Agende a sua avaliação
Ou agende pelos telefones (11) 2672-5700 - Estado de SP 0800 601 1520 - Demais estados

Agende a sua avaliação de forma rápida e fácil

Agende a sua avaliação

Clareamento dental a laser



Um sorriso lindo com dentes todos brancos enfileirados lado a lado é um sonho da maioria das pessoas. Muitas vezes, por falta de higiene ou apenas por desgaste é quase impossível mantê-los impecáveis e com o mesmo brilho de quando eram mais novos. Então, temos uma ótima notícia para os nossos leitores e futuros pacientes: com os avanços da odontologia já é possível voltar a ter dentes brancos através de algumas técnicas, como a de clareamento dental a laser, um procedimento que tem se tornado popular e que consiste em agir nas moléculas para mudar a coloração.

Ainda que o clareamento dental a laser esteja se tornando mais conhecido pelo público, ainda há muitas dúvidas acerca do procedimento, como ele funciona, quais os cuidados que devem ser tomados, o preço médio que é cobrado, a durabilidade e se ela é ou não eficiente. Para auxiliá-los a responder alguma das dúvidas mais frequentes, preparamos uma leitura a seguir que vai esclarecer muito desse assunto. Então vamos lá…boa leitura!

O que é o clareamento dental a laser?

Conforme mencionado, algumas pessoas têm o desejo de ter os dentes mais brancos e brilhantes, então o clareamento dental a laser é uma das técnicas profissionais para deixá-los assim. Existe uma versão caseira para o mesmo procedimento, mas ela não é tão eficiente e tem o problema de não possuir o acompanhamento de uma clínica de confiança. Os estudos revelam que através do uso de substâncias químicas, é possível mudar a cor dos dentes.

A técnica consiste em diminuir a dimensão de algumas moléculas de pigmento que se encontram nas estruturas internas dos dentes. Sendo assim, elas passam a refletir a luminosidade e o dente fica com mais reflexo da luz.

As técnicas que podem ser utilizadas com laser devem ser de uso exclusivo do profissional, ainda que mesmo as caseiras usam o oxigênio livre como o agente clareador.

O clareamento dental a laser necessita da supervisão de uma clínica profissional como a Sorridents, pois o gel clareador usado durante o processo possui uma concentração muito alta de peróxido que, em hipótese alguma, deve entrar em contato com a gengiva e com os lábios.

Os dentes ficam completamente brancos?

Infelizmente, nem sempre a expectativa de que todos os dentes fiquem completamente brancos acaba se concretizando. No clareamento dental a laser, é possível fazer com que eles fiquem com dois ou três tons acima do que estavam, o que, acredite, já faz uma grande diferença na estética do seu sorriso.

As pessoas apresentam o miolo do dente branco, acinzentado ou amarelado, característica que tem impacto na cor que eles se apresentarão.

Assim, as pessoas que apresentam uma matiz cinza ou amarela não podem esperar um dente branco por completo, pois sempre sobrará uma parcela da cor natural. Mas a boa notícia é que com o clareamento, esta diferença se torna imperceptível ao olhar para a boca e só quem irá perceber é o profissional através do uso de uma escala de cores dentárias.  

As pessoas que passaram por um tratamento de canal também não podem ter esperança de possuir um dente totalmente branco. Isso porque o dente está “morto” por dentro e, portanto, adquiriu uma coloração acinzentada devido ao cimento obturador, que fica bem visível após o clareamento dental a laser, sendo necessário fazer este clareamento também na parte interna.

Mesmo as pessoas que conseguirem ficar com os dentes completamente brancos após o processo de clareamento devem ter a consciência de que isso é temporário. O que explica isso é que os dentes são porosos e, com o passar do tempo, sujeiras e alguns pigmentos de bebidas e alimentos se acumulam nos poros, principalmente aqueles de coloração mais escura, como café, shoyu e vinho.

A quem é indicado o clareamento dental a laser?

O clareamento é determinado pelo paciente, não existe nenhuma exigência ou tratamento que imponha a técnica. Por esse motivo, essa técnica é aplicada em casos onde o paciente sente a necessidade dos dentes estarem mais brancos e brilhantes. Sendo assim, ele nada mais é do que um procedimento estético.

No entanto, muitas pessoas podem desenvolver condições psicológicas como depressão, por exemplo, por não estarem felizes com a beleza do seu sorriso. Para elas, é de se pensar mais seriamente em procurar uma clínica de confiança para resolver o problema.

Quem não deve fazer o clareamento dental?

Em adolescentes menores de 15 anos, por exemplo, uma vez que eles ainda não completaram a formação do corpo e do organismo. As mulheres grávidas também não devem fazer clareamento dental, pois a química presente dos agentes utilizados para dar mais brilho aos dentes pode prejudicar tanto a sua saúde quanto a do bebê que está em desenvolvimento.

Os pacientes com cáries também possuem ressalvas quanto à realização do clareamento (por isso é tão importante consultar uma clínica). Indica-se primeiramente acabar com o problema das cáries antes de clarear os dentes, pois você pode prejudicar a sua saúde bucal e, em um segundo momento, até a sua saúde como um todo.

O mesmo vale para quem enfrenta algum problema na gengiva ou que está com uma restauração defeituosa.

Se a pessoa apresentar algum tipo de alergia aos complementos do agente clareador, não poderá fazer o clareamento dental a laser, pois há o risco de desencadear algum tipo de reação. Por fim, pacientes que ainda não estão inteirados sobre o assunto precisam se informar bem antes. Muitas vezes, as expectativas não condizem com a realidade e os resultados do procedimento tendem a se tornarem frustrantes.

Seja lá qual for o seu caso, uma consulta a uma clínica de confiança é o que é preciso para saber se você pode ou não fazer um clareamento dental a laser. Cada caso é um caso e somente o dentista pode avaliá-lo da melhor maneira.

Clareamento dental a laser dói?

O procedimento é indolor e todo o cuidado do profissional fará com as estruturas moles da boca não sejam machucadas e nem prejudicadas. Então, ao chegar ao consultório, antes de iniciar o procedimento, o paciente tem os lábios afastados e a gengiva protegida por uma resina fotopolimerizável que acaba endurecendo ao entrar em contato com a luz de LED, que não será usada apesar de ter esse nome.

Depois, sobre os dentes secos, um gel é aplicado e permanece lá por volta de 15 minutos. Neste meio tempo, a luz de alta potência é emitida sobre a boca, ela é uma mistura do LED com um pequeno feixe de laser que, na teoria, serve para ativar o gel, iniciando o procedimento.

Portanto, não é um método doloroso, ainda que a intensidade da luz possa fazer com que os dentes fiquem sensíveis durante um tempo após o procedimento.

Quando este for o caso, basta tomar os cuidados necessários para a sensibilidade ser controlada e causar menos incômodo.

Há também o risco de se ter irritação na gengiva, quando a moldeira usada como proteção não se adequa bem ao formato da boca ou quando é utilizado muito gel no paciente. Esse não é um problema grave e nem doloroso, mas por um pequeno espaço de tempo poderá gerar algum tipo de desconforto.

Quantas sessões são necessárias?

Geralmente, são realizadas três sessões de clareamento dental a laser até que o procedimento chegue ao fim, cada uma delas com um intervalo de tempo de uma semana a 14 dias. Isso pode variar de paciente para paciente, mas são raras as vezes em que essas regras não se aplicam. De qualquer maneira, o paciente já consegue sentir a diferença logo após deixar a clínica odontológica depois da primeira sessão.


Agende sua avaliação

Se preferir, agende por Telefone: 0800 601 1520


Esse intervalo de tempo entre uma sessão e outra é importante para dar mais conforto ao dente e impedir que o uso excessivo do agente clareador no mesmo dia cause danos.

Na verdade, três dias já bastariam para que uma nova sessão fosse realizada, mas como cada corpo reage de uma maneira, é melhor estipular um tempo maior, garantindo que a recuperação aconteceu completamente antes de mais produto ser aplicado.

Cuidados pós-procedimento

Para que se mantenha o resultado obtido e para que o clareamento dental a laser dure mais tempo, é necessário que alguns cuidados sejam tomados logo depois da primeira sessão ter sido realizada. São eles:

Cuide da alimentação

Evite ao máximo bebidas e alimentos que sejam muito ácidos, como sucos de frutas cítricas ou refrigerantes, já que como há o risco de se ter sensibilidade aumentada após a emissão da luz de LED, consumi-los tende a tornar ainda mais incômoda essa sensação. Cuidado também com temperos, principalmente aqueles mais fortes, como a pimenta.

Como os poros dos dentes estão mais acessíveis, tire também da sua dieta alimentos e bebidas muito coloridas ou com corantes. Alguns como cenoura, café, chocolate, vinho, beterraba e chá mate tendem a escurecer seu dente e acabar com o trabalho que foi feito, além de correr o risco de manchas aparecerem na superfície.

Mantenha a sua saúde bucal em dia

É de fundamental importância que todas as orientações do dentista quanto à higienização bucal e os produtos que deverão ser utilizados sejam seguidas à risca para garantir a eficiência do clareamento dental a laser.

Não escove os dentes depois de ingerir comidas e bebidas ácidas com corantes ou após vomitar. Como o pH da boca não está neutro, o creme dental aliado ao atrito da escova podem causar erosão dentária – é necessário esperar cerca de 30 minutos até que a boca volte a ficar com níveis normais de pH.

Mude alguns hábitos

De nada adianta clarear os dentes se você mantiver hábitos que são prejudiciais à coloração dental. E existem uma série deles que muitas pessoas apresentam, tais como beber bebida alcoólica (vinho), consumir tabaco e usar batons com cores muito fortes.

Existe risco de algum efeito colateral?

Sempre que o clareamento dental a laser for feito por uma clínica capacitada, não tema que qualquer tipo de efeito colateral apareça.

Somente há um risco se as orientações do dentista não forem seguidas, o que pode acarretar, principalmente, em problemas na gengiva. Mesmo quando eles aparecerem, não representam uma verdadeira ameaça à sua saúde e cicatrizam sozinhos com o passar do tempo usando medicações indicadas pelo profissional.

Preço médio

O preço do clareamento dental varia bastante de acordo com a técnica que será utilizada para isso. Somente após a primeira avaliação em uma clínica odontológica é possível saber quanto deverá ser investido para ficar com dentes branquinhos.

De qualquer forma, dá para ter uma noção do investimento levando em conta como está o mercado, mas precisa ter o diagnóstico do profissional e assim obter um orçamento certo.

 

Qual a vantagem de fazer o clareamento dental a laser?

Com o clareamento dental a laser, a história não seria diferente, há pessoas que defendem e outras que tem uma visão diferente. O que podemos acreditar é que o clareamento feito pelo dentista tem técnicas e materiais aprovados por estudos científicos.

O clareamento dental a laser traz, indiscutivelmente, resultados mais rápidos que a técnica realizada em casa, uma vez que, por ser realizada por um profissional, pode utilizar concentrações maiores do gel clareador (35% contra cerca de somente 20%).

Mais do que isso, o clareamento dental a laser sempre tem um acompanhamento muito próximo de um profissional capacitado e com experiência no assunto. Ele consegue identificar algumas características e problemas que pessoas sem esse tipo de formação não possuem. Sendo assim, o tratamento clínico garante que os resultados sejam melhores e traz mais segurança de que a sua saúde não corre risco por conta do tratamento.

Clareamento dental é para sempre?

Em nossa leitura não podemos afirmar que o clareamento dental é para sempre. Como orientação, é necessário que mantenha acompanhamento do dentista para todos os cuidados necessários para maior preservação da técnica aplicada, bem como manter a higienização bucal sempre em ordem.

Como dissemos anteriormente, com o passar do tempo os resultados obtidos já não existem mais e os dentes vão escurecer um pouco. Isso porque são vários os fatores que influenciam para que esse processo ocorra, alguns naturais e outros por falta de cuidado.

Se você seguir à risca as recomendações do dentista e mantiver hábitos saudáveis e corretos, espere que o clareamento dental a laser mantenha o seu dente com bastante brilho durante um período de um a dois anos, quando o escurecimento começa a acontecer.

 

Postado em 11/06/2019.


Compartilhe

Siga-nos no twitter

Siga-nos no twitter