Conheça mais sobre os nossos modelos de franquia

Publicidade e propaganda em odontologia: quais os cuidados devem ser tomados?



Publicidade e propaganda em odontologia são atividades criadas para a divulgação de serviços, produtos e ideias de marketing odontológico. Elas são introduzidas junto ao público com o objetivo de levar o produto ao consumidor de forma estratégica. Isto é, os anúncios de serviços publicados em diferentes meios de comunicação oferecendo um preço acessível.

Existem falhas que ocorrem em qualquer tipo de negócio, pois a grande parte dos administradores não faz um planejamento adequado para gerir sua empresa. No entanto, alguns erros na publicidade e propaganda em odontologia podem acarretar processos jurídicos. O aliciamento de pacientes é uma das falhas mais comuns e, atualmente, é considerado uma prática criminosa.

Além disso, é preciso ter conhecimento em relação às cláusulas proibidas na comunicação entre clínicas e pacientes. Ou seja, anunciar preços e modalidades de pagamento, informar títulos que não tenha, publicar técnicas de tratamento, equipamentos e instalações etc.

É relevante que os gestores da odontologia tenham cautela durante o gerenciamento, uma vez que o negócio pode ser prejudicado, assim como a reputação da marca ou da empresa.

Nesse sentido, preparamos este post para que você saiba sobre os cuidados que devem ser tomados com a publicidade e propaganda. Continue a leitura!

O entendimento da Lei 5081/66

A maioria dos dentistas não tem conhecimentos de administração, já que no curso de odontologia não há matérias nessa área. Também é comum o dentista governar a sua própria clínica porque facilita o seu trabalho.

No entanto, é essencial que eles entendam as regras de publicidade e propaganda em odontologia. Assim, evitará o surgimento de adversidades no desenvolvimento do negócio que administrará.

As clínicas odontológicas estão sujeitas às fiscalizações dos órgãos competentes. Algumas ações são consideradas proibidas pelas Lei, como criticar técnicas utilizadas por outros profissionais, divulgar nome, endereço ou qualquer outro elemento que identifique o paciente, oferecer trabalho gratuito com intenção de autopromoção, promover campanhas políticas oferecendo troca de favores, entre outras.

As vedações ao cirurgião-dentista

A publicidade e propaganda em odontologia é regulada pela Lei 5.081 de agosto de 1996. Nessa referida Lei são apresentadas algumas ações que ferem a legalidade do exercício odontológico. Parte das vedações são:

  • realizar consultas por meio de rádio, televisão, correspondência ou meios de comunicação semelhantes;

  • prestar serviços odontológicos gratuitamente em consultórios particulares;

  • divulgar nome, endereço ou qualquer outro elemento que identifique o paciente, a não ser com seu consentimento livre e esclarecido, ou de seu responsável legal;

  • anunciar cura de certas doenças para as quais não exista tratamento eficiente.

A responsabilidade do dentista é enorme, pois sua prestação de serviço ainda pode ser avaliada pelo Código de Defesa do Consumidor, isto é, a Lei 8.078/90 atualmente, há um crescimento de denúncias. O serviço deve ser realizado com seriedade pelo profissional, visto que os consumidores estão bastante exigentes.

A propaganda

Outra realidade que deve ser bem planejada é a propaganda em odontologia, pois grande parte dos empresários não está promovendo essa ação corretamente. No presente, muitas propagandas não estão seguindo as regras impostas por Lei.

É notório que algumas estão mal realizadas, visto que estão anunciando técnicas de tratamento, aliciando pacientes, criticando técnicas utilizadas por outros profissionais e até mesmo divulgando tipos de serviços gratuitos.

Ademais, já foram denunciadas algumas clínicas que estavam anunciando modalidades e preços, isto é, procedimentos divididos em até 10 vezes e sem juros.

Essas formas de anúncio não são permitidas e o profissional pode responder por processos éticos. Então, a melhor maneira de promover propagandas é por meio dos requisitos legais que também são capazes de atrair clientes.

Uma das melhores estratégias de publicidade e propaganda em odontologia é o planejamento de folhetos especiais. Para planejar esse tipo de propaganda, é necessário seguir alguns requisitos, como:


  • Quero ser franqueado


    o nome do cirurgião-dentista;

  • a profissão;

  • o número de inscrição do Conselho Regional;

  • especialidades do profissional, desde que, reconhecida pelo CRO;

  • certas técnicas de tratamento precedidos do título da especialidade registrada no CRO;

  • a expressão “clínico geral”, pelos profissionais que exerçam atividades pertinentes à Odontologia decorrentes de conhecimentos adquiridos em curso de graduação.

Contudo, é preciso atenção para não confundi-lo com panfletos, pois panfletagem é conceituado como infração ética na área odontológica.

A publicidade

A publicidade na odontologia é um pouco restrita porque está relacionada com uma área da saúde pública. Apesar disso, ainda é possível divulgar os seus serviços. É indicado que a administração das clínicas odontológicas tenha o conhecimento das leis, uma vez que há preceitos rígidos que devem ser seguidos.

Uma parte da lei que mais explica sobre este assunto é artigo 7º da Lei 5.081/66. Nela estão os principais instrumentos que darão o norte para as propagandas, os anúncios e toda a publicidade da área.

É importante frisar o que é obrigatório constar neste material de divulgação, que são os seguintes elementos:

  • nome do dentista responsável;

  • número de inscrição do conselho regional;

  • especialidades nas quais o cirurgião-dentista esteja inscrito;

  • endereço, telefone, endereço eletrônico, horário de trabalho, convênios, credenciamentos e atendimento domiciliar.

Nessa perspectiva, é essencial trabalhar com a publicidade, mas o cuidado nas divulgações é essencial. Com essa distinção do que é liberado e o que não é, ficará mais fácil empreender sem correr o risco de fracassar no mercado.

É importante que os profissionais deste ramo façam um projeto com o intuito de gerir o negócio com mais validade. A comunicação é considerada um dos meios mais viáveis para a venda de produtos e serviços. Dessa forma, a empresa tem uma maior aproximação com os consumidores e poderá atingir sua meta mediante a propaganda dos seus tipos de serviços.

Portanto, estude mais sobre publicidade e propaganda em odontologia antes de colocar em prática as suas publicações. Lembre-se que há restrições e isso pode acarretar problemas para a empresa e para o profissional. Assim, siga as ideias deste conteúdo que, certamente, será efetivo para um excelente trabalho de marketing do seu negócio.

Gostou deste conteúdo? Então siga-nos nas redes sociais para saber mais sobre este e outros assuntos! Você nos encontra no Facebook e no LinkedIn.

Postado em 13/02/2019.


Compartilhe

Siga-nos no facebook

Siga-nos no Linkedin

Siga-nos no Linkedin