ficar por dentro, continue a leitura e saiba mais!

Afinal, para que servem a coroa, o pivô e a jaqueta dentária?

De um modo geral, os termos pivô, coroa e jaqueta dentária surgem ao iniciar o tratamento com prótese fixa de porcelana para os dentes. O objetivo é restaurar dentes que se comprometeram em fraturas, com cáries ou em acidentes, por exemplo, melhorando a estética e a funcionalidade de um sorriso. Entretanto, é elementar que a adoção de cada um dos procedimentos seja de acordo com o comprometimento da região.

Quais são as diferenças entre os termos?

Como mencionamos, existem diferenças ao se tratar de coroa, pivô e jaqueta dentária, apesar de o objetivo dos procedimentos ser o mesmo, a restauração da dentição. Veja mais!

Coroa

A coroa nada mais é do que uma peça que substitui o dente perdido ou danificado por cáries ou fraturas. Normalmente é uma peça confeccionada em porcelana pura, sobre zircônia ou sobre metal, que substitui a parte externa do dente, também chamada de coroa.

Dependendo do nível de desgaste do dente, a peça pode ser aplicada sobre o dente preparado, sobre um pino ou, ainda, sobre o pino de um implante. O procedimento é uma ótima opção para reconstruir um único dente, tanto dentes naturais quanto implantes dentários, por isso, atende muito bem a reconstrução estética e funcional dos sorrisos.

A peça ainda pode ser instalada de forma parcial em dentes que não foram totalmente danificados ou deteriorados. Entretanto, a avaliação profissional é elementar.

Pivô


Agende sua avaliação

Se preferir, agende por Telefone: 0800 601 1520


Ao contrário da coroa, o pivô possui um pino de sustentação fundido junto à própria coroa. É um procedimento em desuso nos dias atuais, porque aumenta os riscos de infiltrações e de fraturas. Além disso, o procedimento exige uma adaptação mais prolongada, já que o indivíduo pode sentir incômodos no início.

Geralmente a coroa é confeccionada em porcelana, mas também pode ser feita em resina. O pino é confeccionado em fibra de vidro, fibra de carbono ou liga metálica. Para a instalação, é importante que a raiz dentária passe por um tratamento de canal ou seja extraída (quando possível e necessário).

É importante mencionar que o procedimento pode ser indicado em casos de reconstruções de dentes de sorrisos com linhas escuras na gengiva ou que sofrem com retrações gengivais e gengivite grave.

Jaqueta

A jaqueta, por fim, consiste basicamente no mesmo procedimento que a coroa. No entanto, é um termo em desuso nos dias atuais. É um procedimento que reconstitui a parte estética de um dente, mas é um processo que envolve somente o dente por completo, não podendo ser parcial.

Agora que você já sabe a diferença entre coroa, pivô e jaqueta dentária, vá até uma clínica odontológica e conheça os tratamentos mais indicados para você. É válido ressaltar que somente um dentista é capaz de realizar uma avaliação odontológica completa, indicando os procedimentos necessários, estéticos ou não, evitando danos à saúde e à beleza de um sorriso.

Gostou do post? Então conheça mais sobre os principais tipos de próteses!

Postado em 04/09/2020.


Compartilhe

Siga-nos no twitter

Siga-nos no twitter