Conheça mais sobre os nossos modelos de franquia

A importância do treinamento de funcionários da sua clínica odontológica


A importância do treinamento de funcionários da sua clínica odontológica

Gerir uma empresa não é mesmo uma tarefa simples. Mas, quando falamos de pequenas empresas ou empreendedores, a situação é ainda mais complicada.

De fato, a ideia de ter o próprio negócio tem atraído muitos profissionais, que buscam maior flexibilidade de trabalho. Nesse sentido, boa parte dos odontólogos em início de carreira acreditam que ter o próprio consultório é a melhor opção.

Contudo, muitas vezes acabam se esquecendo de que essa é uma atividade que requer o auxílio de outras pessoas, seja uma secretária ou mesmo auxiliar de consultório. Afinal é impossível fazer tudo sozinho.

Já pensou ter que realizar os procedimentos odontológicos e, ao mesmo tempo, que recepcionar clientes, atender o telefone e receber pagamentos? Impossível fazer tudo isso sozinho, não é mesmo?

Diante disso, sabemos que a qualidade do atendimento é um dos pré-requisitos para conquistar novos clientes e manter os mais antigos. E, consequentemente, melhorar os resultados da sua empresa.

Portanto, hoje vamos demonstrar 3 motivos para você começar a investir na capacitação e treinamento de funcionários hoje mesmo, além de duas dicas especiais. Continue lendo este post e confira!

3 motivos para investir em treinamento de funcionários

Vantagem competitiva

Cuidar do sorriso de alguém é uma atividade gratificante, mas que exige bastante sensibilidade por parte do profissional e de toda sua equipe.

Diariamente, surgem vários perfis distintos de clientes no consultório, e a sua missão inicial é mostrar para eles qual é o diferencial da sua clínica em relação às demais, demonstrando a importância dos cuidados dentários para a vida pessoal e profissional de seus clientes.

Ou seja, é preciso cativar o cliente, exibindo confiabilidade e respeito. Mas, você já parou para pensar que o primeiro contato do seu cliente geralmente é feito, na verdade, com os seus colaboradores, seja por telefone ou por busca de informações?

Justamente por isso, é essencial que seus colaboradores estejam preparados e alinhados aos objetivos da empresa. Afinal, são a postura e os serviços prestados por eles que colocam sua clínica a frente da concorrência.

Aumento da produtividade

Nesse momento em que o país está passando por uma grande recessão econômica, muitos clientes acabam sumindo dos consultórios. E, como a sua renda depende da quantidade de atendimentos realizados, isso pode ser um problema.

Portanto, estruture um planejamento e estabeleça metas de atendimento para sua clínica. É necessário que os seus colaboradores não sejam treinados apenas para receber clientes, mas também para captar novos e resgatar aqueles que sumiram do seu consultório.

Assim, com o adequado treinamento de funcionários, você capacita seus auxiliares para articular novas estratégias de atendimento e abordagem de clientes, aumentando a qualidade dos serviços — e, com isso, a sua lucratividade.

Saúde do colaborador

A atividade odontológica expõe dentistas e colaboradores de consultórios odontológicos a alguns riscos, como o contágio e transmissão de doenças contagiosas. Logo, é imprescindível que todos os colaboradores tenham consciência dos riscos e cuidados necessários para atuarem de forma preventiva.

Isso inclui a higienização das mãos, a imunização contra doenças infecciosas, a desinfecção do ambiente, a esterilização de instrumentos, o uso de equipamentos de proteção individual — como luvas e jalecos — e o descarte correto de resíduos e materiais descartáveis.

Nesse sentido, uma falha muito comum em consultórios odontológicos é justamente a falta de treinamento de funcionários. Sem as devidas orientações, o trabalhador pode facilmente adquirir ou transmitir uma infecção.


Quero ser franqueado


Prova disso é que, apesar de ser incorreto e extremamente perigoso, não raro vemos colaboradores de clínicas odontológicas atendendo telefones com luvas já utilizadas em procedimentos, por exemplo.

Bônus: vantagens do consultório próprio e da rede de franqueados

Você terminou a faculdade de odontologia há pouco tempo? Então, deve estar se perguntando: devo abrir um consultório ou investir numa franquia?

Não se preocupe! A seguir, nós preparamos dois bônus incríveis para te ajudar nessa tarefa, demonstrando as vantagens de cada uma dessas opções. Confira!

Consultório próprio

Em primeiro lugar, ao montar seu próprio consultório você precisa planejar suas ações praticamente sozinho, desde arranjar o local adequado para a instalação física até a captação de clientes.

Além disso, ao se tornar um empreendedor, você terá que lidar com a gestão de pessoas, tornando-se responsável pela seleção, contratação e treinamento de funcionários. Assim, você será responsável por toda dinâmica de funcionamento do seu consultório, incluindo a solicitação da licença para funcionamento.

No entanto, com as atividades cotidianas, nem sempre é possível fazer uma gestão administrativa organizacional adequada. Portanto o ideal é que você busque o apoio de uma consultoria para nortear suas ações.

Entre as vantagens dessa opção está a autonomia sobre o seu negócio. Contudo, se trata de um investimento alto — até porque você deve priorizar uma estrutura e equipamentos de qualidade para garantir a satisfação e a saúde dos seus clientes.

Rede de franqueados

Quer simplificar ainda mais sua rotina como dentista, sem precisar se preocupar com montar toda estrutura de atendimento? Precisa de um destaque no mercado? Já pensou ter uma estrutura física completa, com salas de atendimento, suporte administrativo, comercial e gerencial?

Pois é; a grande vantagem de uma franquia odontológica é que ela te oferece todas as informações para estruturar o seu negócio, e você se beneficia pelo peso do nome da franquia no mercado.

Atualmente, existem várias redes de franquias que oferecem toda estrutura física e tecnológica para os seus associados. Incluindo serviço de consultoria e profissionais de suporte — recepcionistas, administrativos, gerentes, consultores, técnicos — bem treinados.

Outra vantagem é que, geralmente, o peso da franquia — que já possui um nome consolidado no mercado — facilita a prospecção de clientes devido ao grau de confiabilidade e humanização já conquistado.

Viu só como existem várias formas de expandir sua atuação e consolidar o seu nome no mercado odontológico?

Ainda assim, é importante frisar que, seja num consultório próprio ou numa franquia, é fundamental que haja o treinamento de funcionários, para que sua equipe seja devidamente qualificada a atender as demandas de atuação dentro de um consultório odontológico.

E não se esqueça de observar quais são as suas necessidades de mercado, e investir no modelo que melhor se adéqua à sua realidade!

E aí, gostou do post? Já sabe qual é a melhor opção para o seu negócio? Deixe-nos o seu comentário e compartilhe a sua opinião com a gente. Assim, você aproveita para interagir com outros profissionais da área e começa a construir o seu networking no mercado odontológico!

Postado em 12/12/2016.


Compartilhe

Siga-nos no facebook

Siga-nos no Linkedin

Siga-nos no Linkedin