Conheça mais sobre os nossos modelos de franquia

Como funciona um plano de carreira em franquias?



O plano de carreira em franquias consiste em orientar o crescimento profissional através de um conjunto de metas e etapas que ajudarão o profissional a atingir um objetivo específico em longo prazo. Essa estratégia permite alcançar cargos maiores e estáveis no local de trabalho e a execução desse planejamento exige persistência, disciplina e paciência, visto que é um recurso progressivo que envolve múltiplos desafios e contratempos.

O planejamento de carreira é benéfico tanto para o profissional quanto para a empresa. Afinal, o empregado:

  • saberá a quantidade de tempo que levará para escalar os degraus que pretende alcançar;
  • estará informado dos projetos e competências que deve desenvolver.

Consequentemente, ele economizará tempo, dinheiro e energia com ideias inalcançáveis e atingirá seus planos de maneira mais clara e planejada.

Para ser extremamente eficiente, o plano de carreira deve ser planejado de forma ampla e com certa antecedência. Isso permite a programação do tempo necessário com o objetivo de conseguir suas metas, dando chance para o profissional avaliar seus conhecimentos e habilidades e retratar os possíveis projetos para o desenvolvimento da empresa.

Neste post, vamos detalhar como funciona um plano de carreira em franquias. Vamos lá?

Franquias e plano de carreira

Franquia é uma licença para empregar a marca e a tecnologia de uma marca na venda de produtos ou serviços. Quem está cedendo os direitos é chamado franqueador e quem recebe é denominado fraqueado.

Para alcançar a eficácia de uma franquia, o plano de carreira é uma opção que possibilita o desenvolvimento de uma organização e motiva os profissionais a alcançarem melhores resultados.

Estabelecer um plano de carreira ajuda a extrair o melhor dos franqueados, que podem encontrar sucesso muito além do gerenciamento de unidades.

Vale ressaltar que o plano de carreira em franquias ocasiona benefícios para a empresa em questão: ela reduz a troca de trabalhadores em suas funções e a contratação de novos funcionários.

Isso acontece porque as ações foram estudadas e programadas, aumentando a qualidade dos serviços, criando um ambiente saudável de disputa entre os funcionários e trazendo mais lucros. 

Como funciona o plano de carreira

O desenvolvimento de um plano de carreira baseia-se em um programa que desenha o percurso de cada colaborador dentro de uma corporação. Por isso, o profissional que deseja impulsionar sua carreira por meio de um plano de carreira deve manifestar junto aos seus gestores e supervisores essa vontade. A empresa deve saber das suas intenções e é preciso apresentá-las ao setor responsável, que é geralmente a equipe de recursos humanos (RH). Esses profissionais serão os responsáveis por direcionar e conduzir o desempenho do funcionário.

O programa do plano de carreira identifica e seleciona as habilidades essenciais para cada configuração hierárquica e qual é a expectativa da empresa em relação a isso.

O projeto apresenta dois objetivos importantes, que é atrair e reter talentos, além de proporcionar ao funcionário a possibilidade de progredir cada vez mais.

Como elaborar um plano de carreira

Para a criação do plano de carreira, deve-se pensar nas intenções dos funcionários e nas necessidades da empresa. Essa estratégia deve funcionar como um percurso a ser seguido para atingir o objetivo do profissional.


Quero ser franqueado


A definição do trajeto começa com uma avaliação pessoal: o profissional identifica os seus pontos positivos e negativos e estabelece uma meta de onde quer chegar.

É imprescindível identificar pontos que envolvem:

  • o momento atual do profissional, tanto do ponto de vista pessoal como na empresa;
  • os pontos fortes e o que precisa ser aperfeiçoado;
  • valores e aptidões que ajudam adquirir seus objetivos.

Para criar um plano de carreira eficaz, é fundamental definir metas pessoais e profissionais e identificar as reais necessidades da empresa e do empregado.

Também é preciso refletir sobre como a pessoa quer estar daqui alguns anos, o que será capaz de realizar e quais aparatos ela poderá utilizar para alcançar esses objetivos.

O próximo passo é elaborar estratégias específicas para ficarem próximas dos objetivos pretendidos. O legal é inspirar-se nos profissionais que obtiveram sucesso através dos seus depoimentos e trajetórias.

Metas e ações que devem conter no seu plano de carreira 

Como já falamos, é preciso definir um objetivo específico no primeiro instante em que se desenvolve um plano de carreira. Em seguida, é interessante identificar cinco competências comportamentais que o profissional já possui e outras cinco que precisa progredir ou adquirir para alcançar o resultado esperado. Além disso, é fundamental determinar outras cinco capacidades técnicas que ele já possui e outras cinco que deve melhorar.

Após isso, devem ser estabelecidas quais ações precisam ser realizadas para atingir o objetivo no período estabelecido.

Ao final dessa trajetória, é interessante determinar um novo objetivo específico e a data que ele será alcançado. Antes de iniciar esse novo trajeto, faça uma avaliação geral do plano anterior e identifique qual das seguintes alternativas melhor se encaixa com o que aconteceu até então:

  • conquistei a maioria das ações propostas e atingi meu objetivo;
  • não conquistei as ações e não completei minhas metas;
  • conquistei as ações, mas atingi o objetivo fora do prazo imposto.

Nessa avaliação, também é preciso colocar as observações gerais a respeito das ações e metas do profissional durante o planejamento e a execução do plano.

O papel da franchising no plano de carreira

Franchising é um modelo de composição comercial onde a franqueadora permite ao franqueado abrir uma unidade do seu próprio negócio. Quando o franqueado abre uma nova loja, ele replica o sucesso da marca ao utilizar ações, estratégias e direcionamento para um determinado público. Porém, é essencial que se faça um estudo de mercado para saber se a franquia terá sucesso com o público local.

O plano de carreira em franquias será responsável por atrair empreendedores que encontrarão propósitos e motivações para trabalhar em uma empresa que não é sua propriedade. Essa estratégia também pode incentivar e garantir o progresso profissional dos operadores, independente dos interesses de funções que aparecerão. É fundamental salientar que o ambiente de franquias deve promover representatividade e experiência para franqueados.

Por isso, o empreendedor pode contar com uma franquia para o seu crescimento profissional: o trabalho poderá ser valorizado tanto através de comissões e valores em dinheiro, quanto em influência na tomada de decisões da organização.

Gostou das nossas informações sobre o plano de carreira em franquias? Então, entre em contato conosco e saiba mais sobre o assunto!

Postado em 24/02/2019.


Compartilhe

Siga-nos no facebook

Siga-nos no Linkedin

Siga-nos no Linkedin