Blog Saúde Bucal

Como funciona o clareamento dental?

Como funciona o clareamento dental?

Ter um sorriso esteticamente bonito é objeto de desejo de muitos, e investir no clareamento dental é um dos procedimentos que podem tornar esse sonho realidade. O clareamento é muito utilizado por pessoas no mundo inteiro e, se você está pensando em fazer, vale a pena ler este post para conhecer mais sobre o assunto.

O que é o clareamento dental?

Como o próprio nome já diz, essa técnica serve para deixar os dentes com uma tonalidade mais clara, oferecendo uma aparência mais saudável para a pessoa. A mudança na cor dos dentes se deve à remoção de manchas escuras que se formam ao longo do tempo por causa do consumo de diversos alimentos ou de hábitos como o fumo.

Quais são as técnicas de clareamento?

Existem várias maneiras de fazer o clareamento dental. Esse procedimento pode ser realizado tanto em casa quanto no consultório do dentista e pode ou não ser acompanhado por um profissional − o mais indicado, porém, é que sempre haja o acompanhamento do dentista! Vejamos agora cada uma das modalidades oferecidas. A grande diferença está na eficácia de cada uma delas.

Clareamento no consultório

É a forma mais segura e confiável que você tem de conseguir bons resultados e com maior rapidez. Nesse caso, o profissional consegue aplicar uma maior concentração de peróxido de hidrogênio (substância responsável pela remoção das manchas nos dentes), cerca de 35%. Com isso, as garantias de sucesso no tratamento são maiores.

Clareamento misto

Nessa modalidade, uma parte do clareamento é feita no consultório e a outra é feita em casa. Tem sido bastante usada, pois diminui o tempo de espera e de tratamento no consultório. Depois de receber a orientação do dentista, o paciente aplica uma parte do gel clareador em casa utilizando uma moldeira feita sob medida. A outra parte da aplicação acontece no consultório, com ou sem o uso de laser ou LED.

Os resultados têm se mostrado animadores e vantajosos. O custo do tratamento também passa a ser menor já que parte da técnica é executada pelo próprio paciente. É uma boa opção para quem quer ficar com os dentes mais claros, sem ter que gastar muito e ainda fazer tudo com segurança.

Clareamento em casa

Também é outra maneira muito comum de fazer o clareamento dental, mas não é indicada. Se você tiver algum tipo de sensibilidade, gengivite ou algum outro problema bucal que normalmente só é identificado pelo dentista, o produto clareador pode causar problemas.

Além disso, a concentração de peróxido de hidrogênio é menor nos kits caseiros vendidos em lojas. Dessa forma, o resultado pode demorar mais tempo para aparecer e pode não ser o esperado. Outro ponto negativo é o fato de a moldeira ter um formato único e universal, o que pode dificultar a aplicação do gel, diferentemente do que acontece com a moldeira feita pelo dentista, pois ela é produzida sob medida para um paciente.

Outros tratamentos caseiros

Muitas marcas de pastas de dentes e enxaguantes bucais prometem deixar os dentes mais brancos em poucos dias. Porém, esses produtos são pouco eficientes e quando se consegue algum resultado com eles não é o desejado. Eles podem até clarear os dentes, mas isso acontece de forma temporária e logo o sorriso volta ao que era antes.

Gostou das dicas de hoje? Então aproveite para descobrir se o clareamento caseiro funciona em nosso post sobre o assunto!

Pesquisar

Categorias

E-Books

Redes sociais

Publicações Relacionadas

Saúde Bucal

6 principais mitos sobre faceta dentária

As facetas de porcelana estão sendo muito utilizadas nas clínicas odontológicas por conta dos excelentes resultados proporcionados nos dentes, da rapidez em que são colocadas

Encontre a Clínica mais perto de você!

Carregando Unidades...

Selecione uma Unidade para carregar as Datas

Nenhum horário disponível para a data selecionada