7 principais erros ao comprar uma franquia que você deve evitar | Sorridents - Clínicas Odontológicas

Conheça mais sobre os nossos modelos de franquia.

7 principais erros ao comprar uma franquia que você deve evitar



Um investidor deve pesquisar bastante antes de uma aquisição grande, que possa mudar a vida. Comprar franquia é uma das atitudes mais ousadas e com maior potencial de sucesso para um negócio.

No entanto, erros podem ser fatais, pois destroem o financeiro, os sonhos e o futuro. Então, é necessário pesquisar e estudar mesmo. A responsabilidade não é só da franqueadora, mas também do franqueado, que precisa abraçar o negócio com força de vontade.

Foi por isso que preparamos este artigo especialmente para você. Elimine erros da sua mente e do seu planejamento e conquiste a confiança necessária para iniciar o seu sonho de ter uma franquia odontológica. Tenha uma excelente leitura!

Como é comprar franquia para ter um negócio?

A aquisição de uma franquia é um investimento em que o empreendedor tem a possibilidade de implementar um plano de negócios pronto e consolidado no mercado. Uma franquia odontológica, como a Sorridents, entrega um modelo completo para dentistas.

Então, é como se você começasse o seu negócio utilizando a marca da empresa. Certamente, essa é uma forma muito mais rápida de empreendedorismo e que exige apenas esforço financeiro no início e administrativo para condução. Uma franquia retornará:

  • um modelo de negócios pronto;
  • um marketing consolidado;
  • um retorno rápido.

Mesmo que você incorra em um alto investimento, o modelo de franquias tende a oferecer um dos retornos mais rápidos do mercado. Se tivermos que apontar dois pilares que vão ser cruciais nesse projeto, são o financeiro e o administrativo.

Ótimo! As peças estão dispostas para que você aplique o xeque-mate, então, quais são os maiores riscos? Você tomar atitudes erradas! Foi por esse motivo que preparamos este artigo e, agora, seguem os sete erros que você deve riscar completamente do seu plano. Acompanhe!

Quais erros não cometer nesse investimento?

Lembra-se do joguinho dos sete erros? Aqui nesse investimento, o que está em jogo é o seu futuro. Anote com atenção as próximas orientações e garanta o sucesso na aquisição da sua franquia. Confira!

1. Não avaliar a condição financeira

A franquia tende a ser um investimento mais alto, mas não necessariamente caro. Principalmente pela possibilidade de retorno rápido, é provável que o seu gasto seja recuperado em pouco tempo.

No entanto, é importante ter educação financeira suficiente para uma autoavaliação das finanças. Você tem dívidas? Tem um montante considerável para investir? Pensou em uma parte exclusivamente para o capital de giro?

Responda a essas perguntas e anote a sua situação em cada uma delas. O ideal é que você tenha 100% dessa verba, mas, caso não tenha, considere, pelo menos, 50% e estude formas de financiamento da franquia, ou estude a possibilidade de um investidor de apoio.

2. Não conversar com outros franqueados

Bom, se você tem esse perfil financeiro apresentado anteriormente, então, pode seguir o seu plano. Que tal visitar franquias, conversar com franqueados e pesquisar um pouco mais sobre a marca de interesse?

É mais uma fase fundamental que precisa ser cumprida justamente para não ter surpresas no futuro. Observar o sucesso e as dificuldades de quem já passou por esse investimento é fundamental para amadurecer os planos.

3. Não fazer uma pesquisa sobre o mercado

Qual é o seu mercado? Se você é dentista, por exemplo, fica difícil investir em uma franquia de produtos alimentícios, mesmo que, à primeira vista, seja mais acessível ou mais fácil.


Quero ser franqueado


Agora, mesmo que você seja apaixonado por Odontologia e tenha uma possibilidade real de franquia, é necessário estudar o local, a procura por serviços de dentista e o sucesso do ramo nos últimos anos. Essa pesquisa trará mais segurança sobre a perspectiva do negócio.

4. Não realizar treinamentos

Outro ponto fundamental é a capacitação. Considere, em primeiro lugar, a afinidade com o ramo; em segundo, a educação financeira e, em terceiro, o conhecimento administrativo e de marketing digital.

Além disso, o próprio modelo de franquia tem um plano de capacitação e treinamento. Principalmente no início, será necessário garantir esse conhecimento e fortalecer as suas ideias de implementação e de condução da franquia.

5. Agir por impulso

Não aja por impulso de forma nenhuma, principalmente em relação ao financeiro. Nós nos referimos aqui a se precipitar em aquisições ou planos. Pense antes de fazer, considerando os prós e contras de cação ação.

No empreendedorismo, principalmente, algumas atitudes podem levá-lo ao céu ou ao abismo. Os termos mais adequados para considerar nesse momento são risco e incerteza — quanto maiores, mais difíceis as possibilidades de acerto.

6. Não optar por um segmento de que goste ou com o qual tenha familiaridade

Veja bem: é preciso gostar e ter capacitação. As duas exigências devem andar juntas! É por isso que, quando você tem afinidade com algo, fica mais fácil de evoluir, porque você busca aprimoramento constante sobre o que ama.

De outra forma, mesmo que você considere outro modelo de franquia, diferente do seu ramo de conhecimento, pode ser que você não consiga dar prosseguimento de forma dedicada como precisa. Lembre-se: você será o dono do seu próprio negócio e precisará se esforçar para dar certo e mantê-lo.

7. Não analisar o contrato e a COF

COF significa Circular de Oferta de Franquias, documento de exigência previsto no art. 2º da Lei n. 13.966 de 26 de dezembro de 2019. É nesse instrumento que você encontrará informações centrais sobre o investimento, como:

  • histórico resumido do negócio;
  • balanços e demonstrações financeiras da franqueadora;
  • descrição detalhada da franquia; entre outras.

Também considere as previsões em contrato, as cláusulas sobre renovação, todas as taxas em relação a royalties, aluguel e outras. Você precisará de uma análise detalhada antes da assinatura do documento.

Como evitar esses erros?

Aqui, a palavra-chave é a documentação do plano. Anote tudo que foi explicado neste post, faça um checklist e dê atenção a cada ponto separadamente. Não adianta conhecer esses erros e não combatê-los, portanto, anote o que precisa ser feito e risque o que precisa ser evitado.

Que valor a Sorridents entrega?

Bom, se o assunto é Odontologia, a marca Sorridents é autoridade há 25 anos. Com princípios de acessibilidade, conforto, conveniência e qualidade, a franquia já conquistou reconhecimento internacional e liderança na América Latina. Se você não cometer os erros que apontamos neste artigo, terá chances de chegar a:

  • um faturamento médio de 150* mil reais;
  • lucros superior a 20 mil* reais por mês;
  • um retorno do investimento a partir de 18* meses;
  • uma clínica cheia* e referenciada.

E então, as peças estão encaixadas em seu quebra-cabeças? É hora de definir prazos e limites e colocar os planos em prática. Se ainda não estiver no papel, coloque. Se já estiver, pratique! Conquiste o seu futuro de sucesso.

Comprar franquia é uma atitude de coragem, mas só depende de você para o negócio dar certo! Vamos transformar o sonho da sua franquia odontológica em realidade?

*valores dependem da opração de cada franqueado

Postado em 15/10/2020.


Compartilhe

Siga-nos no facebook

Siga-nos no Linkedin

Siga-nos no Linkedin