Agende a sua avaliação
Ou agende pelo telefone 0800 601 1520

Agende a sua avaliação de forma rápida e fácil

Agende a sua avaliação

O que você precisa saber sobre chupeta e dentição de bebês e crianças?



Não há dúvidas de que a chupeta é um santo remédio para acalmar os pequenos. Além de satisfazer à necessidade natural de sucção dos recém-nascidos, ajuda nos desconfortos com as cólicas e até a dormirem melhor. Porém, em longo prazo, ela pode interferir na dentição de bebês.

Então, o que fazer? Neste artigo, você verá os danos que a chupeta pode causar, quais os cuidados necessários para que os dentinhos do bebê não sejam prejudicados, a idade ideal para sua retirada e quando é necessário procurar o dentista. Acompanhe!

Quais os perigos da chupeta para a dentição de bebês?

A chupeta traz um conforto emocional para os pequenos, por isso não há problema em oferecer o objeto. Os danos podem acontecer se o seu uso for prolongado e constante, principalmente quando começam a aparecer os primeiros dentes, por volta dos 6 meses.

A chupeta pode acarretar alguns prejuízos, como projeção dos dentinhos para a frente, mordida aberta (quando os dentes superiores e inferiores não se encostam), desequilíbrio entre as arcadas dentárias, além de alterações na posição dos dentes e até do céu da boca.

Além do mais, tudo isso pode comprometer a fala, a respiração e até a alimentação, sem contar a estética.

Quais os cuidados que os pais devem tomar para evitar problemas?

Após nascerem os dentinhos, o ideal é que os pais tentem diminuir o uso da chupeta, principalmente durante o dia, pois, além de prejudicar a dentição dos bebês, ela pode ficar suja, trazendo um perigo para a saúde dos pequenos.

Por isso, também é muito importante supervisionar ao máximo o seu uso. Assim, ao cair no chão, você já consegue esterilizá-la imediatamente.

Qual a idade ideal para retirar a chupeta da criança?

O quanto antes o objeto for retirado da vida da criança, melhor! Contudo, sabemos que não é tão fácil assim. Então, tente limitar o uso até os 2 aninhos, para que não haja danos na dentição ou, se houver, as chances de correção sejam maiores.


Agende sua avaliação

Se preferir, agende por Telefone: 0800 601 1520


A negociação não será fácil, mas, nessa idade, a criança já tem outros interesses, não sente tanta necessidade de sucção e consegue compreender mais as coisas. Logo, você pode trocá-la por um presente, falar para a criança deixá-la para o Papai Noel ou inventar outras situações lúdicas.

É essencial também que os pais sejam firmes! Depois de retirarem a chupeta, não podem oferecer novamente.

Chupeta ortodôntica

Dê preferência a chupetas de silicone e ortodônticas, que têm o formato mais achatado e anatômico e, por essa razão, causam menos prejuízos na dentição de bebês. Inclusive, é importante que a chupeta seja trocada de acordo com a faixa etária da criança.

Ademais, não coloque cordões ou outros acessórios pendurados na chupeta, pois acarretam um peso maior no objeto, comprometendo ainda mais a dentição, sem contar o risco de ficarem enrolados no pescoço.

Quando é preciso levar a criança que usa chupeta ao dentista?

Quando surgem os primeiros dentinhos, os pais já podem levar a criança ao odontopediatra, que dará as orientações de higiene bucal e fará um acompanhamento dos dentes. Assim, caso haja necessidade, o profissional a indicará ao ortodontista. Porém, se já apresenta algum problema na posição dos dentes ou da arcada, leve-a logo ao especialista e verifique a necessidade do tratamento.

É importante se preocupar com o desenvolvimento da dentição de bebês e retirar a chupeta no tempo certo para evitar danos maiores. Portanto, leve a criança periodicamente ao dentista e, se necessário, ao ortodontista para verificar se está tudo bem com a saúde bucal, o desenvolvimento ósseo e o posicionamento dos dentes.

Gostou de saber um pouco mais acerca da saúde bucal das crianças? Então aproveite para ler o nosso artigo sobre o que fazer quando aparecem os primeiros dentinhos do bebê!

Postado em 30/10/2017.


Compartilhe

Siga-nos no twitter

Siga-nos no twitter