Blog Saúde Bucal

Tipos de bráquetes: saiba como escolher o ideal para você!

Atualmente, existem vários tratamentos para corrigir desvios no crescimento e no desenvolvimento da dentição. É o caso do aparelho fixo, método que usa diversos tipos de bráquetes, fios odontológicos e bandas, por exemplo, para acelerar a movimentação dentária e deixar o sorriso saudável e bonito.

Pensando nisso, este conteúdo apresenta o que são e para que servem os bráquetes no tratamento odontológico. Em seguida, o texto explica quais são os principais tipos de bráquetes (metálico, cerâmico e plástico), listando as suas características e as funções específicas que desempenham no aparelho. Continue a leitura e aprenda mais sobre o assunto!

O que são os bráquetes?

Os bráquetes — palavra que vem do inglês “bracket”, traduzida literalmente como “suporte” — são peças muito características do tratamento ortodôntico, principalmente quando se fala em aparelho fixo, no qual os bráquetes são ligados aos fios para movimentar os dentes mal posicionados, seguindo o planejamento do dentista.

Qual é a função dos bráquetes no tratamento ortodôntico?

Você já sabe que os bráquetes são uma das peças fundamentais do aparelho fixo. Mas qual é a função desses objetos, que ficam em contato direto com o dente? Na verdade, a pecinha, feita com metal, cerâmica ou plástico, funciona como um suporte para o dispositivo ortodôntico, por meio do qual é colocado um fio odontológico, exercendo pressão diretamente sobre a arcada dentária.

Quais são os principais tipos de bráquetes?

É verdade que o material de confecção dos bráquetes depende do dispositivo para o qual a peça é planejada. Por isso, listamos os principais tipos de suporte para o tratamento com aparelho fixo disponíveis no mercado. Veja!

Metálico

Os bráquetes metálicos são o tipo de suporte mais tradicional para o aparelho fixo, tendo uma eficácia e um custo-benefício comprovados há décadas. Atualmente, as peças, feitas normalmente com aço inoxidável, estão menores e possibilitam uma personalização com borrachas coloridas, as quais têm a função de prender o fio odontológico ao material.

Cerâmico

Os bráquetes de cerâmica são confeccionados com um material monocristalino, o que torna o uso do aparelho ortodôntico mais discreto e menos perceptível a outras pessoas. No entanto, esse suporte pode causar pequenos danos aos dentes quando removido da boca, além de ter um alto custo de produção.

Plástico

Por fim, os bráquetes de plástico (policarbonato) são uma opção para uso do aparelho ortodôntico fixo, melhorando a estética do dispositivo na boca. No entanto, esse material pode sofrer mudança de cor (processo chamado de pigmentação) e apresentar fratura durante o tratamento.

Neste texto, você aprendeu o que são, para que servem e quais são os melhores tipos de bráquetes, peças fundamentais para manter a eficácia dos aparelhos ortodônticos fixos. De toda forma, é importante consultar o ortodontista de confiança, o qual deve avaliar o quadro clínico e indicar um tratamento adequado para corrigir o seu problema dentário.

O artigo foi realmente útil para você? Se sim, siga aprendendo sobre a importância de cuidar da saúde da boca e de corrigir problemas no sorriso. Veja, agora, alguns motivos para não abandonar o tratamento ortodôntico!

Pesquisar

Categorias

E-Books

Redes sociais

Publicações Relacionadas

Saúde Bucal

6 principais mitos sobre faceta dentária

As facetas de porcelana estão sendo muito utilizadas nas clínicas odontológicas por conta dos excelentes resultados proporcionados nos dentes, da rapidez em que são colocadas

Encontre a Clínica mais perto de você!

Carregando Unidades...

Selecione uma Unidade para carregar as Datas

Nenhum horário disponível para a data selecionada