Agende a sua avaliação
Ou agende pelo telefone 0800 601 1520

Agende a sua avaliação de forma rápida e fácil

Agende a sua avaliação

Saiba com qual frequência você deve ir ao dentista


Saiba com qual frequência você deve ir ao dentista

Você cuida da sua saúde? É preocupado em manter uma dieta balanceada e fica atento aos sinais e sintomas estranhos? E com a sua boca, você se preocupa? Ir ao dentista é uma atividade que deve estar em nosso calendário.

Ao menos 2 vezes por anos é importante visitar esse profissional para rever a sua higiene bucal e fazer um exame geral, a fim de prevenir e fazer um diagnóstico precoce de possíveis problemas dentários.

Descobrir uma doença bucal no início nos dá a oportunidade de optar por um tratamento mais simples e, muitas vezes, mais barato, além de garantir maiores chances de cura. Veja a seguir qual a necessidade de ir ao dentista em cada fase da vida!

Com qual frequência devo ir ao dentista?

Devem ser feitas, no mínimo, duas visitas por ano, mas somente o profissional saberá a frequência ideal de consultas, já que a periodicidade pode mudar de acordo com alguns fatores:

Idade

Os dentes permanentes são mais vulneráveis às cáries, por isso é importante levar as crianças de 6 a 8 anos com bastante regularidade ao dentista. Já na adolescência os dentes são menos suscetíveis às cáries, ou seja, os riscos variam ao longo dos anos.

Histórico odontológico

Pessoas que já tiveram cáries ou têm histórico de doença periodontal necessitam de um acompanhamento mais cuidadoso e, às vezes, precisam de uma periodicidade maior de consultas.

Hábitos alimentares

Comer muito açúcar ou ter uma alimentação deficiente também pode levar a problemas dentários, o que requer maior número de visitas ao dentista em menos tempo.

Ingestão de bebidas alcoólicas e cigarro

Comportamentos de risco como esses podem desencadear sérios problemas de saúde. É necessário maior acompanhamento para diagnóstico precoce e prevenção de doenças como o câncer de boca.

Uso de aparelhos ortodônticos


Agende sua avaliação

Se preferir, agende por Telefone: 0800 601 1520


Além de precisar de uma orientação constante na higienização do aparelho e dos dentes, existe a necessidade de ajustes constantes no aparelho.

Como as consultas podem me ajudar?

Além de receber orientações do dentista quanto à higiene e prevenção de doenças, as consultas frequentes ajudam a prever possíveis problemas e a descobrir patologias antes que se tornem muito sérias.

A inflamação na gengiva, cáries, mal hálito e doenças que atacam os tecidos ao redor dos dentes podem ser evitadas facilmente. As consultas periódicas darão a oportunidade de receber orientações e dicas sobre o que fazer.

Muitos problemas podem ser evitados com uma simples consulta que, se for regular, evitará o desenvolvimento de diversas doenças e pode fazer você economizar um bom dinheiro.

O que acontece durante a consulta?

Em uma visita de rotina, é comum haver uma limpeza minuciosa dos dentes: retirar o biofilme acumulado, ou seja, restos de alimentos, saliva e microrganismos, remover os cálculos dentários, isso significa limpeza de tártaro, que pode ser feita por raspagem ou ultrassom.

O dentista deve fazer uma avaliação geral da boca, o que inclui a parte interna das bochechas, céu da boca, língua, gengivas e dentes. Essa análise tem a finalidade de identificar possíveis doenças e problemas bucais.

Em alguns casos podem ser pedidas radiografias para melhor avaliar a condição dos dentes e tecidos adjacentes, bem como a reavaliação de obturações e tratamentos antigos. Se você estiver grávida, avise seu dentista: a radiografia pode prejudicar o desenvolvimento do seu bebê.

Percebe como ir ao dentista, pelo menos a cada 6 meses, é muito importante para a manutenção da sua saúde bucal? Se você tem filhos, confira mais um de nossos posts e descubra qual o momento de levar o seu bebê para uma consulta com um dentista!

Postado em 25/05/2017.


Compartilhe

Siga-nos no twitter

Siga-nos no twitter