Preço da franquia: como avaliar o custo-benefício do investimento? | Sorridents - Clínicas Odontológicas

Conheça mais sobre os nossos modelos de franquia.

Preço da franquia: como avaliar o custo-benefício do investimento?



O preço de franquia vale a pena? É possível ter retorno rápido? O investimento fica muito caro quando não há o valor total e é necessário financiar? Como avaliar o custo-benefício dessa escolha?

São muitas as perguntas que cercam a mente do investidor e o preço, com certeza, é determinante para montar o plano financeiro e começar o investimento. No caso, é preciso considerar vários elementos para uma boa avaliação de custo-benefício.

Neste post, falaremos se realmente vale a pena investir em uma franquia, quais os principais pontos de consideração para analisar o investimento e qual a importância disso para o investidor. Confira!

Como saber se o investimento vale a pena?

Valer a pena é essencialmente ter um excelente custo-benefício. Esse é o principal fator de consideração e, para medir isso corretamente, deve-se calcular o preço em cima do potencial de investimento e do retorno.

Ou seja, a partir do preço é que você consegue determinar com maior precisão se o investimento é viável. Finalmente, nesse quebra-cabeça, é preciso identificar qual o valor que será entregue pelo sistema de franquia adquirido. No próximo tópico, aprofundaremos essa ideia, já que a ciência do preço não é suficiente para determinar a qualidade do investimento, sendo necessário avaliar a quantidade e a qualidade dos serviços que serão adquiridos.

Quais os principais fatores de consideração?

Basta analisar os números? Não. É importante avaliar qualitativamente a aquisição e, a partir de agora, explicaremos mais detalhadamente o que cada um dos pontos significa para uma boa escolha.

Modelo de negócio testado e comprovado

Bom, o primeiro e mais importante aspecto é saber se o modelo de negócios é bem-sucedido. Avalie a reputação da marca e o quanto ela é falada e conhecida pelas pessoas. Descubra se a franqueadora tem canais digitais e avalie depoimentos, experiências de atendimento de pacientes e as vivências de compradores da franquia.

Normalmente, o modelo já pronto conquista o público com mais facilidade em novos locais e auxilia no estabelecimento rápido da clínica odontológica. Até chegar ao ponto de sistema de franchising, o modelo já deve ter sido testado e retestado até a melhor metodologia de atendimento e de prestação de serviços ter sido identificada.

Suporte de qualidade para os franqueados

Não basta ter um modelo pronto, é preciso ter um forte sistema de apoio para auxiliar o profissional a conduzir o negócio, principalmente nos meses iniciais. É nesse ponto que o modelo se consolida e gera resultados para ambos os lados.

Treinamento, orientação e documentação de suporte são essenciais para que o investidor iniciante se sinta seguro para garantir o start e se estabelecer até um ponto de lucratividade do negócio.

Vale lembrar que vários pontos de atenção devem ser acrescentados na condução da clínica. Gestão de equipes, manutenção de equipamentos, resposta ágil diante de imprevistos tudo isso é solucionado com um excelente suporte da franqueadora.

Comunicação transparente

Outro ponto essencial para o sucesso do investimento é ter uma comunicação transparente entre franqueador e franqueado. Muitos sistemas podem oferecer um baixo preço, mas não ter um canal de relacionamento aberto.


Quero ser franqueado


Nesse caso, o investidor poderia ter sérios prejuízos por desconhecimento de informações ou até em razão da lentidão na resposta a solicitações de demanda. A franquia deve garantir que essa comunicação flua interna e externamente.

Oferecimento de treinamento contínuo aos franqueados

Mais um fator determinante é a possibilidade de treinamento e de capacitação contínua. Isso é um diferencial que a franquia apresenta e comprova que ela permanece em constante atualização.

Nesse caso, o franqueado contará com orientações focadas para a condução do negócio, a aplicação de ações de marketing, a verificação do padrão de atendimento, o investimento em tecnologia e a atualização de colaboradores. Todos os treinamentos envolvem desde a diretoria até o pessoal de atendimento, criando sinergia e integrando a execução do negócio com o modelo padrão de atendimento e o serviço da franqueadora.

Redução de custos com marketing

Ter um consultório próprio oferece liberdade para aplicar planos de acordo com as suas ideias, porém, contar com um planejamento de marketing já pronto é fundamental para que o investidor não tenha uma grande preocupação com essa parte.

A publicidade e a propaganda de uma clínica envolvem várias estratégias e a expertise do investidor e, caso ele não saiba como fazer essas aplicações, poderá ter um custo considerável e imprevistos no orçamento. Uma franquia de qualidade deve oferecer:

  • planos de marketing digital;
  • captação de clientes;
  • planejamento para o aumento de visibilidade e da competitividade;
  • planos de divulgação; dentre outras.

Gestão financeira

Qualquer pessoa pode investir em franquias odontológicas. Isso envolve empreendedores, gestores de negócios e, é claro, os próprios dentistas. Agora, um fator importante é que nem todo profissional de Odontologia tem conhecimento administrativo.

Então, é possível que um excelente dentista se sinta perdido ao ter que gerir uma clínica inteira. Nesse ponto, o suporte da franquia pode ser fundamental para ações mais precisas e para gastos mais conscientes para a evolução da nova clínica.

Qual a importância da consideração do custo-benefício para a aquisição de franquias?

É fundamental essa consideração para a ciência exata do potencial do investimento na franquia. Quando o investidor olha para o preço e avalia o valor a ser entregue pela franqueadora, consegue uma visão ampla do potencial do negócio e compreende com mais facilidade as barreiras financeiras para investir.

Como um diferencial importante, a Sorridents propõe um retorno sobre o investimento a partir de 18 meses, conforme a operação de cada franqueado. Ter essa noção exata é crucial para o investidor que precisa não só levantar custos de aquisição, mas também capital de giro, reserva financeira, dentre outros.

Bom, agora, acreditamos que a visão de custo-benefício foi bem esclarecida em sua mente. Se você ainda estiver na fase de planejamento, recomendamos acelerar o caminho e partir para a ação. Neste post, você aprendeu como avaliar o custo-benefício de uma franquia levando em conta o preço de aquisição.

Ainda pairam algumas dúvidas sobre o preço de franquia? Não se preocupe, basta entrar em contato conosco e conversar com a nossa equipe. Estaremos prontos para atendê-lo e auxiliá-lo a identificar a melhor aquisição para montar a sua clínica odontológica!

Postado em 14/01/2021.


Compartilhe

Siga-nos no facebook

Siga-nos no Linkedin

Siga-nos no Linkedin