Conheça mais sobre os nossos modelos de franquia

Propaganda de clínica odontológica: como as redes sociais podem te ajudar


Propaganda de clínica odontológica: como as redes sociais podem te ajudar

O acesso à internet é uma tendência mundial que vem ganhando significativos aumentos ao longo dos últimos anos e, nesse sentido, um dos países que mais cresce é o Brasil.

Em vista disso, cada vez mais os negócios — sejam eles pequenos, médios ou grandes —  estão investindo em uma coerente presença digital e, mais especificamente, em uma boa apresentação nas redes sociais. E isso não seria diferente no mercado odontológico, não é mesmo?

Por isso, nesse post abordaremos com riqueza de detalhes as melhores dicas a respeito da propaganda de clínicas odontológicas por meio do uso das redes sociais. Siga conosco e confira!

1. Por que um dentista precisa de rede social

A odontologia sempre foi uma das profissões mais procuradas e que mais forma profissionais, assim, quem trabalha na área sabe que há muita concorrência. Sendo assim, o profissional deve buscar diferenciais a fim de atrair mais clientes e fidelizar aqueles que ele já têm.

Um dos modos de conseguir essa diferenciação é lançar mão das mídias digitais, que, como já foi dito, fazem parte da vida de milhões de brasileiros. Portanto, elas também têm um alcance muito grande quando comparamos a outros meios de comunicação, tais como televisão, rádio ou impressos.

Nesse sentido, o grande destaque são as redes sociais, nas quais o dentista pode empreender e, por meio disso, colocar em evidência o seu trabalho sem ferir o código de ética da profissão e sem fazer publicidade direta.

2. Como os dentistas devem usar as redes sociais

Tenha em mente que a propaganda realizada nas redes sociais tem um caráter muito mais sutil e passivo do que as propagandas que estamos acostumados a ver nos grandes veículos de massa.

Assim, a propaganda virá de maneira mais informativa na forma de conteúdos, que estão ali com o intuito de atrair os usuários das redes sociais e fazer com que eles saibam que você existe – e, mais do que isso, se interessem por acompanhá-lo.

Desse modo, aposte em conteúdos bem definidos e que apresentem um diferencial. Esteja de olho em blogs de odontologia e procure trazer conteúdos inéditos e que ultrapassem o senso comum.

Não se esqueça, acima de tudo, de que estamos falando de odontologia, e a primeira coisa que ela nos faz lembrar são dos sorrisos! Assim, aposte em conteúdos que encantem seus clientes, promovam a vida, as boas energias, o bom humor e que, acima de tudo, traga sorrisos!

3. Quais são as principais redes sociais em que você deve apostar

Uma rede social, ao mesmo tempo em que apresenta muitas potencialidades, também pode ser muito frágil: um dia pode estar bombando para, tempos depois, cair no esquecimento das pessoas –  basta observarmos o caso do Orkut.

Dessa forma, não é interessante apostar em uma única rede social, sendo necessário diversificar e enriquecer o seu campo de atuação.

Entretanto, você sabe quais são as redes sociais que merecem mais sua atenção? Sabe quais são as melhores dicas envolvendo cada uma delas? Veja a seguir:

3.1 Facebook

Não é nenhuma novidade que o Facebook é, atualmente, a maior rede social do mundo. Dessa forma, ele deve ser levado em consideração como uma dos mais efetivos meios para obter sucesso nos meios digitais.

O primeiro passo para desfrutar das potencialidades do Facebook é não criar um perfil comum, e sim uma fanpage. Além de facilitar a veiculação de informações, você não estará misturando sua vida pessoal com a profissional. Ademais, a fanpage não tem limite de fãs e permite a programação das postagens.

Outro fator de grande importância é o equivocado pensamento de que “quantos mais curtidores ou seguidores minha página tiver, melhor!”. De que adianta ter mais e mais seguidores se a página não está lhe rendendo mais pacientes? Dessa maneira, o pensamento deve ser: “quanto mais pessoas interagirem e conversarem com meu consultório, melhor”.

Para promover a rica interação e engajamento dos usuários, é necessários que alguns passos sejam seguidos, tal como veremos mais adiante.

3.2 Instagram

O Brasil possui, de acordo com a própria rede Instagram, o segundo maior mercado de anúncio nessa rede social, perdendo apenas para os Estados Unidos.

Tendo isso em mente, apostar em uma rede social visual e com um crescimento tão significativo, tal como o Instagram, pode ser de grande importância para quem está buscando mais visibilidade.

3.3 Twitter

O Twitter é a rede social que possui o mecanismo de funcionamento mais diferenciado entre as já citadas. Ela possui um formato unilateral – ou seja, você simplesmente segue as pessoas que deseja e já passa a receber suas atualizações.

Além disso, ela tem um limite de caracteres: 140 por post. Isso, juntamente a outros fatores, fazem com que o seu foco seja muito mais na distribuição do que na conversação entre seus usuários.

Fácil de criar e de atualizar, a grande vantagem do Twitter é que as suas postagens serão vistas por todos os seus seguidores.

3.4 Integrando suas postagens

Como dissemos anteriormente, não é recomendado apostar em uma única rede social. No entanto, como conciliar o trabalho e a postagem nas várias redes sociais?

Para solucionar esse problema unindo o útil ao agradável, tente, sempre que possível, promover uma integração das suas postagens em várias redes sociais das quais você participa.

Uma postagem no Instagram, por exemplo, pode ser compartilhada também no Facebook e no Twitter. Assim, além de ganhar tempo, você também traça uma linha em comum entre todos os meios nos quais você está presente e cria uma personalidade digital de maior peso e significância.

4. O que e como postar em cada rede social

Agora que sabemos quais são as principais redes sociais nas quais você deve apostar suas fichas, é preciso saber o que postar e como realizar as postagens em cada uma delas. Vejamos uma a uma:

4.1 Facebook

Primeiramente, você deve decidir qual será a tônica das suas postagens: que personagem será construído? Como você o construirá?

Ademais, qual a frequência com a qual você postará? O ideal é de 2 a 4 vezes ao dia, pois, dessa forma, você atingirá um grande número de pessoas sem que esteja postando conteúdos em excesso.

Entretanto, como produzir um conteúdo que se destaque? Para produzir um conteúdo relevante em meio ao rio de informações que é o Facebook, algumas dicas devem ser levadas em consideração:

  • aposte em imagens, elas sempre convidam o leitor a ler o seu artigo;
  • lance mão de textos que estimulem engajamento, como enquetes, perguntas, entre outros;
  • dê valor aos vídeos, visto que essa rede social tem dado grande valor a esse tipo de conteúdo.

Ademais, é importante ressaltar que você sempre deve postar um mix de conteúdos: além dos conteúdos próprios, também é interessante postar conteúdos de terceiros, links para outros conteúdos e para o próprio Facebook – ou seja, conteúdos que têm a finalidade de serem consumidos lá mesmo.

4.2 Instagram

Sendo uma rede social visual, os conteúdos mais adequados para o Instagram devem ser capazes de transmitir uma mensagem seguindo uma proposta predominantemente visual. Dessa forma, damos destaque a:

  • infográficos;
  • comics;
  • tirinhas;
  • memes;
  • fotografias;
  • vídeos.

Esses são exemplos de bons conteúdos para serem veiculados no Instagram, pois conseguem transmitir uma boa quantidade de informações visualmente.

Outra dica importante é ser bastante sucinto na parte textual: 1 a 3 linhas são mais do que suficientes para uma boa legenda!

4.3 Twitter

Como já dissemos, o Twitter tem uma limitação de caracteres, o que faz com que ele aceite uma linguagem mais informal e com mais abreviações.

Além disso, o conteúdo formulado para esse tipo de mídia tem de ser simples de ser assimilado e capaz de passar uma informação rapidamente. Nesse sentido, ganham destaque as citações, os fatos estatísticos, os links para conteúdos externos, entre outras informações objetivas e interessantes.

5. Como interagir com os usuários de cada rede social

Com o tempo, você perceberá que conquistou um grupo de seguidores que possui muitas coisas em comum. No entanto, é importante alertar que cada uma das redes sociais exige um tratamento diferenciado com seus usuários.

5.1 Facebook

Quando se trata de interação com seus seguidores do Facebook, exitem algumas dicas. Vejamos quais são:

  • aproveite o recurso do chat para conversar com seus seguidores: preste suporte quando eles não conseguirem se comunicar por meio de outros canais;
  • faça com que seus seguidores se sintam especiais: informe-os sobre o que eles querem saber, crie eventos especiais, trate-os com educação e individualidade;
  • promova debates, crie enquetes, faça questionamentos: procure sempre promover o relacionamento com e entre seus seguidores;
  • integre as suas ferramentas: caso você já possua um site, não deixe de colocar o botão “curtir”, para que o visitante do seu site também possa conhecer sua rede social.
  • faça da sua fan page o seu site: sua página no Facebook pode ser utilizada como seu site, já que ela permite customização mais formal, em que você pode agregar elementos sobre o seu serviço.

5.2 Instagram

No Instagram, o seu maior desafio para interagir com seus seguidores será o critério que utilizará para responder aos inúmeros comentários que forem feitos sobre suas imagens.

Nesse sentido, algumas dicas são de grande valia:

  • inicialmente, é preciso que você conheça a fundo o público com o qual está lidando: seus objetivos, expectativas e, é claro, a linguagem por ele utilizada;
  • em seguida, tente incorporar seus valores, direcionamentos e políticas de comunicação nas suas respostas – até mesmo como uma forma de padronizar o relacionamento que você possui com os seus clientes;
  • em geral, todos os comentários realizados no Instagram devem ser respondidos. Entretanto, se forem muitos comentários, a melhor saída é criar uma política de respostas e dar prioridade aos comentários que forem mais relevantes e importantes.

5.3 Twitter


Quero ser franqueado


O Twitter é uma rede social mais limitada quando o assunto é a interação entre os seus usuários.

Entrementes, há algumas dicas que são essenciais para quem está querendo publicar no Twitter e também interagir com seus seguidores:

  • use as hashtags de maneira muito bem pensada: afinal, elas ajudam a organizar o seu conteúdo ao redor de um tema;
  • mencione outros usuários do Twitter: quando as pessoas são mencionadas, elas têm mais facilidade para entrar na conversa e serem mais engajadas;
  • use retweets: sempre que puder, retweet fotos ou vídeos interessantes.

5.4 Promova o relacionamento

Independentemente de qual for a rede social, tenha sempre em mente que o que você mais quer é promover o relacionamento.

Ou seja, você quer que haja interação e engajamento do público em sua rede social para que consiga criar um bom relacionamento com seus clientes.

Em vista disso, não tenha medo de interagir, agradecer a participação e sempre fomentar o diálogo, mostrando que está atento e interessado no que sua audiência diz.

6. O que fazer para gerar mais engajamento

Para gerar mais engajamento nas suas redes sociais, é necessário marcar presença nelas: é preciso que, além de haver conteúdo de qualidade, haja também a interação com os pacientes.

Entretanto, qual é a melhor maneira de gerar mais engajamento?

6.1 Sempre ofereça algo

A cada minuto, dezenas de milhares de informações são compartilhadas nas redes sociais. Dessa forma, em meio às fotos do casamento da amiga ou de gatinhos fofinhos, por que o seu consultório merece a atenção?

O conteúdo compartilhado por você tem de oferecer algo muito interessante que seja capaz de captar a atenção do leitor, afinal, esse é o primeiro passo para que ele note a sua presença, considere a relevância do seu conteúdo e passe a sentir vontade de interagir com você.

6.2 Personalize o diálogo que tem nas redes sociais

Trate cada uma das pessoas que interagirem com você de maneira individualizada. É claro que seu público pode apresentar comportamentos semelhantes, entretanto, procure dirigir-se diretamente aos seus pacientes – afinal, não há nada pior do que ter a sensação de estar conversando com uma máquina.

Haja humanamente e passe a segurança de que, mesmo pelos meios digitais, você se importa em tratar bem seus pacientes. Leia com atenção o que seu cliente quer de você e responda com educação e objetividade.

6.3 Não se estresse quando receber comentários negativos

O público que utiliza a internet é muito vasto e você jamais conseguirá agradar a todos. Dessa forma, caso apareçam comentários negativos sobre o seu consultório ou sobre o seu trabalho, responda educadamente a todos eles, sempre se baseando em informações reais e sendo ético.

Ademais, sempre podem existir críticas construtivas: apoie-se nelas e tente extrair o máximo possível acerca do que seus pacientes acreditam que você pode melhorar

6.4 Deixe seu conteúdo com a cara da internet

Mantenha-se sempre atualizado sobre quais são as novidades que estão surgindo: do que as pessoas estão falando? Qual o assunto da vez? Há algum novo meme?

Não há um manual básico da internet que dure a vida toda, assim, quem deseja conquistar espaço deve estar continuamente atualizado e por dentro de tudo o que está acontecendo.

Tendo isso em mente, busque inserir o conteúdo do consultório aos moldes das tendência que estão em voga. Isso fará com que as pessoas se interessem mais pelo seu conteúdo, queiram consumi-lo cada vez mais e, consequentemente, se sintam mais atraídas para interagir com você.

6.5 Não deixe de postar imagens

As imagens são ferramentas que convidam as pessoas a iniciarem a leitura do seu conteúdo. Assim, uma imagem bem escolhida pode levar muito mais pessoas a lerem o seu texto.

Mas tome cuidado: não é qualquer imagem que pode ser veiculada por você! Dê preferência aos sites que disponibilizam imagens gratuitas e com direitos autorais livres para que você não tenha problemas posteriores.

6.6 Jamais deixe de acompanhar seus resultados

Cada passo dado e cada resultado obtido devem ser acompanhados. Diferentemente dos meios de publicidade e propaganda tradicionais – nos quais você só tem acesso ao número de pessoas que foram atingidas pela sua propaganda – na internet, você pode ter acesso a muitas outras informações:

  • Quantas pessoas olharam o seu anúncio?
  • Quem clicou no seu anúncio?
  • Quantas pessoas preencheram seu formulário de cadastro?
  • Quantas menções foram feitas nas redes sociais?

É possível ter contato com uma série de dados que serão seu norte para que você descubra o que deve melhorar e no que deve se dedicar mais.

7. Quais são as regras para a divulgação de serviços odontológicos?

Você certamente deve conhecer o Código de Ética Odontológica e sabe que nele também há uma sessão que regulariza o anúncio, a propaganda e a publicidade dos serviços odontológicos, especificando tudo o que é permitido e tudo o que não é.

Separamos aqui algumas das infrações éticas que nele estão presentes e que, portanto, não devem ser cometidas de nenhuma maneira:

  • anunciar preços e modalidades de pagamento;
  • anunciar títulos que não possui;
  • anunciar equipamentos, instalações ou técnicas de tratamento;
  • anunciar especialidades odontológicas que não estejam previamente regulamentadas pelo Conselho Federal de Odontologia;
  • oferecer trabalhos gratuitos com a intenção de se autopromover;
  • dar um diagnósticos, consulta ou prescrição de tratamento utilizando meios de comunicação de massa.

É claro que há muitas outras especificações, fazendo com que a leitura do Código seja fundamental para que o você consiga empreender uma boa atuação nas redes sociais sem ferir as regras que regem sua profissão.

8. Como investir em Ads para conseguir melhores resultados

Quando se trata de ads não tem jeito: o grande destaque é o Facebook Ads.

Os investimentos em anúncios no Facebook vem aumentando incrivelmente, mostrando que as empresas em geral estão apostando nessa nova maneira de fazer publicidade.

Tendo isso em mente, vamos explicar detalhadamente como investir em ads para obter os melhores resultados para a sua clínica. Acompanhe:

8.1 O que é o Facebook Ads?

O Facebook Ads é um sistema de mídia paga da rede social Facebook, em que uma grande diversidade de formatos de anúncios são oferecidas para que você possa atingir com maior precisão o seu público.

Atualmente, o Facebook Ads é uma das mídias pagas que mais traz resultados quando o assunto é Marketing Digital. Os formatos dos anúncios oferecidos são bastante variados, o que possibilita um grande número de opções de segmentação e traz, como consequência, mais conversões.

8.2 Por que pagar para usá-lo?

Hoje em dia, o Facebook trabalha com algoritmos que farão (ou não) com que as pessoas que curtem a sua página vejam a sua postagem. Assim, uma pequena parcela das pessoas verão o conteúdo postado de maneira orgânica – ou seja, por livre e espontânea vontade.

Desse modo, a forma encontrada pelas empresas para lidar com o desaparecimento do fluxo orgânico foi começar a pagar para utilizar o Impulsionar Post ou o Facebook Ads.

Não é a toa que, atualmente, essa rede social é a mais eficaz quando o assunto é fazer propaganda na web.

8.3 Qual é a diferença entre o Impulsionar Post e o Facebook Ads?

Tanto o Impulsionar Post quanto o Facebook Ads são formas pagas de fazer com que suas postagens sejam vistas por um maior número de seguidores, o que diferencia um do outro é a complexidade de cada um. Vejamos:

  • Impulsionar Post: é menos eficiente, porém, é uma maneira mais simples se fazer com que seus seguidores estejam a par do que você está postando. Ou seja, é uma maneira mais fácil e mais rápida de assegurar que seus seguidores (e os amigos dos seguidores) vejam o post da sua página.
  • Facebook Ads: O Facebook Ads é muito mais complexo e precisa ser minunciosamente configurado e personalizado de acordo com suas ambições.

Assim, a grande vantagem de investir no Facebook Ads é que ele é altamente segmentado, ou seja, ele armazena uma quantidade gigante de informações a respeito dos seus usuários – possibilitando uma propaganda específica para um determinado nicho.

8.4 Os formatos de postagens mais comuns

Quando se trata de formatos de postagens, há dois que se destacam. Vejamos cada um deles:

  • Linha do tempo (posts patrocinados): O post patrocinado funciona melhor com conteúdo, seja ele qual for – posts, divulgação de e-books, vídeos, entre outros.
  • Barra lateral: A barra lateral, por sua vez, funciona melhor com promoções. Fique atento, entretanto, para não divulgar nada que fira o Código de Ética Odontológica.

9. As redes sociais e a propaganda de clínica odontológica

Depois de conferir essas dicas, com certeza ficou mais fácil entender como e por que as redes sociais constituem um incrível instrumento para que você possa fazer a propaganda da sua clínica odontológica de maneira coerente e bem-sucedida.

Além disso, buscamos mostrar a você formas simples de lidar com cada uma das principais redes sociais, assimilando o diferencial de cada uma delas, bem como o cuidado que deve ser tomado ao manejá-las.

Gostou do nosso artigo? Ficou mais fácil empreender uma propaganda de clínica odontológica? Caso queira mais informações, não deixe de assinar nossa newsletter para ficar por dentro de todo o nosso conteúdo!

Postado em 24/02/2017.


Compartilhe

Siga-nos no facebook

Siga-nos no Linkedin

Siga-nos no Linkedin