Agende a sua avaliação
Ou agende pelos telefones (11) 2672-5700 - Estado de SP 0800 601 1520 - Demais estados

Agende a sua avaliação de forma rápida e fácil

Agende a sua avaliação

Dente quebrado? Saiba o que fazer nessa situação



Apesar de altamente resistente, o dente pode se romper devido a um acidente, a uma pancada na hora de praticar um esporte ou, até mesmo, ao morder um alimento mais duro. O dente quebrado é uma situação de emergência e, para evitar problemas bucais graves, é preciso tomar algumas medidas.

Você sabe o que fazer diante de um trauma dentário? Neste post, vamos detalhar como agir nesses casos, seja com dente de leite ou permanente, e quais são os tratamentos disponíveis para restabelecer a estética do sorriso e da saúde bucal. Continue a leitura e saiba mais!

Como agir após o dente quebrado?

O trauma dentário é mais recorrente em crianças na fase escolar, mas pode acontecer com qualquer pessoa, de qualquer idade. Seja qual for a causa ou a extensão do problema, os pontos a seguir são de extrema relevância. Acompanhe!

Procure o dentista imediatamente

A situação pode causar desespero, então, se possível, corra para o dentista. Ele fará a avaliação do local afetado e realizará radiografia para entender a extensão da fratura. O quanto antes for iniciado o tratamento, menores serão os danos para as estruturas bucais.

Por isso, evite colocar o dente de volta no local, pois você pode lesionar outras áreas como a raiz, agravando o problema, ou ainda causar uma infecção, caso não tenha higienizado corretamente as mãos.

Mesmo que o dente não tenha caído ou quebrado, podem ter ocorrido trincas internas ou alguma movimentação dentária. Então, de qualquer maneira, o dentista deve ser procurado. No caso de traumas com dente de leite, é fundamental procurar o profissional para não comprometer o nascimento dos dentes permanentes.

Conserve o dente

Se o dente se soltou por completo ou mesmo se a quebra foi de apenas um fragmento, você pode levá-lo ao dentista. No entanto, é preciso tomar algumas medidas de conservação. Ao pegar o dente, por exemplo, segure-o pela coroa para evitar danos à raiz.

Lave o dente ou o fragmento em água mineral apenas, sem esfregar com qualquer produto, visto que existem células vivas. Depois, coloque-o em um recipiente com soro fisiológico ou leite. Em último caso, utilize saliva.

Limpe o local do trauma

Dependendo do que provocou o dente quebrado, é bem provável que ocorra um sangramento na área afetada e haja contato com sujeira, por isso limpe a região primeiramente com água fria e depois coloque gelo. Isso ajuda a reduzir o sangramento e possível inchaço.

Procure atendimento médico

Os traumas na face podem ter extensões maiores que a fratura dentária. Assim sendo, dependendo do impacto e, caso o sangramento na boca não cesse, procure também um pronto-socorro e realize outros exames. Esse tipo de acidente pode provocar até mesmo um traumatismo craniano.

Quais são as principais causas que provocam fratura dos dentes?

Uma queda, um acidente de carro e até o futebol com os amigos podem causar um trauma dentário, certo? Contudo, existem outras causas que muita gente desconhece. Abaixo, saiba quais são elas!

Cárie oculta

Você pode estar com uma cárie, mas nem desconfiar da existência dela. O problema é que essa lesão vai enfraquecendo o seu dente, provocando a chamada reabsorção dentária. Em termos gerais, trata-se de uma inflamação na polpa do dente, em que a estrutura interna passa a ser reabsorvida. Como o dente fica fraco, pode se quebrar na hora da refeição ao consumir um alimento mais duro, por exemplo.

Bruxismo

O bruxismo é caracterizado pelo forte ranger dos dentes, principalmente na hora do sono. Além de causar dor muscular, essa pressão também compromete a estrutura dentária, deixando-a mais frágil.

Dentes mal posicionados


Agende sua avaliação

Se preferir, agende por Telefone: 0800 601 1520


Para que a força da mastigação seja distribuída entre todos os dentes, é importante que eles estejam em seus locais corretos. Quando um dente está mal posicionado, há desequilíbrio das forças mastigatórias, o que pode aumentar o risco de fratura dentária.

Restaurações antigas

Com o passar do tempo, as restaurações podem rachar, o que facilita o aparecimento de cáries. A partir daí, pode ocorrer a reabsorção dentária, como comentamos acima, enfraquecendo o dente.

Quais são os tratamentos para o trauma dentário?

Existem diferentes tratamentos para o dente quebrado. Eles variam de acordo com o trauma, a extensão, o local da quebra e o tempo que o paciente leva até procurar o dentista.

Muitas pessoas não procuram tratamento após uma fratura, e isso é perigoso. O dente fraturado fica mais suscetível à cárie, e, com a força da mastigação, toda a estrutura dentária pode ficar enfraquecida. Além disso, a limpeza também se torna mais difícil.

No caso de queda do dente, é importante correr para o dentista o quanto antes, a fim de evitar a perda de massa óssea dentária, o que torna o tratamento mais complexo.

Para fraturas simples, o dentista avalia o fragmento do dente e, se ele estiver em perfeitas condições, faz a colagem. Se não for possível, repara o dente utilizando a resina composta.

Para fraturas mais extensas, o dentista verifica se a polpa dentária está comprometida, com o objetivo de saber se há a necessidade de tratamento de canal radicular e de posterior colocação de uma coroa de porcelana.

Dependendo da extensão do trauma, a estrutura dental pode ficar comprometida e o tratamento indicado é a colocação de um implante dentário.

Reinserção do dente

Quando o paciente consegue conservar o dente e ele é reinserido, são realizados o tratamento de canal, a contenção e o acompanhamento com radiografia para verificar se ele ficará estável. A contenção é feita com fios utilizados no tratamento ortodôntico, fixados no dente com uma resina. É uma etapa que dura de 45 a 60 dias.

Dentes de leite

Quando a criança sofre um trauma e o dente de leite cai, o dentista faz o acompanhamento radiográfico ou pode fazer um tratamento com aparelho para manter esse espaço aberto, esperando o momento dos permanentes nascerem.

É importante ficar claro que, após o dente quebrado, não dá para perder tempo. A primeira medida é procurar o dentista imediatamente e, se possível, transportar o dente ou o fragmento dele no meio de conservação adequado. Após um trauma na face, mesmo que não exista uma fratura dentária aparente, não deixe de procurar ajuda profissional para evitar danos maiores à sua saúde bucal.

Quer ficar por dentro de outras dicas de cuidados e tratamentos para ter um sorriso bonito e saudável? Siga nossas páginas no Facebook, no YouTube, no Instagram e no Twitter e acompanhe nossas atualizações!

Postado em 16/05/2018.


Compartilhe

Siga-nos no twitter

Siga-nos no twitter