Conheça mais sobre os nossos modelos de franquia

Sistemas para clínicas odontológicas: conheça os benefícios



O uso de sistemas para clínicas odontológicas é fundamental à boa gestão dos negócios. Com um software específico, o gestor consegue ter um melhor controle sobre o fluxo de caixa, auxilia na administração do negócio e ainda oferece maior segurança ao dentista, pois possibilita manter todas as informações do consultório em segurança.

O melhor de tudo é que, com os avanços tecnológicos, é possível ter um sistema adequado para o seu tipo de negócio. Ao contrário do que muitos pensam, o investimento nem sempre é tão alto e o custo-benefício vale a pena.

Neste artigo, vamos citar algumas vantagens de utilizar softwares específicos para a gestão da clínica odontológica e dar exemplos de programas eficientes. Acompanhe!

Benefícios de utilizar sistemas para clínicas odontológicas

Além de otimizarem o trabalho do gestor, os softwares odontológicos ajudam no crescimento do negócio. A seguir, vamos citar alguns benefícios proporcionados. Veja!

Maior controle financeiro e de gestão do negócio

Uma das principais vantagens dos sistemas para clínicas odontológicas é que eles oferecem diversos tipos de funções que facilitam a gestão do negócio. Alguns exemplos são:

  • cadastros;
  • prontuário eletrônico;
  • agenda eletrônica;
  • relatórios;
  • demonstrativos dos resultados de determinado período.

Além disso, o controle financeiro do negócio fica bem mais organizado com a adoção de um sistema. É possível fazer um fluxo de caixa, lançando informações precisas sobre o que entra ou sai de dinheiro na clínica. São gerados relatórios mensais sobre o lucro do negócio e há um controle exato das despesas.

Aumento da produtividade da equipe

Um sistema para clínica odontológica otimiza bastante os processos dentro do estabelecimento. Isso porque ele concentra todas as informações em um único ambiente, o que possibilita encontrar dados sobre os pacientes de maneira bem rápida.

Sendo assim, os dentistas têm mais tempo para se dedicarem ao atendimento dos pacientes, o que traz mais rendimentos para o negócio. Além disso, há sistemas no mercado que permitem o envio de e-mails e mensagens para as pessoas a serem atendidas, inclusive confirmando a presença no horário marcado.

Esse processo economiza o tempo da recepcionista, pois ela não terá que ligar para o paciente para saber se ele realmente vai comparecer à consulta. Como os processos são otimizados, há um aumento na produtividade e, consequentemente, no faturamento da clínica.

Controle mais eficiente de pacientes e procedimentos

Quando o cadastro de pacientes é todo feito em prontuários de papel ou planilhas do Excel, o trabalho do gestor fica bem mais complicado. Mesmo com uma equipe organizada, papéis podem sumir, informações são perdidas e as planilhas não se mostram tão eficientes se há uma demanda grande de pacientes na clínica.

Com um sistema de gestão, o controle de pacientes fica bem mais organizado. Isso porque todo software odontológico tem um prontuário eletrônico, onde são cadastrados os dados do paciente.

Nele, ficam armazenadas informações sobre os procedimentos realizados, o histórico das consultas, os planos de tratamento, as fotos e radiografias, as receitas que foram passadas pelos dentistas, além das informações financeiras de cada paciente.

Maior segurança no armazenamento de dados

Todas as informações cadastradas em um software para clínicas de odontologia são armazenadas na nuvem. Isso traz bastante segurança ao negócio, pois, com um sistema local ou planilhas, os dados seriam facilmente perdidos caso acontecesse algum problema com o servidor onde estão os dados.


Quero ser franqueado


Os sistemas odontológicos trabalham fazendo cópias de segurança de todas as informações armazenadas neles. Então, caso haja algum dano no computador ou nos documentos físicos, a empresa não corre o risco de perder informações importantes de pacientes.

Melhora na relação entre dentista e paciente

Com o uso do prontuário eletrônico, a experiência do paciente em relação ao atendimento será infinitamente melhor. Isso porque tal ferramenta possibilita que o dentista tenha uma riqueza de informações em relação à pessoa que deseja atender. Então, o profissional consegue identificar com mais facilidade as preferências do paciente e ter uma visão melhor sobre sua saúde bucal.

Esses fatores contribuem para que o paciente tenha mais confiança no profissional e a relação entre eles se torne mais estreita. Dessa forma, fica bem mais fácil para a clínica fidelizar seus pacientes e manter um bom fluxo de atendimento.

Exemplos de bons sistemas disponíveis no mercado

Mas como saber qual é o melhor software para uma clínica? Bom, isso depende das necessidades do negócio e da quantia que você pretende investir. Quanto mais completo for o sistema, mais alto é o valor de investimento. Mas o dinheiro aplicado nessa tecnologia gera bons retornos, pois ela vai melhorar consideravelmente a gestão.

A seguir, citaremos dois exemplos de sistemas para clínicas odontológicas para você escolher.

Sisos

O sistema Sisos permite a gestão completa de clínicas. Como o programa é totalmente online, você e sua equipe podem acessar as informações contidas nele de qualquer lugar, desde que tenham conexão com a internet.

É possível, inclusive, acessá-lo por meio de dispositivos móveis como tablets e smartphones. Além de o sistema ser simples de usar, a empresa ainda oferece a criação de um site para a clínica.

O sistema não tem taxa de instalação ou atualização, além de contar com ferramentas de planejamento financeiro e tratamento de pacientes.

Simples Dental

Esse sistema é bastante completo e oferece diversas ferramentas para a gestão de uma clínica, como:

  • módulo de controle financeiro, de suprimentos e de estoque;
  • emissão de receituário, orçamento e atestado;
  • prontuário eletrônico;
  • controle de retornos.

Além disso, o sistema faz a emissão de boletos. Adotando-o, o cliente ainda ganha o direito de ter um site e, se quiser, pode contratar um pacote de envio de SMS para ajudar na estratégia de relacionamento com os pacientes.

Esses são apenas dois exemplos de sistemas para clínicas odontológicas, mas há vários disponíveis no mercado. Para escolher o mais adequado ao negócio, você precisa saber realmente quais são as necessidades da clínica. No mais, é importante verificar o valor do investimento e o suporte oferecido pela empresa responsável pelo software.

E então, gostou do artigo e quer receber as novidades do nosso blog diretamente em seu e-mail? Assine nossa newsletter e enviaremos artigos novinhos para sua caixa de entrada!

Postado em 03/01/2019.


Compartilhe

Siga-nos no facebook

Siga-nos no Linkedin

Siga-nos no Linkedin