Blog Saúde Bucal

Como tratar a gengivite?

como tratar a gengivite

Os cuidados com a boca são essenciais, apesar de serem um pouco negligenciados ainda. Alguns sinais e sintomas de certas doenças podem aparecer por descuido com a higiene bucal. Por exemplo, se você está sentindo a gengiva inchada, avermelhada e sensível, você precisará encontrar formas de como tratar uma gengivite.

O que a gengivite?

A principal causa dessa doença é a formação da placa bacteriana (ela se forma constantemente nos dentes e na gengiva e possui aparência incolor e viscosa). É o estágio inicial de doenças que afetam essa parte do corpo e é provocada pela falta de higienização dos dentes. Não escovar os dentes após cada refeição e não usar o fio dental para remover os restos de comida podem desenvolver a gengivite.

É preciso começar um tratamento logo nessa fase, que é fácil de ser revertida, já que o tecido conjuntivo e o osso ainda não foram atingidos. Porém, se a gengivite não for tratada a tempo, ela pode evoluir para uma periodontite e, assim, os danos podem ser permanentes.

Quais são os sintomas?

Não é difícil perceber que o indivíduo tem gengivite. São sinais e sintomas muito característicos e facilmente sentidos e visíveis:

  • gengiva com inchaço, avermelhada e sensível;
  • gengiva sujeita a sangramentos durante a escovação;
  • dentes passam a apresentar aparência alongada;
  • formação de bolsas entre os dentes que acumulam comida;
  • pode surgir mau hálito e gosto ruim na boca;

Como tratar a gengivite?

O ponto principal do tratamento da doença é eliminar o que causou a gengivite, que normalmente são maus hábitos de higiene bucal, e parar a doença para que ela não avance. O dentista deve ser procurado imediatamente e a eliminação da patologia só vai acontecer se houver participação direta não só do profissional de saúde, como também do paciente.

O dentista fará uma avaliação bucal e providenciará a limpeza completa da região, removendo toda a placa bacteriana sobre os dentes. Após isso, deverá ocorrer a orientação para fazer a escovação de maneira correta e também o uso eficaz do fio dental.

A partir de então, é muito importante que o paciente passe a manter as boas práticas de higienização ensinadas pelo profissional para que ocorra a reversão da gengivite e para que ela não volte a se desenvolver.

Como fazer a prevenção?

É como diz o ditado: “melhor prevenir que remediar”. Ir ao dentista regularmente é essencial para manter a boa saúde dos dentes e evitar doenças. Um bom período de tempo é visitar esse profissional a cada seis meses.

Siga todas as orientações do dentista quanto à limpeza dos dentes, a forma de fazer a escovação corretamente e também como usar o fio dental de maneira certa para eliminar os restos de comida que ficam entre um dente e outro.

É necessário também evitar o uso de cigarros, pois enfraquecem os dentes, além de causar mau hálito. Outro ponto essencial é a alimentação. Evite comer alimentos ricos em carboidratos, pois essas substâncias servem de alimento para as bactérias que formam a placa.

Gostou do nosso post? Se tiver alguma dúvida ou sugestão é só comentar aqui pra gente!

Pesquisar

Categorias

E-Books

Redes sociais

Publicações Relacionadas

Saúde Bucal

6 principais mitos sobre faceta dentária

As facetas de porcelana estão sendo muito utilizadas nas clínicas odontológicas por conta dos excelentes resultados proporcionados nos dentes, da rapidez em que são colocadas

Encontre a Clínica mais perto de você!

Carregando Unidades...

Selecione uma Unidade para carregar as Datas

Nenhum horário disponível para a data selecionada