Agende a sua avaliação
Ou agende pelos telefones (11) 2672-5700 - Estado de SP 0800 601 1520 - Demais estados

Agende a sua avaliação de forma rápida e fácil

Agende a sua avaliação

É possível fazer clareamento dental na gravidez?



O clareamento dental na gravidez ainda é, hoje em dia, um assunto bastante controverso, uma vez que divide opiniões de profissionais e pacientes. Isso acontece porque a gestação é considerada um momento único na vida da mulher e qualquer ato irregular pode afetar, diretamente, o bebê.

Para esclarecer melhor o assunto, preparamos este post. Está interessada?  Então continue a leitura e saiba mais!

Afinal, pode ser feito um clareamento dental na gravidez?

Atualmente, existem dois tipos principais de clareamento dental: o clareamento caseiro, feito em casa, com a supervisão de um profissional e com equipamentos apropriados; e o clareamento a laser, feito por um especialista em uma clínica odontológica.

No entanto, ainda assim existem dúvidas em relação à realização do procedimento por gestantes. Embora não existam provas científicas sobre os riscos que o tratamento pode provocar tanto para a mãe quanto para o bebê, também não há uma comprovação de que o clareamento é seguro durante a gestação, pois ocorre um processo de oxidação nos dentes, que pode ser prejudicial aos tecidos e às células.

Isso significa que os casos são específicos e, nesse sentido, cada mulher deve ir a um especialista de confiança para verificar a sua situação. Em geral, a recomendação é que a paciente seja prudente e espere até a criança nascer. Mesmo assim é possível garantir a saúde bucal, sempre tomando os devidos cuidados com a gestação.

Como manter a saúde bucal durante a gestação?

Durante o período de gravidez, é normal que a mulher se sinta mais sensível e fique com todo o corpo, incluindo a região bucal, mais vulnerável. Por esse motivo, o cuidado com a saúde bucal torna-se indispensável, evitando sangramentos, infecções na gengiva e dentes manchados. Veja algumas dicas para garantir um sorriso bonito e saudável:

Visite um dentista periodicamente

É fundamental a visita regular a um profissional especializado. Além de manter a saúde dos seu dentes em dia, o dentista vai te orientar em relação aos possíveis tratamentos e vai identificar qualquer probleminha que possa vir a acontecer.


Agende sua avaliação

Se preferir, agende por Telefone: 0800 601 1520


Vale mencionar ainda que, em relação ao clareamento dental, o profissional vai avaliar o seu caso e verificar se você está apta ou não a realizar o procedimento.

Higienize os dentes corretamente

Outro ponto essencial é a higienização, frequente e adequada, dos dentes. É necessário escovar os dentes após todas as refeições e utilizar o fio dental diariamente. Se o seu médico recomendar, também é possível usar enxaguantes bucais ou outros produtos.

Busque um clareamento por meio do consumo de determinados alimentos

Nada de ficar com os dentes escuros ou manchados. Nos dias atuais, existem medidas orgânicas que, embora não tenham relação com os clareamentos realizados por profissionais, são menos agressivas e impedem que os seus dentes fiquem escuros.

O espinafre, por exemplo, aumenta a quantidade de saliva na boca e promove uma limpeza natural. Já o morango possui uma adstringência natural devido à presença do ácido málico, que ajuda a remover as indesejáveis manchas.

O iogurte, o pepino, a maçã, o rabanete, o repolho, a pera e a couve-flor, por exemplo, agem de forma semelhante e, além de tudo, protegem o esmalte dentário por conterem ferro e cálcio.

É válido citar que o consumo exagerado de alimentos industrializados e ricos em corantes e de alimentos muito pigmentados, como beterraba e café, deve ser evitado, pois acabam prejudicando o seu sorriso.

Você conhece alguém que já passou pelo procedimento de clareamento dental durante a gravidez? Ainda tem alguma dúvida sobre o assunto? Deixe seu comentário!

Postado em 19/03/2018.


Compartilhe

Siga-nos no twitter

Siga-nos no twitter