Conheça mais sobre os nossos modelos de franquia.

A importância do manual de franquia para o sucesso do negócio



O manual da franquia é um dos documentos mais importantes que o franqueador entrega aos seus franqueados quando eles adquirem uma unidade da marca. Esse documento existe porque no modelo de franchising, todo o processo de gerenciamento do negócio, vendas e prestação de serviços seguem normas e padrões.

O documento também serve como ferramenta para facilitar a comunicação entre franqueador e franqueado e tem a finalidade de manter a qualidade das operações dentro das unidades franqueadas.

No manual da franquia, o franqueador documenta todas as informações necessárias para que seus franqueados consigam fazer uma boa gestão de seu negócio e tenham resultados satisfatórios. Quer saber mais sobre o assunto? Acompanha a leitura deste post que falaremos sobre a importância desse documento para seu negócio.

O que é o manual da franquia?

O manual da franquia é um documento que contém diversas informações sobre o funcionamento da rede e de suas unidades. Explicando de forma simples: é uma forma de o franqueador transmitir todo o seu conhecimento sobre gestão para seus franqueados de forma objetiva e didática.

Por meio dele, os franqueados conseguem entender como é o funcionamento da rede a qual ele faz parte e quais são os padrões que ele deve seguir para zelar pelo bom nome da marca.

Para que serve esse documento?

Mesmo que uma rede tenha padrões, não é possível que haja consultores de campo presente em todas as unidades para orientar os franqueados sobre os processos a serem seguidos. Então, o franqueador cria o manual da franquia com todas as diretrizes necessárias para que os empreendedores tenham autonomia para gerir seu negócio sem descumprir o padrão da rede.

O documento funciona como uma ferramenta de treinamento, onde consta a descrição de todos os processos criados e exercidos pela rede de franquias em questão.

O manual da franquia é um documento obrigatório, ou seja, o franqueador tem a obrigação de entregar uma cópia para cada franqueado da rede. Isso porque, caso contrário, os gestores podem ter dificuldade em gerir o negócio dentro dos padrões do franqueador.

Quais informações devem constar no manual de franquia?

As informações contidas nos manuais de franquia variam muito de uma rede para a outra. Isso porque as orientações a serem passadas aos franqueados depende muito dos valores e missão do franqueador, do tipo de serviço ou produto que a rede comercializa e diversos outros fatores.

Porém, basicamente, os manuais de franquia se dividem em: manual de implantação da unidade, manual de operação, manual de gestão e manual de marketing e vendas. A seguir, vamos entender qual a utilidade de cada um deles. Veja!

Manual de Implantação da Unidade

Esse manual serve para orientar ao franqueador sobre como devem ser feitos os passos para a implantação de seu negócio. O documento pode abordar desde questões administrativas como a constituição da empresa até orientações sobre o ponto comercial e sua reforma, para que fique de acordo com o projeto arquitetônico disponibilizado pelo franqueador.

O manual e implantação da unidade contém até mesmo, orientações sobre recrutamento e seleção de pessoal para trabalhar na unidade.

Manual de Operação


Quero ser franqueado


O manual operacional é uma ferramenta de treinamento que o franqueado deve utilizar para treinar sua equipe de funcionários. Nele, constam todos os processos operacionais que foram pré-definidos para otimizar os recursos da empresa e melhorar a qualidade dos serviços e produtos oferecidos aos seus clientes.

Manual de Gestão

Esse manual orienta aos franqueados sobre como deve ser a gestão de sua unidade. É por meio dele que o empreendedor encontra informações sobre como gerir os recursos financeiros do negócio, o setor administrativo e os recursos humanos da empresa.

O manual de gestão é muito importante, pois contém orientações sobre controle de caixa, movimentação bancária, contas a pagar e a receber, entre outros. Lembrando que uma boa gestão financeira é essencial para o sucesso dos negócios e esse documento orienta a respeito dessa questão.

Manual de Marketing e Vendas

Nesse manual, consta a política de marketing e vendas adotada pelo franqueador. Vale lembrar que, quando falamos em propaganda e marketing, há um padrão que todas as unidades devem seguir, mesmo quando fazem divulgação do negócio por conta própria. Todo o material de propaganda e merchandising deve seguir os padrões estabelecidos pelo franqueador.

No segmento de vendas, há também um padrão de abordagem e diretrizes sobre quais serão as ações a serem tomadas qual o perfil e postura deve ter o profissional de vendas. Existem também regras para o pós-vendas, de canais que devem ser utilizados para a comercialização dos produtos e serviços e técnicas de vendas, além de regras de como o cliente deve ser atendido.

Qual a importância desse documento para o sucesso do negócio?

Talvez a grande dificuldade de novos franqueados, principalmente daqueles que já estiverem à frente de algum tipo de negócio é trabalhar com um padrão preestabelecido. Então, para que o empreendedor não se perca no meio do caminho, é importante que ele tenha sempre a mão algo que ele possa consultar no caso de dúvidas a respeito do funcionamento de sua unidade.

Essa é a importância do manual da franquia, pois ele contém todas as informações necessárias para a boa gestão do negócio. O documento é uma forma dinâmica de manter os franqueados sempre atualizados sobre as novidades do negócio, de forma que eles melhorem os resultados e tenham sucesso em sua empreitada.

Como analisar esse documento ao investir em uma franquia?

Quem ainda está pensando em investir em uma franquia pode ter diversas dúvidas sobre como deve ser esse documento. Entretanto, é importante que você fique atento para observar o manual tem informações suficientes para a operação da franquia.

Um manual bem elaborado deve ser objetivo, completo — contendo todas as informações citadas no terceiro tópico e mais algumas —, usar uma linguagem clara e de fácil entendimento e ainda estar atualizado. Não adianta receber um documento que foi criado no início das atividades da franqueadora, pois nesse meio tempo, com certeza, muita coisa já mudou.

Outro ponto importante é que o documento deve ser de fácil acesso. Não adianta criar um material excelente, se há dificuldade para que os franqueados tenham acesso a eles. Nesse caso, não importa se o material é físico ou online, mas que ele fique à disposição para consulta sempre.

Como você viu, o manual de franquia é de suma importância para o sucesso dos negócios, mas ele precisa ser bem elaborado para que possa cumprir seu real propósito. Se você estiver pensando em abrir uma franquia, mas ficar com dúvidas em relação a esse documento, não hesite em procurar ajuda de especialistas no assunto.

Agora que você já sabe o que é um manual da franquia e sua importância para o sucesso do negócio, está na hora de saber como funciona o mercado de franchising no Brasil.

Postado em 07/03/2019.


Compartilhe

Siga-nos no facebook

Siga-nos no Linkedin

Siga-nos no Linkedin