Conheça mais sobre os nossos modelos de franquia

Como escolher uma franquia: veja agora o passo a passo definitivo



Muitas pessoas têm o desejo de investir em um negócio próprio. O empreendedorismo é uma grande oportunidade e, atualmente, as redes de franquia têm oferecido boas chances para a realização desse sonho. E você sabe como escolher uma franquia adequada para as suas necessidades e expectativas?

Para muitos, essa é a parte mais difícil e desafiadora de todo o processo. Afinal de contas, decidir o tipo de negócio que fará parte de seu dia a dia e que será o seu objeto de trabalho não é uma tarefa tão simples. No entanto, com algumas dicas, é possível obter sucesso na decisão e fazê-la de maneira muito tranquila.

Pensando nessas dúvidas, preparamos um guia para que você que quer empreender. Continue com a leitura e saiba como escolher e abrir a melhor franquia para chamar de sua. Vamos lá? Boa leitura!

O que é uma franquia?

As franquias são, em palavras simples e objetivas, um método utilizado para que uma parte (conhecida como franqueador) expanda os seus negócios por meio de um relacionamento estabelecido com outra (chamada de franqueado).

Nesse contexto, a franquia permite que o franqueado utilize o nome da marca para fazer negócios. Em troca, o franqueado recebe suporte em todas as frentes de atuação do negócio e treinamento do franqueador.

Felizmente, as oportunidades trazidas por esse tipo de negócio são muito grandes, e o mercado para esse tipo de investimento está em alta no Brasil, que está entre os primeiros lugares do ranking de países com o maior número de franquias em seu território.

Como exemplo, podemos citar os levantamentos feitos pela ABF (Associação Brasileira de Franchising), uma entidade criada com o objetivo de divulgar e desenvolver as franquias no Brasil. Segundo estimativas do órgão, o faturamento do ramo cresceu consideravelmente no ano de 2017.

Além disso, o mercado não mostra sinais de enfraquecimento e, segundo previsões feitas por especialistas da área, as franquias ainda têm muita força e crescerão cada vez mais nos próximos anos. Por isso, investir em um empreendimento desse tipo traz inúmeras vantagens e pode ser o negócio certo para você!

Como funciona uma franquia?

Antes de seguirmos com as maneiras de escolhê-las, é importante entender como funciona uma franquia. Como mencionado no início de nossa conversa, elas nada mais são do que a concessão da permissão de utilização do nome de uma marca em negócios próprios. Nesses casos, o franqueado utiliza uma empresa já consolidada no mercado e abre uma espécie de filial que será gerenciada por ele.

Isso, é claro, dependerá de investimentos por parte do empreendedor e de uma série de cláusulas de acordo entre ambas as partes. Afinal, o dono da marca concederá a permissão para que o franqueado utilize o seu nome, venda os seus produtos ou serviços e seja um porta-voz dessa empresa em um lugar completamente novo.

Há diversos tipos de franquias em muitas áreas diferentes, como educação, saúde e alimentação. O ideal é escolher uma que combine com o seu estilo, que atenda às suas necessidades e que tenha muito potencial de crescimento, além de outros pontos que serão conversados no decorrer do texto.

Quais as vantagens de ter uma franquia?

Como vimos, a relação entre franqueador e franqueado pode ser traduzida como uma analogia ao mutualismo. Isso acontece porque as duas partes trabalham, cada uma a seu modo, para o bem comum e cada uma delas auxilia a outra com funções fundamentais para que tudo corra como o planejado.

No entanto, o conceito pode parecer um tanto quanto abstrato a um primeiro momento. Afinal, quais são as vantagens de utilizar uma marca já estabelecida para criar o meu negócio? Isso não poderia, de certo modo, trazer mais dores de cabeças do que soluções?

A seguir, desmistificaremos esses receios e mostraremos que o investimento em franquias pode ser extremamente benéfico, especialmente no contexto em que estamos inseridos, com um mercado tão favorável, como vimos um pouco acima. Confira, agora, as principais vantagens das franquias.

Plano de negócios preestabelecido

Os empreendedores que buscam investir em franquias vêm em diferentes formas. Eles podem ser de, literalmente, qualquer segmento, já que a área franqueadora é extremamente democrática e faz com que qualquer um possa se tornar um bom empreendedor de sucesso.

Por conta disso, na maioria das vezes, essas pessoas não têm nenhuma experiência com a criação de um plano de negócios eficiente. No caso das franquias, isso não é um impedimento, já que tudo está preestabelecido e será moldado de acordo com as suas necessidades, em conjunto com o franqueador.

Nome da marca já consolidado

Consolidar o nome de uma marca não é nada fácil. Muitas vezes, esse processo leva anos e sequer chega a ser completado, com a queda ou falência decretadas antes mesmo desse dia chegar. Imagine, então, todas as vantagens de começar com um nome que já está firmado e rendendo bons frutos?

Nas franquias, é exatamente isso que acontece! Você se torna parte de uma família que já está com seu caminho trilhado e as raízes firmadas no mercado, com clientes cativos e boa reputação. Por isso, a sua responsabilidade será manter esse nome e atender às expectativas daquela marca. No caso de franquias novas, você e seu franqueador caminharão juntos para conseguir esse objetivo.

Ajuda e treinamento fornecidos pelo franqueador

Nem sempre os franqueados são experientes na gestão de negócios. Na maioria das vezes, essa é a primeira vez que eles se aventuram no mundo da gestão e se tornam chefes e gerentes de algo tão grandioso. Por isso, esse passo pode parecer um tanto quanto assustador e afastar os potenciais empreendedores dessa realidade.

No entanto, não há razão para ter medo. Isso porque a relação franqueador e franqueado inclui um treinamento que ajudará você a se inserir nesse contexto, preparando-o para lidar com os desafios diários e ensinando-o a ser um gestor eficiente, que agirá como porta-voz daquela marca em sua comunidade ou área de atuação.

Descomplicação com a parte burocrática

A parte burocrática e os aspectos jurídicos são uma das partes mais desafiadoras e complicadas de um novo negócio, especialmente para quem não tem nenhuma experiência como gestor de uma empresa, seja ela pequena ou grande. Imagine, então, não ter que se preocupar tanto com esse aspecto?

Isso acontece porque, nas redes de franquia, toda a burocracia e papelada é mediada por pessoas que realmente entendem desse assunto. Tudo isso faz com que fique muito mais fácil para você lidar com o “juridiquês” e focar naquilo que você realmente quer fazer: tocar o seu novo negócio.

Projeções e antecipações já feitas

Outro ponto crucial na hora de escolher uma franquia é ter uma boa projeção no mercado, com métricas e estimativas feitas a partir de dados e estudos minuciosos do ambiente em que aquele estabelecimento está inserido. Tudo isso leva inúmeros fatores em consideração, e calcular tudo isso pode ser impossível para quem não é especialista no assunto.

Dito isso, fica fácil perceber por que as franquias são uma vantagem, certo? Afinal, elas fazem com que você não precise se especializar no mercado financeiro e em economia para conseguir gerir um bom negócio. Os especialistas da área farão as projeções e você decidirá se elas são favoráveis às suas expectativas.

Como escolher uma franquia?

Agora que você já conferiu as principais vantagens de investir nesse tipo de negócio, chegou a hora de aprender definitivamente como escolher a melhor opção para você entre as franquias à venda. A seguir, conversaremos sobre os pontos cruciais dessa decisão, aqueles que não podem ser deixados de lado. Vamos lá?

Defina os seus objetivos

O que você espera desse novo negócio? A sua resposta, muito provavelmente, diz respeito a um trabalho duradouro e que seja lucrativo e prazeroso. Afinal de contas, ele será o seu “ganha pão” por muito tempo e deve ser algo que você goste de fazer.

Para escolher a melhor opção de franquia, o ponto mais importante diz respeito a encontrar um ramo no qual o franqueado consiga se imaginar atuando por muito tempo. Nesses casos, a maior motivação é a identificação com o tipo de negócio.

Por isso, o principal fator que leva uma franquia a ser promissora é, sem dúvidas, a identificação entre o franqueado e o modelo de negócio, que deve motivá-lo a continuar no ramo e obter sucesso na área.

Entenda como é o funcionamento do negócio

Outro ponto muito importante, além da identificação e de gostar daquele ramo, é saber como ele funciona. Evidentemente, nem todos os franqueados têm experiência prévia na gestão de uma empresa, independentemente de seu porte, mas conhecer um pouco do dia a dia daquele segmento é fundamental.

Por conta disso, recomenda-se que você tenha alguma familiaridade com aquilo que escolher. Por exemplo, se você é um professor, que tal investir em uma franquia de educação? Da mesma forma, caso você seja um profissional da saúde, talvez, buscar por um negócio desse ramo seja uma boa opção.


Quero ser franqueado


Isso, embora não seja uma regra, pode auxiliá-lo a gerir o seu novo negócio de maneira mais eficaz, ainda que você seja completamente inexperiente nessa posição. A razão para isso é bem simples: ainda que não conheça por esse ponto de vista, você já está inserido naquele ambiente e conseguirá caminhar por ele de maneira mais fácil.

Veja o estudo de viabilidade do negócio

Agora, falando sobre o planejamento estratégico de um negócio, a existência de um bom Plano de Negócios é indispensável para uma franquia de sucesso. Esse é um estudo que demonstrará a viabilidade do negócio, sintetizando as suas principais características e pontos fortes e fracos. De certo modo, ele serve como um mapa que guiará as suas principais decisões sobre a empresa.

Com ele, é possível calcular custos e despesas, valores a serem pagos, taxas, necessidade de marketing, contratação de funcionários, reformas, estrutura e também fazer uma projeção dos resultados esperados em curto, médio e longo prazo. Isso torna tudo mais estável e favorável!

No caso das franquias, o plano de negócios é um documento que já está preparado de maneira padronizada. A partir dele, você e seu franqueador conversarão sobre as melhores alternativas que se aplicam à sua realidade e chegarão em um consenso para estabelecer metas justas e projeções mais fidedignas.

Avalie a sua identificação com a marca

Novamente, essa palavra tão importante: identificação. Nunca é demais repetir o quão relevante esse ponto é na hora de escolher uma boa franquia, que será o seu ambiente de trabalho pelos próximos anos e a sua nova profissão, em uma posição completamente nova: a de gestor.

Por isso, não basta só se identificar com o segmento ou área escolhida, embora esse seja o primeiro passo na hora de decidir qual franquia escolher. O ideal é que você também tenha uma certa identificação com a marca em questão.

Mesmo que não seja um usuário dos serviços ou produtos comercializados por aquela empresa, você precisa conhecê-la, ainda que superficialmente, e se identificar com seus valores e pilares. Por isso, uma boa pesquisa é fundamental na hora de eliminar possíveis opções e adicionar algumas novas em sua lista de alternativas.

Analise o mercado que deseja entrar

Infelizmente, nem sempre gostar de algo significa que aquilo pode ser rentável ou lucrativo, especialmente a longo prazo. Por conta disso, uma boa e minuciosa análise do mercado em que você deseja entrar é indispensável na hora de escolher uma franquia para chamar de sua.

Esse ponto pode ser feito com a ajuda de consultores especializados, conversas com o franqueador ou baseado em suas próprias pesquisas. É possível encontrar projeções sobre segmentos específicos para os próximos anos e escolher algo que vá durar bastante.

Outra opção é investir em franquias de áreas que nunca saem de moda e que fazem parte do dia a dia da população, como a saúde. Essa é, sem dúvidas, uma opção extremamente segura e que, com certeza, perdurará por muitos e muitos anos, já que a saúde é o maior bem que todos temos.

Confira criteriosamente a proposta do franqueador

É impossível que qualquer negócio seja bem-sucedido sem uma boa dose de motivação de todos os envolvidos. Por isso, um dos principais pontos é observar se os franqueadores e outros profissionais encarregados realmente estão com a cabeça no jogo e têm propostas firmes e atrativas para oferecer a você.

Bons franqueadores incentivarão os seus franqueados, buscando sempre estimular o crescimento e o desenvolvimento positivo do negócio. Uma das principais maneiras de isso se realizar é c o fornecimento de treinamentos e um acompanhamento próximo de tudo que está acontecendo, demonstrando interesse no crescimento daquela marca.

Além disso, é importante salientar que se torna seu dever aproveitar toda essa ajuda de seu franqueador. Adquirir e absorver todo esse conhecimento será fundamental para o seu sucesso, dando bagagem para que você consiga tocar a franquia com eficiência, ainda mais considerando que esse é um cenário completamente novo para você. Afinal de contas, o sucesso do negócio é uma via de mão dupla, certo?

Faça uma boa análise financeira, tanto sua quanto da franquia

É impossível cair de cabeça em um novo negócio que não demonstre ter um bom planejamento financeiro. Aliás, o controle das finanças também é responsabilidade do franqueado, que precisará tocar o negócio dali para a frente. Portanto, tenha em mente que você também é parte crucial desse processo!

Por isso, não deixe um bom planejamento de fora das principais características na hora de escolher a franquia perfeita para você. Se os franqueadores demonstram segurança na hora de apresentar os dados sobre os negócios, é um bom sinal. Além disso, tenha o seu próprio dinheiro bem controlado e saiba manter a sua saúde financeira antes de dar esse importante passo.

Além disso, é importante lembrar que existem as franquias sazonais, ou sejam, cujos serviços ou produtos têm maior saída em determinados períodos do ano. Nesses casos, o controle financeiro se faz ainda mais importante, já que o equilíbrio entre esses momentos deverá ser bem calculado para evitar déficits ou problemas do tipo.

Converse com outros franqueados

A experiência de outras pessoas é uma ótima maneira de conhecermos um pouco de uma realidade com a qual ainda não tivemos contato, não é mesmo? Esse tipo de atitude nos ajuda a entrar em sintonia com a franquia antes mesmo de fechar o negócio e assinar toda a papelada.

Busque a opinião de outros franqueados das redes que você está considerando como alternativas. Escute as suas histórias, aprenda com seus erros e acertos e anote tudo aquilo que considerar válido para ajudá-lo em sua decisão.

Dessa maneira, fica muito mais fácil decidir baseado em fatos, e não apenas em projeções ou planos de negócios que podem, por vezes, ser muito abstratos, especialmente quando falamos de alguém que é completamente iniciante no mundo das franquias.

Avalie o histórico da marca

Boa parte das decisões que tomamos em nosso cotidiano são baseadas no histórico de algo. Quando vamos ao mercado, por exemplo, optamos sempre por aquelas marcas em que confiamos e que sabemos ter uma qualidade elevada e um bom histórico, seja do próprio produto ou do respeito com o consumidor, por exemplo.

Por conta disso, o histórico da marca é, sem sombra de dúvidas, uma das principais características que definirão uma franquia de sucesso. A razão para isso é simples: o nome da franquia deve falar por si próprio e, obviamente, falar bem. Uma rede renomada é fundamental para garantir um negócio bem-sucedido.

No entanto, é muito importante explicar que nem sempre isso e fama são sinônimos. O que deve ser levado em consideração é o histórico geral da marca, ou seja, a sua história e pontos como o tempo de estabelecimento na área, a sua confiabilidade e a opinião do público geral sobre ela.

Como avaliar se uma franquia vale a pena?

Com todos os pontos citados durante a nossa conversa, já fica mais fácil imaginar quais são os fatores que devem ser levados em consideração na hora de decidir se uma franquia vale a pena, certo?

No entanto, é muito fácil confundir os conceitos e se perder um pouco em meio a tantas novas informações. Por isso, que tal sintetizarmos tudo aquilo que vimos até agora e abordamos, definitivamente, aquilo que realmente nos diz que uma franquia é uma boa escolha profissional para o futuro?

De modo simplificado, podemos dizer que os principais pontos que definem a qualidade individual de uma franquia — lembrando que cada pessoa terá necessidades diferentes e precisará avaliar parâmetros diversos — são:

  • a identificação com aquela marca;
  • o histórico da marca;
  • o engajamento de todos os envolvidos;
  • a possibilidade de crescimento no ramo;
  • a estabilidade daquele negócio;
  • a opinião do público-alvo sobre a marca;
  • um bom plano de negócios;
  • uma boa análise financeira;
  • a experiência positiva de outros franqueados da rede.

Além desses pontos, você pode fazer uma série de perguntas a si mesmo para garantir que essa realmente seja a escolha certa. Esse exercício de se perguntar as coisas e, então, passá-las para o papel ou para a escolha definitiva é uma ótima maneira de chegar a um consenso. Dito isso, algumas das perguntas feitas podem ser:

  • Essa franquia agrada a diversos públicos, ou ela pertence a um nicho muito específico?
  • Ela tem público durante o ano inteiro ou apenas em alguma parcela dele?
  • Essa franquia abraçará as tendências tecnológicas ou se perderá e estagnará com o tempo?
  • As pessoas realmente precisam desse tipo de serviço?

Com toda essa reflexão somada aos dados factuais obtidos no plano de negócios e na pesquisa de campo sobre o mercado das franquias em questão, escolher a opção ideal se torna muito mais fácil, não é mesmo? Agora, basta escolher e iniciar essa nova e emocionante fase da sua vida!

Agora que você já sabe como escolher uma franquia e verificou os pontos cruciais para fazer uma boa decisão, o que está esperando para comprar uma? Comece ainda hoje o seu planejamento e aventure-se nesse rentável e promissor tipo de investimento, que tem tudo para ser um sucesso e render muitos lucros à sua vida pessoal e profissional!

Está interessado em saber ainda mais sobre o assunto e dar o primeiro passo no mundo dos empreendimentos? Então confira o nosso guia completo para começar uma franquia de sucesso. Boa leitura e até a próxima!

Postado em 21/03/2019.


Compartilhe

Siga-nos no facebook

Siga-nos no Linkedin

Siga-nos no Linkedin