5 mitos sobre aparelho ortodôntico que você deve esquecer | Sorridents - Clínicas Odontológicas
Agende a sua avaliação
Ou agende pelos telefones (11) 2672-5700 - Estado de SP 0800 601 1520 - Demais estados

Agende a sua avaliação de forma rápida e fácil

Agende a sua avaliação

5 mitos sobre aparelho ortodôntico que você deve esquecer


mitos sobre aparelho ortodontico

Muitas pessoas têm medo de iniciar um tratamento ortodôntico porque ouviram histórias que nem sempre são verdadeiras. Saiba que desvendar os mitos sobre aparelho ortodôntico é essencial para que o paciente fique mais consciente e tranquilo durante o tratamento.

Afinal de contas, além de promover as correções necessárias, esses tratamentos ajudam a garantir o poder de um sorriso mais bonito e saudável. Com isso, ficamos mais satisfeitos com a nossa imagem e muito mais felizes no dia a dia.

O aparelho ortodôntico trabalha a favor da sua saúde e da sua autoestima e, por isso, não dá para evitar seu uso — se necessário — por conta dos mitos que se houve por aí, não é mesmo?

Pensando nas dúvidas mais comuns de pacientes que estão em busca desse tipo de tratamento, separamos os principais mitos relacionados ao aparelho ortodôntico. Acompanhe e saiba mais!

Quais são os principais mitos sobre o aparelho ortodôntico?

1. O aparelho não pode ser colocado em qualquer idade

Muitas pessoas acreditam nesse mito e deixam para iniciar um tratamento ortodôntico apenas na fase adulta, atrasando todo o processo. Ou, então, não investem em aparelhos para adultos por acharem que a juventude já passou e não é mais necessário esse tipo de tratamento.

Mas usar um aparelho deve ser considerado uma prioridade, não só por conta dos benefícios estéticos como também para melhorar a mastigação, a respiração e até o sono do paciente.

Logo, a consulta com um bom ortodontista é fundamental para ele avaliar cada caso e indicar a melhor solução. E saiba que, certamente, em qualquer idade, haverá um procedimento que seja capaz de proporcionar um belo sorriso.

A melhor época da vida para se colocar o aparelho é na infância, pois assim é mais fácil corrigir problemas simples e impedir que eles se tornem maiores ao longo do tempo. Até mesmo crianças com o dente de leite podem fazer tratamentos ortodônticos, se isso for prevenir problemas futuros.

Porém, se você não teve a oportunidade de tratar seus dentes durante a infância, aproveite a vida adulta para fazer isso. Nunca é tarde para cuidar da sua saúde e da sua autoestima.

2.  A boca fica machucada

É natural que ao colocar um aparelho ortodôntico haja certo estranhamento nos locais de atrito, como na parte interna da boca, língua, lábios e bochechas. Com isso, podem surgir pequenos machucados e incômodos.

Porém, com o tempo, a região se acostuma com a presença do aparelho e o desconforto passa. E você também vai se acostumando com a situação e vai aprendendo a lidar com ela. Depois de um tempo você pode até se esquecer de que está de aparelho. Você vai criando suas próprias técnicas para viver normalmente sem se machucar.

Além disso, os dentistas costumam recomendar o uso de ceras de proteção que vão impedir que o atrito machuque a mucosa. Dessa forma, não é preciso se preocupar com isso!

3. Os dentes ficarão manchados

Muita gente pensa que o que causa manchas é a cola usada ou o aparelho em si, mas esse é um grande mito. Na realidade, os dentes ficam manchados não por conta do uso do aparelho, mas em decorrência de outros fatores, como uma higiene bucal deficiente.

Vale destacar que as bactérias produzem ácidos que danificam o esmalte, aumentando as chances de surgirem manchas. Elas podem até ficar cobertas pelo aparelho e, quando ele é retirado, o paciente fica insatisfeito com os dentes manchados.


Agende sua avaliação

Se preferir, agende por Telefone: 0800 601 1520


Então, é importante ter a consciência de que ser rigoroso nos cuidados diários é o que fará toda a diferença para um resultado final ainda melhor e livre de manchas. Por isso, é preciso pedir ajuda ao seu dentista, para aprender direitinho como a escovação deve ser feita e garantir dentes mais bonitos ao fim do tratamento.

Não deixe de comprar e usar os itens corretos e indicados para quem usa aparelho. É importante lembrar que tanto a escova quanto os outros itens de higiene são diferentes dos comuns, quando se está em tratamento.

E, claro, diversos procedimentos podem ser feitos após a retirada do aparelho para deixar o sorriso ainda mais bonito. É possível fazer limpeza, clareamento ou outros tratamentos recomendados por seu ortodontista.

4. O aparelho impede de comer diversos alimentos

Esse é um mito comum entre as pessoas: depois de colocar um aparelho não se pode comer muitos alimentos e a pessoa até emagrece. E a verdade é que não há nenhuma restrição, apenas alguns cuidados que devem ser tomados para não quebrar a estrutura do aparelho ou contribuir para o aparecimento cáries.

Basta seguir as orientações do ortodontista e tudo sairá bem. Por exemplo, os alimentos mais duros — como pipoca ou amendoim — devem ser mastigados sempre com calma. Também é importante evitar pedaços muito grandes e ter cautela com o que for muito grudento — como balas e chicletes.

Talvez você prefira deixar de comer alguns alimentos nos primeiros dias com o aparelho, pois os dentes podem estar mais sensíveis e a falta de costume pode dificultar a mastigação. Mas em pouco tempo você vai perceber que não precisa se privar de nada, se tudo for feito com cuidado.

5. A escovação se torna um pesadelo

Assim como a restrição alimentar, essa é outra história contada por muitas pessoas. Mas apesar de a nova rotina de higienização bucal exigir um pouco mais de atenção, não é nenhum bicho de sete cabeças.

Acontece que os braquetes facilitam o acúmulo de restos de alimentos, e estes podem estimular o desenvolvimento de placas bacterianas e as temidas cáries. Por isso, é bom ficar bastante atento para limpar cada espaço, escovando e passando o fio dental. Dessa maneira, nenhuma complicação poderá afetar a sua saúde bucal!

E é muito importante ter o seu próprio arsenal de escovação, com os itens adequados. A escova ortodôntica, por exemplo, foi feita especialmente para as pessoas que usam aparelho, pois é possível encaixá-la entre o fio e os dentes, fazendo uma limpeza muito bem-feita!

Não se esqueça do fio dental — e saiba que também há uma opção feita para quem usa aparelho —, da pasta de dentes adequada e do enxaguante bucal! Com esse kit completo e alguns minutinhos de dedicação, diariamente, você terá um resultado excelente, dentes lindos e sem manchas, fazendo com que a hora da escovação se torne prazerosa em vez de ser um pesadelo.

Lembre-se que quanto mais você cuidar dos seus dentes, menos tempo ficará com o aparelho e muito melhor será o seu resultado final. É imprescindível escolher um bom profissional para te acompanhar durante esse processo, pois é ele que vai tirar suas dúvidas e ajudar com o que for preciso!

Agora que você já conhece alguns mitos sobre o assunto, que tal baixar nosso Guia completo sobre o aparelho ortodôntico? Esse e-book vai te ajudar a tirar outras dúvidas e a se sentir mais confiante para iniciar um tratamento de sucesso!

 

 

Postado em 03/03/2017.


Compartilhe

Siga-nos no twitter

Siga-nos no twitter