Agende a sua avaliação
Ou agende pelos telefones (11) 2672-5700 - Estado de SP 0800 601 1520 - Demais estados

Agende a sua avaliação de forma rápida e fácil

Agende a sua avaliação

8 motivos para não abandonar o tratamento ortodôntico



Ao começar um tratamento ortodôntico, os pacientes ficam esperançosos para que os dentes fiquem bonitos e alinhados. Além da estética, a questão da mordida e do posicionamento dos dentes também são muito importante para a saúde bucal.

No entanto, com o passar dos meses, alguns pacientes tendem a abandonar o tratamento. Um exemplo disso é quem usa aparelho fixo, as pessoas param de tratar deixando permanecer o aparelho sem manutenção. Já quem usa o aparelho móvel, por exemplo, para de usar e abandona tanto o aparelho quanto o tratamento.

Porém, essa atitude pode causar grandes problemas para os dentes e para os ossos. Neste post, você vai descobrir os motivos pelos quais você não deve desistir do seu tratamento ortodôntico. Continue a leitura e confira!

1. Perda do que já foi conquistado

Mesmo que você tenha pouco tempo de tratamento, sua arcada dentária já deu os primeiros passos para ficar alinhada e harmônica, mexendo com toda a estrutura da face.

Como os dentes ainda não estão 100% alinhados, a tendência é que eles voltem ao lugar de origem. Isso faz com que você perca tudo o que foi conquistado até o momento. E se você quiser voltar a realizar um tratamento ortodôntico depois, as chances de ter que começar do zero novamente são grandes.

2. Possível comprometimento dos ossos

Ao colocar um aparelho, seja ele fixo ou móvel, os ossos da região começam a se movimentar para seguir o caminho que o ortodontista planejou. As manutenções, inclusive, servem para que o profissional acompanhe e direcione os próximos passos que os ossos vão dar com a ajuda do aparelho.

Quando você interrompe o tratamento, os ossos já estão em processo de movimentação. Isso quer dizer que estão mais maleáveis do que o normal. Nesses casos, além dos dentes voltarem para a posição na qual estavam, os ossos podem ficar mais enfraquecidos e apresentar problemas futuramente.

3. Aparecimento de cáries, placa bacteriana e gengivite

Os dentes tortos costumam ter muito contato uns com os outros. Isso faz com que o processo de higienização fique mais difícil. Em alguns casos, até passar o fio dental fica mais difícil, já que os dentes sobrepostos impedem que tenha espaço suficiente para que ele deslize e remova os restos de comida que podem ficar ali.

Com isso, o abandono do tratamento ortodôntico resulta na volta dos dentes à posição original. Consequentemente, as chances de surgirem cáries, placa bacteriana e gengivite, que é uma inflamação nas gengivas, são maiores, já que a dificuldade de limpeza também é grande.

4. Perda dos dentes

Ao abandonar um tratamento ortodôntico, muitos pacientes ficam com o aparelho fixo nos dentes sem passar por uma consulta para removê-los, nem avisar ao profissional que vai parar. Esses casos são muito sérios, já que o aparelho deve seguir o tratamento e receber a manutenção do dentista para que realinhem os dentes.

Sem a manutenção, o aparelho se transforma em um corpo estranho preso aos dentes. Se ficar muito tempo ali sem acompanhamento, pode resultar em cáries, inflamações gengivais e enfraquecimento dos ossos. Essa situação pode até levar à perda dos próprios ossos e dos dentes nos casos mais graves.


Agende sua avaliação

Se preferir, agende por Telefone: 0800 601 1520


Não é recomendado desistir do tratamento, mas, se você precisar fazer isso, é muito importante que vá ao dentista. Explique sua situação para o profissional e veja com ele quais são os próximos passos para pausar o tratamento com o máximo de segurança possível.

5. Escurecimento dos dentes

Ainda há o grande risco de os dentes ficarem escuros. Como ele fica sem manutenção, os dentes e a cola do próprio aparelho tendem a absorver os pigmentos dos alimentos, como ketchup, molho de tomate, vinho e café. Como você pode ver, a falta de manutenção pode comprometer até a cor dos dentes.

6. Tempo maior de tratamento

O que acontece caso você resolva suspender o tratamento ortodôntico? Além de ter que começar do zero um novo tratamento quando quiser retornar, é possível que ele seja mais extenso do que o anterior seria. O corpo humano tem uma grande memória e acaba se acostumando com a posição dos dentes. É por isso que quando você desiste de usar aparelho, ele volta muito rápido para a posição que considera a original.

Conforme o passar do tempo, ele adota aquele posicionamento como se fosse o certo. Isso deixa a cada dia mais difícil a movimentação com o aparelho, principalmente quando você já usou e tirou antes da finalização. Por essa razão, é possível que o próximo tratamento ortodôntico demore um pouco mais para ativar a musculatura e siga para o alinhamento correto.

7. Necessidade de realizar novos exames

Com a movimentação dos dentes, é preciso que o paciente faça novas documentações. Isso inclui radiografias e fotografias para conferir como está a situação da arcada e quais serão os passos para iniciar um novo tratamento. Não é possível iniciá-lo baseado na documentação antiga, já que é preciso saber o posicionamento perfeito de cada dente e a qualidade dos ossos para começar tudo novamente.

Se for um aparelho móvel, a documentação também é necessária, assim como a nova moldagem para que um outro aparelho seja feito de acordo com a arcada atual do paciente.

8. Aumento dos custos

Para começar do zero novamente, é preciso arcar com os custos da documentação e até do aparelho, dependendo do caso. Além disso, ainda pode haver cáries e inflamações que precisam ser removidas antes de colocar o novo aparelho. Se esse for o caso, surgirão mais custos que não existiram se o primeiro tratamento fosse seguido corretamente.

O tratamento ortodôntico é mais do que trazer a autoestima do paciente de volta por meio de um sorriso bonito. Ele facilita a limpeza, evitando cáries e inflamações na gengiva, e ajusta a mordida, deixando tudo mais sincronizado e saudável. Por isso, é muito importante persistir no tratamento e aproveitar os benefícios do seu resultado com tranquilidade.

E você? Precisa começar um tratamento ortodôntico ou quer recuperar um que não finalizou? Entre em contato conosco e faça uma avaliação com os melhores profissionais para ter um sorriso perfeito!

Postado em 27/06/2019.


Compartilhe

Siga-nos no twitter

Siga-nos no twitter