Agende a sua avaliação
Ou agende pelos telefones (11) 2672-5700 - Estado de SP 0800 601 1520 - Demais estados

Agende a sua avaliação de forma rápida e fácil

Agende a sua avaliação

Dentes Perfeitos: Saiba como Manter o Sorriso



Quer saber como manter os dentes perfeitos e as possíveis metodologias odontológicas para isso? Acompanhe o texto!
Os dentes perfeitos, bem como um sorriso bonito, acontecem de forma muito natural para muitos indivíduos. Há pessoas que, de fato, nascem com o sorriso perfeito.

Para elas, é só conhecer os conceitos básicos sobre a saúde dental e gengival, com o intuito de conseguir o mantimento da boa saúde, e portanto, esse critério estético durará a vida inteira.

Para outras pessoas, a situação é mais complicada. Desde a mordida até a questão do alinhamento dos dentes, há casos em que é preciso a ajudinha do profissional de Odontologia.

Dentes perfeitos e alinhados

Para que se tenha dentes perfeitos, é essencial que os familiares se atentem a arcada dentária de seus filhos, a partir dos de leite até aqueles que nasceram de novo no lugar deles. É imprescindível que as crianças consultem dentistas da mesma maneira que consultam pediatras.

Nessa etapa, o profissional de Odontologia comenta sobre as possíveis prevenções a respeito da modificação bucal que está acontecendo. Após chegar a fase adulta, há a possibilidade disso também, porém, existe a necessidade de tratamentos de maior complexidade.

O que são dentes perfeitos?

Há padrões de extrema tecnicidade para que os dentes estejam perfeitos. Tal planejamento odontológico deve ser bem procedido e apresentado ao indivíduo antes de que se execute-o, incluindo as dúvidas e opiniões do paciente, em virtude das variáveis sobre a estética.

A forma facial e o sorriso de cada um devem ser levados em consideração para se ter os dentes perfeitos. Um modo mais simples e claro de analisar os dentes perfeitos correspondem a:

  • Proporção dental;
  • Posicionamento dental;
  • Composição dos dentes;
  • Coloração dos dentes.

De acordo com a proporção dental, relaciona-se a largura e comprimento dos dentes, essencial para que se obtenha a perfeição, de forma principal daqueles que são anteriores e de maior visibilidade.

Há diversos métodos para que se obtenha a proporção ideal do dente, porém não é apenas realizar a aplicação de cálculos matemáticos: o profissional precisa considerar a altura deste sorriso, o aparecimento do dente juntamente dos lábios enquanto fala e em repouso.

Estas são situações relevantes a serem observadas, visto que os dentes permanecem belos, porém, ao longo da fala, os dentes não surgem tanto ou surgem demais – são detalhes a serem considerados para que haja um planejamento.

Em relação ao posicionamento dental, dizemos sobre a distribuição dental  em relação à arcada. Isto também é importante para que se obtenha o sorriso perfeito. A “linha média”, que se caracteriza pelo ponto do contato entre os dentes da frente do centro, deve ter alinhamento com o queixo e o nariz, distribuindo com harmonia os dentes que se relacionam na lateral da face.

Linhas médias que estão fora do posicionamento, geram a ilusão de um rosto um tanto torto, sendo que tal diferença entre a perfeição e imperfeição é algo relacionado à milímetros.

A composição dos dentes se determina pela forma como a face do indivíduo, bem como o posicionamento gengival e labial se dão. Tais dentes podem ter sentido retangular, oval ou triangular.

A respeito da coloração dental, divergem-se as opiniões entre a perfeição e imperfeição, sendo também um fragmento subjetivo. Doe mesmo modo que o dente tem um posicionamento ideal, a proporção e uma forma específica, a cor também tem.

Muitos têm dentes naturais de cor mais escura, outros em tom mais amarelada, e alguns na cor mais branca. Dentro dessas variáveis de colorações, há diversas nuances, e a idealização de dentes branquíssimos.

Dentes perfeitos com lentes de contato

Todo mundo sonha com um sorriso das estrelas da TV. Em virtude de muitos avanços odontológicos e estéticos, o sonho é totalmente alcançável. Aparelhos invisíveis, as lentes de contato, resinas e afins costumam ajeitar tudo o que está no lugar errado ou em tom amarelado.

A partir das técnicas da modernização, há a possibilidade de fazer o alinhamento, mudança do formato, acerto do volume e clareamento dos tons.

Ainda que tenha um nome diferente, essas lentes não são passíveis de remoção. Elas são fixadas no dente e duráveis por anos. De acordo com especialistas, as lentes de contato dental são produzidas uma por uma, a contar o molde dentário. A camada da porcelana tem aplicação na região superficial dentária, modificando o formato original e trazendo uma nova estética dos sorrisos.

De modo geral, as lentes utilizadas têm a confecção pelo próprio odontologista com parcerias.

Outra alternativa para a correção de imperfeição se caracteriza pelas facetas de resina em nanopartículas. Tal produto faz a mimetização máxima da naturalidade dental. Facetas são produzidas em desgastes pequenos dos dentes, em somente uma sessão.

Além de se tratar de um elemento mais barato do que as lentes de contato dental, a resina traz benefícios em momento de ajustar a finalização. É possível voltar várias vezes ao consultório para deixar o sorriso como deseja.

Dentes perfeitos e mordida

Uma mordida errada é aquela em que os dentes acabam se desencontrando. Há diversos tipos dessas mordidas e podem trazer muitos problemas. Trata-se de algo muito comum, a ponto de muita gente nem perceber que está sendo prejudicado por ela, e sofre com o passar dos tempos.

Uma mordida que esteja errada pode desencadear problemas relacionados a própria fala ou mastigação, ou desgastes, dores e ainda gerar interferências no ato de respirar.

O tipo da mordida se identifica, então de forma primordial para a garantia da saúde e integridade dentária, bem como o bem-estar.

Tipos de Mordidas

Segundo a Sociedade Brasileira de Ortodontia, a mal oclusão, como são chamados os desalinhamentos dentários, geralmente tem origem hereditária. O tamanho dos ossos e dos dentes são influenciados por características genéticas.

Outras situações, como uso de chupeta ou dedo, respiração pela boca, posição errada da língua durante a fala, perda de dentes ou traumatismos também podem gerar esses problemas. Conheça agora alguns tipos de mordida:

Mordida aberta

É quando a arcada dentária superior e inferior apresenta um espaçamento dentre eles, ainda com a boca fechada de forma completa. Ela é comum na região dos dentes anteriores e pode trazer dificuldades na mastigação.

Mordida profunda


Agende sua avaliação

Se preferir, agende por Telefone: 0800 601 1520


É, de fato, a oposição da mordida que se destaca como aberta. O dente se toca de forma excessiva e, em determinadas situações, acabam encostando na região do céu da boca. A mordida profunda é capaz de provocar dores, desgastes errôneos, bem como desconfortos.

Mordida cruzada

Uma mordida caracterizada como cruzada é aquela que inverte o posicionamento adequado dental. É o momento em que algum dente da região de cima permanece adentro da arcada debaixo, ou em caso de vários ou um dente da arcada debaixo se fecha para fora dos dentes da região superior. É passível de provocar problemas assimétricos do rosto e articulatório.

Prognatismo

Este prognatismo acontece quando a mandíbula debaixo consiga ultrapassar os dentes da região de cima. É uma mordida conhecida como “queixo grande”. Além da visualização deste critério, pode-se provocar dificuldades em momento de mastigar.

Retrognatismo

Traz a ação contrária ao Prognatismo. A região de cima da maxila consegue ultrapassar a região debaixo e, ao invés do queixo, o nariz é quem se destaca. Estes pacientes podem acabar apresentando problemas de respiração, a exemplo de apneia.

Apinhamento

É quando a boca não tem o espaçamento com suficiência para a acomodação de todos os dentes e eles ficam muito perto uns dos outros, apresentando um cenário de amontoado. O apinhamento é capaz de provocar muitas dores, desalinhamentos e demais condições problemáticas.

Diastema

Os dentes acabam ficando mais longe um dos outros, e há espaçamentos visíveis. Pode atrapalhar as mordidas, mastigações, a própria respiração, bem como a fala.

Desvio da linha mediana

Ocorre ao passo que a arcada dentária superior e inferior está desalinhada, gerando um desvio na região do centro de cima e do centro debaixo dos dentes. A consequência é que os dentes traseiros também não conseguem se alinhar, provocando desgastes e traumas, com a possibilidade de retração de sensibilidade e de gengiva.

Dentes perfeitos com aparelho

O tratamento de maior utilidade para se obter dentes perfeitos é o uso de aparelhos ortodônticos ou clareamentos. Há também a possibilidade de fazer uso desses sistemas transparentes, caso não agrade a aparência dos brackets metálicos.

Grande parte dos indivíduos necessitam fazer uso de aparelho dental e as razões não são apenas estéticas. Pacientes costumam procurar especialistas a fim de encontrar um sorriso que passe maior confiança e beleza.

Trata-se de uma causa importantíssima, mas há diversos problemas que também podem ser solucionados a partir do aparelho.

A ortodontia é capaz de solucionar os problemas relacionados a saúde que se caracterizam pela:

  • dicção;
  • fala;
  • mastigação;
  • sono;
  • respiração.

Tal aparelho é capaz da correção de imperfeição que nem sempre é percebida diariamente, mas são itens determinantes para uma boca saudável.

O intuito principal em se buscar um especialista para tratar as condições ortodônticas é a disposição de sorrisos insatisfatórios. O dente torto prejudica a estética, afetando, por vezes, a própria autoestima e as relações interpessoais, visto que os dentes são essenciais para a imagem.

Quem está insatisfeito com o sorriso costuma dar risada com menor frequência, bem como evitar fotos.

Boa parte das situações dos desalinhamentos dentais são visíveis, quando existem dentes que são nítidos pela falta de posicionamento adequado, com sobreposições ou afastamento excessivo. Contudo, existem situações de maior sutileza e menor percepção visual.

Ao passo que os dentes estejam mais próximos, provoca-se desconforto em momento de agilizar limpezas e escovações, de modo principal ao utilizar o fio dental. Isso significa que há pouco espaço para fazer uso do elemento, o que também alerta sobre a possibilidade do aumento de cáries proliferadas que provocam mau hálito.

Ainda, quando há acúmulo de placas bacterianas, desgasta-se o esmalte dental, podendo provocar patologias gengivais.

Dentes perfeitos feminino e masculino

Em relação ao gênero, é importante dizer que o público feminino apresenta uma exposição maior dentária de cima do que o público masculino de qualquer faixa etária.

Os dentes das mulheres têm tamanhos menores em relação aos dos homens, bem como uma aparência mais arredondada, qualificados com estética ovoide. O público masculino disponibiliza dentes com maior volume e cantos avivados, caracterizados por uma estética quadrada.

Diversos estudiosos já buscaram promover o relacionamento do formato dental e do formato facial dos indivíduos. Aqueles que disponibilizam de uma face mais comprida geralmente têm dentes com maior comprimento e indivíduos que apresentam um rosto caracterizado por ser mais curto, apresentam dentes, também, curtos.

Um sorriso é o determinante de primeiras impressões em relação as pessoas e, com frequência, fazemos a interpretação da ausência da harmonia como algo que desagrada.

Obter um sorriso bonito está sob o alcance de qualquer pessoa, porém, para que haja a possibilidade, o especialista que realizará o tratamento precisa ser formado em estética para que consiga fazer a identificação e selecione o melhor posicionamento para cada situação que apareça.

Por vezes, solucionar uma mordida errada precisa que ocorra o tratamento pela ortodontia, utilizando aparelhos. O prazo e a categoria do tratamento dependem da mordida e de questões individuais da pessoa.

Cada indivíduo possui uma arcada marcada pela unicidade, e somente um especialista da ortodontia tem a capacidade de promover a recomendação e realização do tratamento adequado. Portanto, visitar o especialista e proceder o tratamento certo para você é imprescindível!

Consulte o seu dentista e faça a verificação de necessidades de tratamentos de possíveis desvios de mordidas ou questões estéticas que podem acabar tornando a sua vida com muito mais qualidade.

Não esqueça das higienizações e cuidados diários relacionados à saúde dental, fundamental para o mantimento da saúde bucal e de um sorriso bonito!

Postado em 25/11/2016.


Compartilhe

Siga-nos no twitter

Siga-nos no twitter