Agende a sua avaliação
Ou agende pelos telefones (11) 2672-5700 - Estado de SP 0800 601 1520 - Demais estados

Agende a sua avaliação de forma rápida e fácil

Agende a sua avaliação

Álcool e saúde bucal, o que você precisa saber?


O consumo de bebidas alcoólicas está associado a uma infinidade de consequências e danos ao organismo. Quando se trata de álcool e saúde bucal, alguns aspectos são especialmente importantes, visto que o teor alcoólico, assim como a presença de açúcar nas bebidas consumidas, podem desgastar os dentes ou facilitar o desenvolvimento de bactérias na boca.

Além disso, o álcool pode induzir a males muito mais sérios e danosos ao organismo. Por esse motivo, vale a pena entender a relação dessa substância com a saúde bucal. Então, continue a leitura!

Como o álcool age sobre a saúde bucal?

Algumas características do álcool podem prejudicar direta ou indiretamente a saúde de sua boca. Fatores como a situação de acidez do ambiente bucal ou a presença das bactérias que ali vivem naturalmente, quando alterados, podem ser danosos para a saúde.

Assim, a elevação da acidez, provocada pela maior parte das bebidas alcoólicas, leva à perda de cálcio e ao enfraquecimento do esmalte do dente. Quando são gaseificadas, danos ainda mais intensos são causados.

Do mesmo modo, líquidos adocicados como licores e muitos drinques comumente preparados com componentes doces facilitam o desenvolvimento bacteriano. O açúcar fornece um ambiente mais propício para o crescimento dos microrganismos que formam a placa bacteriana.

Por sua vez, a saliva é responsável pelo equilíbrio da acidez da boca, e pelo fato do álcool, além de diurético, desidratar o ambiente da boca, ocorrerá a inibição da ação protetora desse fluido.  

Quais problemas podem surgir?

Os efeitos provocados pelo álcool podem se traduzir em problemas para a saúde bucal. Desse modo, em razão da inibição da proteção oferecida pela saliva, assim como pela disponibilidade de açúcar, fica mais fácil o desenvolvimento de bactérias.

Com isso, a boca fica mais suscetível à formação da placa bacteriana e aos males que ela pode provocar. A partir daí, há maiores chances para a ocorrência de processos inflamatórios e infecciosos como gengivite e periodontite.


Agende sua avaliação

Se preferir, agende por Telefone: 0800 601 1520


Outra possível consequência originada pela acidez bucal resultante do consumo de determinadas bebidas alcoólicas é a erosão dentária, ou seja, perda de tecidos do dente provocada por ação química e não de bactérias.

Ainda deve ser considerado que, apesar de não ser um produto carcinogênico de ação direta, o álcool é um dos fatores de risco de maior significância para o câncer de boca. O acetaldeído — produto formado pela transformação do álcool no organismo — pode induzir a formação de tumores.

Quais os principais cuidados que devem ser tomados?

Para evitar ou reduzir a possibilidade de ocorrência de problemas com a saúde da boca, o alcoolismo precisa ser controlado. Deve-se, pelo menos, reduzir o consumo de álcool, principalmente nos casos em que se bebe diariamente. 

Ainda assim, quando houver ingestão de alguma bebida alcoólica, deve-se beber água pura logo após, com o intuito de reduzir a desidratação, sobretudo da boca.

Por sua vez, ao consumir bebida adocicada, o uso de um canudo pode reduzir o açúcar nos dentes. De todo modo, é recomendável enxaguar a boca logo após. Mais tarde, quando possível, deve ser feita a higienização da boca.

Perceba então que há uma relação direta entre o álcool e saúde bucal. Portanto, vale ressaltar que deve haver o consumo moderado de bebidas alcoólicas para que a boca se mantenha saudável.

Gostou deste post? Então, entre em contato conosco e conheça o que há de melhor em cuidados com a saúde bucal!

Postado em 04/01/2019.


Compartilhe

Siga-nos no twitter

Siga-nos no twitter