Quem pode fazer clareamento dental? Venha descobrir! | Sorridents - Clínicas Odontológicas
Agende a sua avaliação
Ou agende pelos telefones (11) 2672-5700 - Estado de SP 0800 601 1520 - Demais estados

Agende a sua avaliação de forma rápida e fácil

Agende a sua avaliação

Quem pode fazer clareamento dental? Venha descobrir!



Com as redes sociais e a ampliação do acesso à tecnologia, aumenta a procura pelo sorriso saudável, bonito e harmônico. Mas a falta de cuidados com a saúde bucal e o consumo de alguns alimentos com coloração escura, por exemplo, podem mudar a coloração dental. Por isso, quem pode fazer clareamento dental deve apostar nessa técnica revolucionária, que deixa a cor dos dentes mais clara, sem perder a naturalidade.

Neste post, você entende como funciona o procedimento para clarear os dentes e quais são os pacientes que podem investir em clareamento. Além disso, o material mostra as alternativas para pessoas com restrição ao procedimento e como encontrar uma clínica odontológica qualificada para realizar o tratamento dental.

Tem interesse no tema, não é? Continue a leitura e descubra mais sobre o assunto!

Como funciona o clareamento dental?

O clareamento dental é uma solução para acabar com dentes manchados ou amarelados, usando produtos à base de uma substância química, o peróxido de hidrogênio, que quebra as moléculas pigmentadas e consegue recuperar a cor original da dentição ao entrar em contato com o esmalte dentário (a parte mais superficial do dente).

Quais são os tipos de clareamento dental?

Se você deseja ficar com dentes mais brancos, saiba que existem três tipos de clareamento dental:

  • clareamento caseiro: géis clareadores, aprovados por órgãos reguladores, aplicados em uma moldeira, o clareamento em casa, mas com supervisão do dentista;
  • clareamento na clínica odontológica: gel clareador ativado por meio de um laser, sob orientação e acompanhamento do dentista, durante algumas sessões;
  • combinação de procedimentos: parte do tratamento é em casa, parte é no consultório, com o intuito de atingir um resultado mais natural, sem perder a segurança ao usar os géis clareadores.

De todo modo, não se esqueça de que o acompanhamento profissional é imprescindível antes, durante e após a realização de clareamento dental para que a estrutura dentária e os tecidos bucais não sofram danos com a exposição à química clareadora.

Por que conhecer o procedimento antes de clarear os dentes?

É compreensível que muitas pessoas tenham vontade de ficar com um sorriso mais claro e sem manchas. No entanto, não é recomendado comprar produtos químicos para fazer um clareamento dental sem consultar um especialista. O uso não prescrito e sem acompanhamento profissional dos produtos clareadores pode causar sérios danos à dentição e à gengiva, expondo a saúde do paciente a riscos.

Quem pode fazer o clareamento dental com segurança?

Respondendo à questão de forma ampla, basta estar com a saúde bucal em dia e ter desenvolvido a dentição permanente para realizar esse processo químico, sob supervisão do seu cirurgião-dentista.

Assim, adolescentes e adultos, que não sofram com disfunções bucais e não tenham contraindicação profissional para realizar a técnica, estão liberados para clarear os dentes. Crianças, no entanto, não devem fazer esse tipo de procedimento, a menos que já tenham desenvolvido toda a arcada dentária.

A principal indicação para fazer clareamento dental é apresentar modificação na cor natural dos dentes e ter o desejo de melhorar o sorriso. Apesar disso, é importante entender que o procedimento deve se adequar ao caso clínico, devendo atingir a cor mais próxima à do dente natural do paciente, evitando uma aparência artificial ao sorrir.

Em quais casos o clareamento dental não é indicado?


Agende sua avaliação

Se preferir, agende por Telefone: 0800 601 1520


Apesar de ser indicado para pacientes de várias faixas etárias, desde adolescentes até idosos, nem sempre é possível fazer o clareamento dental, seguindo recomendação profissional. O motivo é que os produtos químicos usados para modificar a cor da dentição não são utilizados em alguns casos clínicos, como em pessoas que sofrem com cárie e sensibilidade dental.

Gestantes e lactantes também não devem se submeter ao clareamento dentário, já que o procedimento é eletivo, o que implica dizer que deve ser feito após a gestação ou o período de lactação, porque pode modificar a produção de leite materno.

Não é recomendado realizar o clareamento dental em pacientes com periodontite, uma doença que afeta os tecidos de sustentação dos dentes. A justificativa se deve ao fato de os géis clareadores irritarem a gengiva, deixando os tecidos bucais ainda mais frágeis à ação de micro-organismos.

Em caso de o paciente ter doenças orais, seja cárie, periodontite ou outro tipo, primeiro é necessário fazer a reabilitação oral, tratando o problema funcional, para depois partir para o procedimento estético, melhorando a aparência do sorriso.

Quais são as alternativas para pacientes com restrições ao clareamento?

Quem tem restrições ao procedimento estético pode ficar tranquilo, pois existem outros processos odontológicos que contribuem para um sorriso mais claro. É o caso das lentes de contato dental, uma espécie de laminado em cerâmica que melhora a aparência (cor, formato, espaçamento etc.) dos dentes.

Coroas de porcelana também podem funcionar esteticamente, deixando o sorriso mais claro e natural. Em todo caso, consulte um dentista de confiança para saber qual é o procedimento mais indicado para você.

Como escolher a melhor clínica para fazer clareamento dental?

Não há dúvidas: contar com uma equipe de profissionais experientes faz toda a diferença no processo de clareamento dental. Por isso, é importante escolher uma clínica reconhecida na sua região, com dentistas especializados em tratamentos estéticos e funcionais, que ajudam a deixar o sorriso harmônico.

Maior rede de clínicas odontológicas da América Latina, a Sorridents está presente em todas as regiões do país, com quase 200 clínicas espalhadas de Norte a Sul, onde você é atendido pelos melhores dentistas da sua cidade e, o melhor, com um custo-benefício que cabe no seu bolso. 

Neste post, você descobriu quem pode fazer clareamento dental, a exemplo de adultos, adolescentes e idosos com saúde bucal em dia. Mas, para fazer um procedimento adequado, é importante ter à disposição profissionais experientes e tecnologia de ponta. Assim, o seu novo sorriso deverá ter um aspecto mais bonito, saudável e natural.

Quer voltar a sorrir sem medo de ser feliz? Então, não deixe para outro dia e entre em contato agora com a Sorridents. Fale pelos telefones (11) 2672-5700 (estado de São Paulo) e 0800 601 1520 (outros estados do Brasil)!

Postado em 24/11/2020.


Compartilhe

Siga-nos no twitter

Siga-nos no twitter