Extração do siso: como funciona a recuperação no pós-operatório? | Sorridents - Clínicas Odontológicas
Agende a sua avaliação
Ou agende pelos telefones (11) 2672-5700 - Estado de SP 0800 601 1520 - Demais estados

Agende a sua avaliação de forma rápida e fácil

Agende a sua avaliação

Extração do siso: como funciona a recuperação no pós-operatório?


Extração do siso: como funciona a recuperação no pós-operatório

Você sabia que algumas pessoas precisam extrair o dente siso? Fazer a remoção do dente do juízo, como também é conhecido, pode gerar insegurança e medo em muita gente, principalmente devido ao pós-operatório.

O grande problema relacionado à essa cirurgia bucal é administrar o período depois da operação, pois muitas pessoas não cumprem as recomendações do dentista, o que ocasiona problemas.

Quer entender mais sobre a extração do siso? Então, vamos lá!

Quais as causas mais comuns para a extração do siso?

O siso está localizado em cada lado do maxilar, superior e inferior. São os últimos dentes que nascem em nossa arcada dentária, podendo aparecer entre a adolescência e o começo da vida adulta.

As pessoas que sentem dores nesses dentes, antes ou durante o nascimento deles, devem se preocupar e procurar um dentista. Esses incômodos podem ser causados por diversos fatores, como a inclinação do siso na gengiva ou o impedimento da erupção do dente, que fica bloqueado por outros dentes ou ossos – nesses casos, não há espaço para o nascimento do siso, o que pode causar problemas mais sérios.

Além disso, pode ocorrer uma inflamação ao redor do dente, ocasionando dores mais intensas e constantes. Nesses casos, ficam retidos no entorno do siso pedaços de alimentos e bactérias, causando uma infecção de baixo grau.

Vale ressaltar que os sisos podem ser removidos antes de nascerem; basta uma radiografia para que o dentista identifique o problema. Esse fato pode reduzir ou até mesmo eliminar alguns sintomas do pós-operatório, pois os dentes extraídos antes dos 20 anos possuem raízes menos desenvolvidas, tornando a cirurgia de remoção mais simples.

Quais os sintomas mais comuns do pós-operatório?


Agende sua avaliação

Se preferir, agende por Telefone: 0800 601 1520


A remoção do dente siso é feita por meio de uma incisão na gengiva. Devido a isso, após a cirurgia, é comum que a bochecha fique inchada e com uma leve sensibilidade. Em alguns casos, podem aparecer também alguns hematomas.

Além disso, a cirurgia estimula diversas reações inflamatórias nos tecidos que estão na região onde o dente foi retirado, como as feridas. Isso faz com que o local onde o siso foi extraído fique exposto a vírus e bactérias, necessitando de maiores cuidados.

Quais cuidados devem ser tomados no pós-operatório?

É importante manter uma dieta leve após a operação, especialmente nos sete dias posteriores. Dê preferência aos alimentos pastosos e líquidos, evitando mastigar alimentos duros, especialmente no local onde foi realizada a extração. A alimentação deve ser rica em nutrientes, ajudando a fortalecer o sistema imunológico.

Outro cuidado essencial é colocar uma bolsa de gelo na região da extração regularmente – recomenda-se três vezes ao dia. Isso diminui o inchaço e as dores.

Alguns medicamentos também são eficientes na recuperação do pós-operatório, como o Paracetamol, um analgésico utilizado no alívio de febre e dores em geral. É um remédio que possui uma ação mais eficaz no combate aos sintomas da extração do siso, além de apresentar baixa incidência de reações adversas.

A extração do siso requer cuidados importantes no pós-operatório. Assim, você poderá evitar maiores complicações e passar por esse período sem dores!

É muito importante sabermos como cuidar dos nossos dentes. Para que você se aprofunde mais nesse assunto, entenda como surge a cárie e o que fazer para evitá-la!

Postado em 19/08/2016.


Compartilhe

Siga-nos no twitter

Siga-nos no twitter