Agende a sua avaliação
Ou agende pelos telefones (11) 2672-5700 - Estado de SP 0800 601 1520 - Demais estados

Agende a sua avaliação de forma rápida e fácil

Agende a sua avaliação

Bicarbonato clareia os dentes mesmo? Descubra aqui!



Possivelmente você já deve ter ouvido falar que o bicarbonato clareia os dentes, não é mesmo? Essa é uma frase popular falada com bastante frequência e utilizada por boa parte das pessoas que tiveram acesso à afirmação. Porém, apesar de o produto ter muitas funções, sua utilização na região bucal pode causar danos à saúde do dente e prejudicar o sorriso.

Com base nisso, vamos explicar mais sobre o assunto e mostrar os reais motivos que fazem com que o bicarbonato de sódio seja prejudicial à saúde dentária.

Além disso, vamos apresentar quais problemas ele pode causar, como ele atua na região, quais são os outros mitos acerca do clareamento dental e como clarear os dentes e deixá-los bonitos de maneira saudável. Confira!

Afinal, o bicarbonato clareia os dentes?

Hoje em dia, é possível encontrar inúmeras dicas de como usar o bicarbonato para clarear os dentes, certo? No entanto, essa afirmação tão conhecida não é verdadeira. O produto, mesmo que misturado ao creme dental diário, não promove de forma efetiva o clareamento dentário.

Ele é uma substância abrasiva, ou seja, atua como um “esfoliante” dental. O que não quer dizer que tem ação clareadora. O dente é formado por três camadas: a polpa (camada mais interna), a dentina e o esmalte (camada externa).

Quando utilizado na última camada, o bicarbonato promove uma limpeza mais profunda, dando a sensação de que os dentes estão mais brancos. Entretanto, os dentes só estão mais limpos do que normalmente.

Isso não significa que a utilização do bicarbonato é indicada para auxiliar na higienização dental. Por ser abrasivo, ele pode gerar sérios danos à saúde bucal e provocar problemas ainda maiores.

Quais são os danos que o bicarbonato pode gerar?

O uso frequente do bicarbonato é um perigo! Ele é altamente abrasivo e promove a corrosão do esmalte dentário. Como consequência, o dente fica sensível e suscetível a infecções. A gengiva também é afetada e pode sofrer com sangramentos e mais infecções.

Em situações mais graves, o produto deixa o PH da boca alterado e provoca uma erosão ácida. Os resultados são hipersensibilidade, dores agudas e intensas na região, danificação da estrutura dos dentes e até mesmo mudança da forma dentária.

É importante mencionar que alguns profissionais utilizam, em situações específicas, jatos de bicarbonato para auxiliar na remoção de manchas no dente e de placas bacterianas.

No entanto, esse é um procedimento totalmente profissional e que só deve ser feito por um dentista em local próprio. Além disso, a versão utilizada em consultórios odontológicos é diferente. Ela é extrafina e específica para esse processo.

O que provoca o amarelamento dos dentes?

O amarelamento dos dentes geralmente acontece com o tempo. Como os dentes são porosos, eles absorvem e acumulam na dentina os pigmentos dos alimentos que comemos diariamente.

Bebidas escuras, como café, sucos, vinho, chás e refrigerantes, são os principais causadores, mas, de uma forma geral, todo alimento muito pigmentado influencia na coloração. Açaí, molho de tomate industrializado, cúrcuma, beterraba, catchup e mirtilo são alguns exemplos.

Outro fator que gera o problema é o envelhecimento. Com o passar dos anos, o esmalte dentário sofre naturalmente um desgaste e os dentes tendem a escurecer. Tabagismo e higienização inadequada também são fatores comuns.

Existem outros produtos caseiros ineficazes no clareamento?


Agende sua avaliação

Se preferir, agende por Telefone: 0800 601 1520


Além do bicarbonato de sódio, existem outras substâncias que são usadas para clarear os dentes em casa, mas que são ineficazes e ainda prejudicam a saúde dos dentes.

O suco de limão é um exemplo. Ele é altamente ácido e corrói o esmalte dentário se usado com frequência. A utilização do carvão também promete o clareamento dos dentes, mas é um costume antigo e que, nos dias atuais, não colabora com o processo de clarear.

Vale mencionar ainda que a água oxigenada é usada por algumas pessoas que têm esse mesmo intuito, contudo, o produto é um ótimo antisséptico usado em ferimentos e não funciona como clareador.

Qual é a melhor maneira de clarear os dentes?

Antes de iniciar qualquer procedimento, você deve ir até uma clínica odontológica e realizar uma avaliação com um profissional. No consultório, o dentista recomenda o melhor método de forma explicativa, o realiza com a sua autorização e orienta sobre os cuidados que devem existir.

O clareamento dental é o método mais utilizado. Ele é feito com substâncias químicas (como o peróxido de carbamida e o peróxido de hidrogênio) que alteram a cor do dente, gerando resultados muito efetivos.

O procedimento é totalmente clínico e deve ser feito sob a supervisão de um cirurgião dentista. O gel com ação clareadora é aplicado nos dentes e, combinado com o oxigênio, oxida os pigmentos amarelados com o auxílio do laser.

Tudo isso só pode ser feito depois da realização de radiografias e exames clínicos. A saúde bucal deve estar em dia, sem infiltrações e cáries, por exemplo. Durante o processo, também é importante tomar alguns cuidados especiais, como evitar o consumo de alimentos muito pigmentados que podem interferir na coloração dos dentes.

Já o método de clareamento caseiro é feito com o auxílio do gel e uma moldeira de silicone. O processo é gradual e normalmente ocorre no período da noite, sempre com a orientação profissional.

É fundamental mencionar que o principal benefício do clareamento é a real mudança de cor dos dentes, ou seja, é um procedimento totalmente estético. Ele remove todos os pigmentos externos absorvidos e deixa a região em sua cor natural, bem mais clarinha. Por isso, assegura um sorriso visualmente bonito, melhora a qualidade de vida e aumenta a autoestima de qualquer pessoa.

Existe contraindicação para o clareamento dental?

Como já dissemos, o procedimento só pode ser feito se a saúde bucal estiver em dia. Pacientes com cáries, restaurações incompletas e gengivite, por exemplo, não podem realizar o tratamento. Ele ainda é contraindicado na gravidez e para crianças.

Agora que você já sabe se o bicarbonato clareia os dentes ou não, aproveite as informações para garantir um sorriso bonito e saudável para você e para toda a sua família. Lembre-se de que o ideal é você ir a uma clínica odontológica para ter acesso a profissionais capacitados e que vão oferecer o melhor serviço.

Gostou do artigo e quer se manter por dentro de outros assuntos relacionados? Então, siga-nos nas redes sociais! Estamos no Facebook e no Instagram!

Postado em 11/02/2019.


Compartilhe

Siga-nos no twitter

Siga-nos no twitter