Agende a sua avaliação
Ou agende pelo telefone 0800 601 1520

Agende a sua avaliação de forma rápida e fácil

Agende a sua avaliação

Entenda os riscos da periodontite na gravidez


Entenda os riscos da periodontite na gravidez

Durante a gravidez, o corpo da mulher se transforma completamente para gerar uma nova vida. Nesse momento, é de extrema importância se cuidar. Você sabia que a sua boca também interfere na saúde de todo seu organismo e que a periodontite na gravidez pode trazer riscos ao seu bebê?

Isso mesmo, você pode colocar seu filho em risco sem nem saber! Continue lendo esse post e entenda o que é a periodontite, quais suas causas, as diferenças da doença periodontal em gestantes e os riscos que ela pode trazer.

O que é a periodontite?

A periodontite é a inflamação dos tecidos periodontais, ou seja, aqueles ao redor do dente. Existem diversos graus de seriedade da doença.

Ela pode ser observada inicialmente como uma inflamação gengival, quando a gengiva fica vermelha, inchada e, ao escovar, sangra um pouquinho.

Mas essa doença pode desenvolver problemas muito mais sérios se não for tratada desde o começo. Ela pode progredir e causar retração gengival, mobilidade dentária, destruição dos tecidos que circundam o elemento dentário e até mesmo a deterioração do osso e perda do dente.

O que causa a periodontite?

A causa direta da periodontite é o acúmulo de biofilme bacteriano, ou seja, é o conjunto de restos de alimento, saliva e bactérias que ficam, após uma refeição, próximos ao dente.

Essas bactérias são diferentes das cariosas, que provocam a cárie. Quando se desenvolvem, elas atingem as estruturas ao redor do dente e causam respostas inflamatórias e destruição dos tecidos.

Durante a gravidez é diferente?

Durante a gravidez, o processo de inflamação dos tecidos é diferente. O aumento hormonal que ocorre nesse momento afeta o corpo todo, incluindo a cavidade oral.

Nos tecidos periodontais, existem receptores específicos para os hormônios femininos. Com o aumento da taxa hormonal, começam a ocorrer mudanças como a vasodilatação e o aumento da resposta inflamatória. Isso significa que a gravidez agrava os problemas periodontais já existentes.

É importante salientar que as alterações hormonais não causam a periodontite, apenas tornam os tecidos mais suscetíveis. A doença só ocorrerá e se desenvolverá se houver o acúmulo de placa bacteriana, ou seja, se a escovação correta dos dentes e a limpeza de tártaro periódica não forem feitas.

De que forma pode trazer riscos ao bebê?

Toda a regulação da gestação é feita por meio dos hormônios e sinais químicos produzidos pelo corpo da mãe. Qualquer infecção ou inflamação que a gestante sofra pode provocar mudanças nos mecanismos de regulação.

Isso pode levar a mãe a entrar em trabalho de parto cedo demais, fazendo com que o bebê nasça prematuramente e abaixo do peso.

Existem discussões para melhor informar as futuras mães da importância de cuidar da saúde bucal, principalmente durante a gestação, quando os tecidos ficam mais vulneráveis.

A periodontite na gravidez é um assunto sério, que pode afetar a gestante e o seu filho. Por isso, é importante fazer uma boa escovação e realizar acompanhamento odontológico periódico.

Gostou do post? Conheça também 5 motivos para realizar exames odontológicos com mais frequência!

Postado em 21/04/2017.


Compartilhe

Siga-nos no twitter

Siga-nos no twitter