Conheça mais sobre os nossos modelos de franquia

Dentista empreendedor: 8 dicas para começar o próprio negócio


Dentista empreendedor: 8 dicas para começar o próprio negócio

Para ter uma carreira de sucesso, os profissionais das mais diversas áreas do mercado já perceberam que é preciso fazer bem mais do que apenas aquilo que aprenderam nas faculdades. Mais do que ser um bom especialista ou detentor de uma excelente técnica, só tem êxito realmente quem sabe como atrair e fidelizar clientes com maestria.

Para você, dentista, ser um empreendedor é fundamental. No entanto, essa tarefa pode ser um pouco mais complexa do que parece. O setor é concorrido e com um alto grau de exigência, o que faz com que diversos cuidados precisem ser tomados.

Quer aprender como se tornar um dentista empreendedor? Então não deixe de conferir o conteúdo que preparamos a seguir!

1. Defina seu público-alvo

O primeiro passo para o empreendedorismo é definir o seu público-alvo. Isso não quer dizer que você deva atender exclusivamente a um perfil de pessoas, mas sim que deve estar mais preparado para compreender suas expectativas, necessidades e demandas.

É esse cliente padrão que norteará todas as decisões que você vai tomar daí em diante, indo desde o estilo da decoração até a aquisição de equipamentos e mobílias. Se sua pretensão é de ter uma clínica popular, por exemplo, encontre um local em uma área mais central. Caso queira se aprofundar em procedimentos caros, uma mobília de qualidade é fundamental.

2. Escolha a localização perfeita

A posição geográfica da clínica também é um ponto-chave para ampliar suas chances de sucesso. Dentro dessa realidade, é muito importante decidir com inteligência e estratégia em qual lugar você vai instalar seu empreendimento. Como dissemos antes, tudo isso passa pelo tipo de público-alvo que deseja atender.

Uma clínica popular, por exemplo, precisa ficar em bairros simples e de fácil acesso por meio de transportes públicos, como ônibus, metrô ou trem. Já um consultório de luxo pode se instalar em uma região nobre, mas deve contar com facilidades como estacionamento e segurança no horário comercial.

3. Opte por uma franquia

O mercado de franquias está em forte crescimento no Brasil e isso não está ocorrendo por acaso. O fato é que, ao se tornar um franqueado, você passa a ter não apenas todo o conhecimento de mercado e a assessoria de um negócio consolidado, mas também experimenta os benefícios do seu plano de marketing.

No universo da odontologia isso pode ser muito positivo, pois esse é um mercado no qual não é muito simples se inserir entre os profissionais mais procurados. Avalie quais são as alternativas do mercado, veja se cabem no seu orçamento e se a região na qual você pretende se inserir já não conta com muitas outras empresas do mesmo tipo.

4. Invista no ambiente

Agora que a sua localização está definida, é hora de adequar o ambiente para o seu melhor funcionamento. Proporcionar um local agradável para o público ajuda não apenas a atrair novos clientes, mas principalmente a manter pacientes antigos por mais tempo no seu empreendimento.

Lembre-se, sobretudo, de que a recepção tem um papel-chave no relacionamento com os clientes, pois eles passam boa parte do tempo lá. Invista em um ar-condicionado, revistas e jornais atualizados e ao menos um filtro com água gelada. Uma mobília confortável e uma máquina de café também são muito bem-vindas.

5. Faça boas contratações


Quero ser franqueado


Seus funcionários, especialmente a secretária, são a linha de frente da sua clínica com os clientes. Sendo assim, escolhê-los com inteligência e treiná-los adequadamente são fatores fundamentais para o sucesso de um dentista empreendedor. Divulgue as vagas disponíveis em jornais ou sites especializados e analise criteriosamente os currículos recebidos.

Uma forma eficiente de não errar é dar preferência a indicações e referências de pessoas conhecidas ou outros profissionais. Tente contar com profissionais experientes no atendimento ao público e, se achar necessário, proporcione treinamentos, especialmente se você pretende adotar tecnologias como o prontuário eletrônico.

6. Mantenha bons fornecedores

Manter o funcionamento de um consultório odontológico requer não apenas um excelente dentista e bons colaboradores. É preciso ter em mente que você vai precisar dos mais diversos materiais para deixar tudo em dia, tanto no consultório em si quanto na parte operacional.

Dentro dessa realidade, ter fornecedores de alta reputação é simplesmente indispensável. Procure estabelecer boas relações com quem você já tem confiança e não hesite em fazer uma extensa pesquisa levando em consideração a indicação de outros profissionais do ramo. Entenda todos os custos, compare e converse bastante com as pessoas envolvidas.

7. Confie no marketing digital

O marketing digital é uma estratégia importante para o dentista empreendedor, especialmente se levarmos em conta que é uma forma de fazer propaganda de excepcional custo-benefício. Com as estratégias certas, você ganha credibilidade, atrai o público e consegue concorrer até com grandes consultórios.

Para começar, um bom website é essencial. Ele é o seu endereço digital e você deve usá-lo para divulgar suas especialidades, seus diferenciais e suas formas de contato. Os blogs também estão em alta e escrever posts relacionados à sua área pode ajudar a ganhar autoridade diante dos pacientes e até mesmo da concorrência.

8. Seja paciente

Por fim, outra qualidade que um dentista empreendedor precisa cultivar é a paciência. Por mais que seja evidente que ter resultados imediatos é muito mais gostoso, o fato é que o mercado não é assim e você pode ter que aguardar algum tempo para ter o retorno de todo esse investimento de dinheiro e energia.

O grande segredo é não se abater e aperfeiçoar cada um desses passos, solidificando a trilha que levará a sua clínica até o sucesso que você tanto espera. Observe o que está dando certo ou errado, colha opiniões dos pacientes, aprimore seus processos e não desista. Dessa forma, o êxito merecido será apenas questão de tempo!

E agora, pronto para se tornar um dentista empreendedor? Não deixe de colocar todas essas dicas em prática!

Gostou desse conteúdo e não vê a hora de começar? Quer mais dicas de empreendedorismo na área odontológica? Então não deixe de conferir o conteúdo do nosso guia prático para você montar sua clínica odontológica!

Postado em 08/05/2017.


Compartilhe

Siga-nos no facebook

Siga-nos no Linkedin

Siga-nos no Linkedin