Saiba quais os principais tipos de aparelho ortodôntico que existem | Sorridents - Clínicas Odontológicas
Agende a sua avaliação
Ou agende pelos telefones (11) 2672-5700 - Estado de SP 0800 601 1520 - Demais estados

Agende a sua avaliação de forma rápida e fácil

Agende a sua avaliação

Saiba quais os principais tipos de aparelho ortodôntico que existem



Todo mundo deseja ter um sorriso bonito e bem cuidado, pois é algo que melhora a autoestima. Dessa forma, diversas pessoas estão em busca de procedimentos para alcançar um sorriso perfeito, como o uso de aparelho ortodôntico.

Nesse sentido, é importante ressaltar que existem diversos aparelhos no mercado odontológico. Cada modelo apresenta uma finalidade, e as opções disponíveis atendem todos os perfis e bolsos. Devido às inovações no setor, usar aparelho não é mais algo desagradável. Continue a leitura e saiba quais os principais tipos de aparelho ortodôntico que existem!

Fixo metálico

O aparelho fixo metálico consiste no modelo mais utilizado pelos pacientes, ele apresenta bandas, bráquetes e fios. Além do mais, esse modelo precisa da utilização das borrachinhas, que podem ser coloridas e transparentes.

O maior benefício desse aparelho é que ele ocasiona resultados muito eficientes e é recomendado para quase todos os problemas dentários. A manutenção é um processo tranquilo, mas isso vai depender da rotina do paciente.

 Autoligado

O aparelho ortodôntico autoligado pode ser metálico ou estético, mas ele não precisa das borrachinhas, visto que o fio é ligado diretamente no bráquete, o que torna seu uso mais eficiente.

Um benefício desse aparelho é que seus bráquetes são reduzidos, se comparados aos aparelhos tradicionais. Além do mais, ele é mais eficiente e satisfatório do que os outros, o que deixa o tratamento mais ágil. Ainda é preciso ressaltar que existem versões do aparelho autoligado estético de safira e de porcelana.

Lingual

O lingual é um dos tipos de aparelho ortodôntico, sendo também chamado de aparelho invisível. Esse modelo é muito parecido com o tradicional. Ele é elaborado em material metálico, com bráquetes e fios, além de precisar da inserção das borrachinhas.

A maior diferença é que ele é inserido na parte interna dos dentes. Logo, o paciente consegue fazer todo o tratamento sem que ninguém saiba que ele tem aparelho na boca. Além do mais, esse aparelho é capaz de solucionar diversos problemas associados ao processo mastigatório.

Móvel

É necessário ressaltar que o tratamento ortodôntico é fundamentado em duas fases. A primeira é responsável pelo alinhamento da parte dentária de acordo com o problema encontrado pelo profissional, já a segunda é importante para que o resultado permaneça, e é aqui que entra a contenção.

Dessa forma, ao terminar a primeira etapa, para que os dentes não voltem à posição anterior ao tratamento, são utilizados os aparelhos ortodônticos de contenção. Eles favorecem dentes bem posicionados.

Eles são recomendados para todos os pacientes que já encerraram a primeira etapa do tratamento, e o tempo de utilização será estabelecido pelo dentista com uma análise rotineira.

 Extrabucal

O modelo extrabucal é pouco discreto em comparação aos outros. Dessa forma, por causa das questões estéticas, muitos pacientes não fazem uso desse modelo. Contudo, é válido ressaltar que ele evita a necessidade de fazer a retirada de dentes e os procedimentos cirúrgicos.

O principal objetivo do aparelho extrabucal é aplicar uma força nos ossos do rosto, além de estimular ou limitar o desenvolvimento. Ele é muito utilizado em crianças, visto que é capaz de moldar o crescimento ósseo da fase inicial.


Agende sua avaliação

Se preferir, agende por Telefone: 0800 601 1520


Para que a criança tenha resultados satisfatórios, é preciso que os pais conversem com ela, pois o aparelho precisa ser utilizado durante muitas horas do dia. Por ele não apresentar os mesmos aspectos dos convencionais, as crianças acabam se incomodando com seu uso.

Twin block

O modelo twin block envolve dois aparelhos separados, um inserido no arco superior e outro no inferior. Ambos trabalham juntos para melhorar a mandíbula e para proporcionar um sorriso amplo e bonito.

Esse aparelho precisa ser utilizado em tempo integral, até mesmo durante as refeições, mesmo que seja possível removê-lo para realizar a correta higienização. Ele é um dos aparelhos mais confortáveis para corrigir a mandíbula, já que é produzido em acrílico liso e usa menos fios.

Aparelhos Acessórios

Os aparelhos acessórios podem ser fixos ou removíveis. Eles auxiliam nos movimentos realizados pelos outros aparelhos. O dentista passará todas as instruções a respeito do seu uso. É primordial usar o aparelho de contenção conforme as indicações para evitar maiores contratempos bucais.

Elásticos

Os elásticos são usados para melhorar o ajuste dos dentes localizados na parte superior e inferior. Eles precisam ser inseridos segundo as indicações do seu dentista, assim os resultados serão mais satisfatórios.

Expansor

O expansor é pouco conhecido pelos clientes. Ele é inserido para corrigir a mordida ou aumentar a dimensão do palato, isto é, o céu da boca. Ele é mais recomendado para crianças, mas pode ser aplicado em adultos também. Isso vai depender da situação.

A sua principal função é aumentar o arco dentário e auxiliar no tratamento de doenças bucais, por exemplo, o bruxismo. Ele é capaz de corrigir o ranger dos dentes provocado pelas mordidas cruzadas e, consequentemente, melhorar o processo de mastigação.

Invisíveis

Os aparelhos invisíveis também são conhecidos como alinhadores transparentes. São os modelos mais modernos da área, pois são elaborados com o auxílio de um sistema específico, ou seja, de acordo com a arcada dentária do paciente.

Todavia, eles são quase imperceptíveis, pois encaixam com perfeição na boca do cliente. Uma das principais vantagens é que não existe a necessidade de muitas visitas ao dentista. A troca dos alinhadores pode ser feita em casa, basta seguir as recomendações do especialista.

Por ser um dos modelos mais confortáveis, o investimento vale a pena. Muitas pessoas querem usar um modelo mais tradicional, mas não desejam que ele apareça ou não podem ir ao dentista com uma certa frequência. Com isso, acabam optando por esse tipo de aparelho.

Portanto, é necessário muito cuidado e atenção na hora de escolher entre os tipos de aparelho ortodôntico, uma vez que o modelo interferirá em seu sorriso. Por essa razão, é essencial buscar por uma clínica odontológica especializada no assunto, na qual os profissionais conseguirão indicar o aparelho ideal para o seu problema. O processo requer muita calma e paciência. Saiba que os resultados não surgirão do dia para a noite e que é fundamental seguir todas as recomendações do dentista.

Gostou do nosso post? Então, aproveite para entrar em contato conosco para conhecer mais a respeito dos aparelhos ortodônticos!

Postado em 23/09/2021.


Compartilhe

Siga-nos no twitter

Siga-nos no twitter