Conheça mais sobre os nossos modelos de franquia

Marketing odontológico: 6 piores erros ao divulgar seu consultório


Marketing odontológico: 6 piores erros ao divulgar seu consultório

Ao iniciar uma estratégia de marketing odontológico, muitos dentistas criam altas expectativas em relação à solução, mas investem pouco em conhecimento sobre o assunto e a respeito das possibilidades reais de retorno. Essa postura faz com que muitos profissionais da área desconfiem da eficácia do marketing para consultórios.

No entanto, as altas expectativas podem se concretizar. Uma estratégia de marketing odontológico executada adequadamente pode aumentar em até 300% o faturamento anual de um consultório! Para atingir esse resultado, alguns erros devem ser evitados na divulgação. Quer saber quais? Continue a leitura!

Quais os principais erros ao realizar marketing odontológico?

Conhecer os erros mais frequentes no desenvolvimento de uma estratégia de marketing voltado para odontologia é a melhor forma de evitá-los.

Selecionamos e analisamos seis erros comuns de dentistas ao realizarem a divulgação do consultório e explicamos como evitar que esses problemas ocorram! Confira:

1. Não conhecer o público-alvo

Uma campanha de marketing ou publicidade que queira “agradar a todos” pode acabar não agradando ninguém. Atualmente, as ações devem ser planejadas já com foco no público-alvo que será impactado por aquela ação — especialmente quando se trata de procedimentos específicos.

Dentistas com especializações devem ter um foco bem delimitado no desenvolvimento das ações de marketing, pois atraem um público com um interesse bem específico e, nesse contexto, uma ação genérica pode afastar o paciente ideal.

Como evitar: para evitar que as campanhas sejam muito amplas, é indicado que o consultório crie um perfil do “cliente ideal”, listando todas as características desse possível paciente.

Podem ser analisados dados demográficos, expectativas, receios e objetivos dessa persona. Assim, a campanha será planejada visando impactar positivamente esse consumidor e atrair mais clientes com o perfil certo.

2. Não fazer um planejamento estratégico

Realizar as ações de forma aleatória e sem um planejamento prévio pode representar um alto investimento sem o alcance do retorno esperado.

A falta de planejamento estratégico consiste em iniciar uma solução digital sem foco ou objetivos definidos, realizando as ações conforme disponibilidade de tempo e orçamento. No entanto, vale lembrar que, sem periodicidade definida ou consistência nas ações, é praticamente impossível obter sucesso com marketing.

Como evitar: o marketing odontológico só deve ser colocado em prática com o apoio de um serviço especializado, que defina quais ações serão realizadas (e por quê), com qual frequência, qual o público-alvo, quais os objetivos da estratégia, qual identidade visual será adotada etc. Além disso, as métricas de sucesso de cada etapa devem ser estabelecidas e observadas.

3. Esperar resultados imediatos sem realizar ações concretas

Como mencionado inicialmente, muitos dentistas iniciam uma solução de marketing digital com altas expectativas de aumento na lucratividade do consultório, mas não desenvolvem ações concretas que sustentem esses objetivos.

Outro erro recorrente é esperar que as ações deem um resultado imediato e aumente o número de pacientes de um mês para o outro.

Como evitar: inicialmente, é preciso pesquisar sobre as soluções de marketing odontológico para saber quais resultados podem ser alcançados e em quanto tempo, trazendo realismo ao investimento.

Posteriormente, deve-se considerar qual o orçamento disponível e quais ações podem ser realizadas, definindo objetivos condizentes com a realidade do investimento e evitando decepções.

4. Copiar estratégias da concorrência


Quero ser franqueado


A falta de autenticidade no desenvolvimento de um plano de marketing pode acarretar uma série de problemas para o negócio, como:

  • Processos judiciais decorrentes de violação de propriedade intelectual;
  • Uso de imagens sem a devida autorização;
  • Realizar ações que não sejam focadas no público-alvo do negócio;
  • Investir em estratégias que não trazem resultados;
  • Falta de personalização da solução e impacto negativo no público.

Esses são apenas alguns dos problemas que podem ser gerados com a cópia de uma estratégia ou de uma ação da concorrência.

Como evitar: a análise dos concorrentes é uma estratégia essencial no desenvolvimento de um plano de marketing. Entretanto, ela deve ser usada visando identificar oportunidades de atuação, lacunas do segmento, falhas que podem ser supridas pelo consultório etc.

Use a análise da concorrência como uma ferramenta para encontrar diferenciais para o consultório e se destacar no mercado de maneira original.

5. Não focar nos benefícios do tratamento

Entre os erros comuns cometidos no marketing odontológico, destaca-se a ausência de materiais que expliquem para o paciente quais são os benefícios do tratamento e quais são os diferenciais do consultório.

Muitas soluções são focadas nos problemas bucais que precisam de tratamento, limitando as informações do paciente sobre o serviço oferecido e, dessa forma, não envolvendo o usuário na solução.

Como evitar: parta do pressuposto de que seus pacientes estão em busca de soluções de problemas. A estratégia de marketing deve apresentar quais são os benefícios do tratamento, quais são os diferenciais da sua clínica, oferecer depoimentos de outros pacientes, explicar o procedimento detalhadamente etc.

Atrair um paciente para o consultório consiste em informá-lo sobre o problema e já apresentar a solução da forma mais completa possível.

6. Produzir materiais de forma amadora

Tanto os materiais escritos, quanto as imagens, vídeos, infográficos, cartões e banners de um consultório devem ser produzidos de forma profissional.

O uso amador de ferramentas de edição de texto, imagem e vídeo tem gerado uma grande quantidade de materiais visualmente feios, com erros, baixa qualidade e que, consequentemente, afastam os clientes.

Como evitar: todas as soluções adotadas pela empresa, como site, conteúdos, fotos, vídeos, publicações em mídias sociais etc. devem ser realizadas por profissionais. Ou seja, uma publicação para o blog deve ser produzida por um profissional de redação, enquanto as imagens devem ser editadas por um design e assim por diante.

A profissionalização nos materiais garante maior qualidade estética e de conteúdo, demonstra ao cliente o cuidado que o consultório possui com a divulgação e permite o desenvolvimento de um marketing de relacionamento com os pacientes.

Quando investir em marketing odontológico?

O marketing odontológico é uma estratégia que pode ser adotada por consultórios novos, mas também por profissionais que já estão consolidados no mercado e desejam aumentar o rendimento, aproveitando novas oportunidades de negócios.

São diversas as soluções que podem ser implementadas no consultório, aumentando a eficácia das ações. No entanto, como demonstrado, é importante fugir dos erros comuns e investir em profissionalização.

Quer saber mais sobre marketing odontológico e as oportunidades que podem ser aproveitadas pelo seu consultório? Faça download gratuito do e-book O Guia Completo do Marketing Digital para Clínicas Odontológicas e continue aprendendo!

Postado em 13/03/2017.


Compartilhe

Siga-nos no facebook

Siga-nos no Linkedin

Siga-nos no Linkedin