Agende a sua avaliação
Ou agende pelos telefones (11) 2672-5700 - Estado de SP 0800 601 1520 - Demais estados

Agende a sua avaliação de forma rápida e fácil

Agende a sua avaliação

Dicas de saúde no carnaval: saiba como evitar problemas e doenças bucais


Dicas de saúde no carnaval

O começo de ano parece que passa correndo, não é verdade? Mal nos recuperamos das festas de virada e o Carnaval já está batendo à porta com seus bloquinhos, desfiles, música e alegria. Apesar de ser, sim, diversão garantida, é sempre importante tomar um ou outro cuidado para não acabar se dando mal.

Além dos mais óbvios, como cuidar do celular e dos documentos ou passar o protetor solar de tempos em tempos, saiba também que essa época pode oferecer riscos até para a sua saúde bucal. Você pode estar se perguntando: “como assim?”.

Calma que a gente explica logo mais sobre problemas e doenças e ainda dá algumas dicas para que você possa se prevenir e alertar o restante da família. Confira a seguir nossas dicas de saúde no carnaval!

Conheça os problemas e doenças bucais mais comuns da época

Como falamos, existem várias doenças que podem ser transmitidas via oral, como a hepatite B e outras que afetam a própria saúde bucal. Abaixo, vamos citar as mais comuns e suas complicações.

Doença do beijo

Não é por acaso que a mononucleose infecciosa também é chamada popularmente de “doença do beijo”. Ela é causada por um vírus, o Epstein-Barr, que não precisa de muito para passar de uma pessoa para outra: o contato direto da mucosa com saliva infectada já é o suficiente.

Dentre os sintomas da doença estão febre, dor de cabeça, indisposição, dor de garganta, inflamação no fígado e aumento de gânglios.

Cárie

Acredite se quiser, a cárie, que você evita no dia a dia com a higiene bucal, também pode ser transmitida por meio do beijo. Dos males, o menos ruim, né? Mas, capriche na escovação e no fio dental e, caso necessário, trate antes que ela complique e seja preciso um tratamento de canal.

Abuso de álcool

Além do prejuízo mais óbvio, por assim dizer, como a desidratação do corpo e o mal-estar no dia seguinte, o álcool também é prejudicial à saúde bucal. Ele pode descamar a mucosa e causar queimaduras. Isso a deixa mais permeável a agentes carcinogênicos.


Agende sua avaliação

Se preferir, agende por Telefone: 0800 601 1520


Outro problema dessa combinação de álcool com Carnaval e horas sem comer nada é o mau hálito, que fica bem perceptível para quem está por perto.

DST’s

Falamos bastante sobre doenças transmitidas pelo beijo, mas se ele já nos deixa tão expostos assim, imagina com o sexo oral. É no pós-Carnaval que acontece o maior número de diagnósticos de doenças sexualmente transmissíveis, principalmente do condiloma acuminado (ou crista de galo), que é uma lesão na esfera genital provocada pelo vírus do HPV.

Outra doença com grande incidência na época é a sífilis, que se manifesta na boca, língua, lábios, faringe e gengiva. Ela aparece por volta dos 21 dias depois do contato direto e aparece por meio de lesões, e a gonorreia, que causa uma infecção caracterizada por mal-estar, supuração e febre.

Consumo de drogas

O lança-perfume costuma marcar presença no Carnaval, mas, além de falta de ar e desmaios, pode ser prejudicial à saúde bucal. Corre-se o risco de acabar com queimaduras na boca e sensibilidade dentinária. Já a cocaína, que tem conquistado o público mais jovem, pode causar descamação gengival e erosão nos dentes.

Siga algumas dicas de saúde no carnaval para evitar problemas

Para prevenir boa parte dos problemas citados acima, você pode seguir dicas simples que fazem toda a diferença:

  • entre as doses de álcool, intercale um pouco de água para não ter mau hálito e não ficar desidratado;
  • leve gomas de mascar sem açúcar na bolsa para aquelas situações em que não dá para escovar os dentes, pois elas neutralizam o pH da boca e disfarçam o mau hálito;
  • não passe muito tempo sem comer e dê preferência a frutas, carnes magras, verduras e legumes;
  • evite as DST’s com o uso de preservativos (sim, mesmo para o sexo oral);
  • mantenha a escovação em dia e use fio dental.

Colocando em prática essas dicas de saúde no Carnaval, fica muito mais fácil se cuidar. Mas, na dúvida, vale agendar aquela visita ao cirurgião-dentista, que pode identificar até mesmo as DST’s depois das festas.

Para acompanhar mais dicas como estas, curta nossa página no Facebook!

Postado em 24/02/2017.


Compartilhe

Siga-nos no twitter

Siga-nos no twitter